Batemos a marca de metade do caminho entre as sessões da conferência geral… E talvez ainda não estejamos familiarizados com tudo o que foi dito.

Deus revelou que: “seja pela minha própria voz ou pela voz de meus servos, é o mesmo”. Ao lembramos desta verdade maravilhosa, talvez sintamos a necessidade de fazer alguns ajustes para aplicar integralmente as palavras dos profetas proferidas durante a conferência geral.

Então, aqui estão algumas dicas para redescobrir a alegria da conferência e colocar as palavras de Deus no centro de nossa vida.

1. Estudar os discursos de novo

conferencia das mulheres

Presidente Dieter F. Uchtdorf discursando na Conferência das Mulheres

Reconhecemos as vozes de Miley Cyrus e Elvis Presley quando as ouvimos no rádio, mas será que reconhecemos com a mesma facilidade as vozes dos profetas sem ver o nome deles na parte inferior da tela?

O Presidente Monson disse: “Incentivo a todos a ler os discursos (…) e a ponderar sobre as mensagens neles ensinadas. Em minha própria vida, descobri que tiro maior proveito desses sermões inspirados quando os estudo em maior profundidade”.

Na verdade, ouvir os discursos da conferência geral de manhã enquanto se apronta para o dia, no caminho para o trabalho ou em qualquer lugar permite que as palavras saiam da página e o tom de voz dá vida aos discursos.

Mas não menospreze o poder da leitura. Quando nosso foco é inteiramente colocado sobre o discurso que está na nossa frente, podemos ter uma visão que não tivemos antes.

Outra forma de receber ideias é discuti-las com os outros. Temos uma oportunidade maravilhosa de estudar os discursos em nossas aulas e nos quóruns aos domingos, mas também podemos reservar tempo para sentar com nossa família e conversar sobre as palavras dos profetas juntos.

2. Encontrar padrões

O Pai Celestial sabe as coisas que enfrentamos nesta época. Ao procurar padrões nos discursos da conferência, podemos encontrar conselhos inspirados para nos ajudar em nossa vida diária.

O Élder Bednar disse: “Há camadas de significado nas escrituras, irmãos e irmãs. Como temos a companhia do Espírito Santo, esses significados podem ser revelados a nós”.

Isto se aplica às palavras de nossos profetas modernos!

3. Definir metas e analisá-las

Primeiro, precisamos saber como traçar uma meta antes de traçá-la. Claro, onde podemos encontrar as diretrizes para isso? Nos discursos da conferência!!!!

O Élder Ballard disse: “Estabelecer objetivos de modo sábio inclui entender que metas de curto prazo só são eficazes se resultarem em metas de longo prazo que são claramente compreendidas. Creio que algo fundamental para termos felicidade é aprendermos a estabelecer nossos próprios objetivos e determinar nossos planos de acordo com a estrutura do plano eterno de nosso Pai Celestial. Se nos concentrarmos nesse caminho eterno, certamente vamos nos qualificar para retornar à Sua presença”.

Ao revisar os discursos, podemos identificar os objetivos de longo prazo que esperamos obter e os de curto prazo que podem nos levar até lá.

4. Fazer Perguntas

O Élder Samuelson dos Setenta disse: “Nosso evangelho é um evangelho de perguntas e nossa vida, em todas as esferas, exige questionamento pensativo e apropriado se desejamos progredir. A questão é não se devemos fazer perguntas, mas quais são as perguntas que devemos fazer?”

O presidente Nelson nos pediu para considerar as seguintes perguntas em outubro de 2017; “Como seria a sua vida sem o Livro de Mórmon? Segunda, o que você não saberia? Terceira, o que você não teria?”

Também podemos estudar os discursos da conferência e criar nossas próprias perguntas que nos levarão a estudos mais profundos do Livro de Mórmon ou da Bíblia e a ponderar mais durante o nosso dia.

Da mesma forma, podemos fazer uma lista de perguntas para levar para a próxima conferência a fim de obter maior compreensão.

5. Encher a casa com a voz do Senhor

Envolver-me com as palavras do Senhor por meio de Seus servos, os profetas, me ajuda a manter Suas palavras na mente e no coração.

Isto pode ser feito de modo simples, com bilhetes autoadesivos ou pinturas elaboradas.

Como o Élder Durrant aconselhou, podemos trabalhar para “ponderizar” as palavras de Deus. Basta escolha uma frase que gostaria de decorar e colocá-la em algum lugar onde a verá com frequência e poderá trabalhar para refletir e memorizar!

O poder das palavras de Deus

As palavras proferidas na conferência geral são “a agradável palavra de Deus, sim, a palavra que cura a alma ferida” (Jacó 2:8).

Mas a agradável palavra de Deus faz muito mais do que trazer consolo. Ela nos adverte, nos fortalece, e “a agradável palavra de Deus que compartilhamos hoje nos mostra a necessidade de arrependimento contínuo em nossa vida para que consigamos manter a influência do Espírito Santo pelo maior tempo possível”.

Embora os discursos da conferência sejam dados só duas vezes por ano, podemos aprender muito mais reservando tempo para estudar suas palavras, encontrar padrões, estabelecer metas, fazer perguntas e encher nossa casa com suas palavras.

Que outras maneiras você encontrou para ajudá-lo a tirar o máximo proveito da conferência? Compartilhe abaixo!

Fonte: Mormonhub

Recomendado:

7 Grandes mudanças anunciadas durante a Conferência Geral de abril de 2018