Recentemente eu li um artigo sobre os Mórmons, que falava como A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias estava destinada a crescer consideravelmente nos próximos anos. Frequentemente chamada de “Igreja Mórmon”, a Igreja de Jesus Cristo foi estabelecida em 1830 é a restauração da igreja primitiva de Cristo e Seus apóstolos, com a restauração também do poder e autoridade de Deus. Quando ela foi estabelecida, A Igreja de Jesus Cristo possuía somente 6 membros. Hoje possui 14.5 milhões de membros (2012) e sua força missionaria vem aumentando em numero, desde que a idade requerida para o serviço missionário foi diminuída.

Salt Lake City

Salt Lake City, capital de Utah. Imagem via wikipedia commons.

A taxa de crescimento da Igreja SUD é de pouca importância, a não ser que ela toque e mude as vidas daqueles que são batizados e seguem os preceitos de Deus. Os Mórmons desejam que todos recebam as bênçãos do evangelho. O tamanho da Igreja, também desperta pouco interesse, a não ser do modo como ela afeta a logística e o funcionamento da Igreja nos edifícios e programas para atender o crescente numero de Santos dos Últimos Dias. Um profeta do Livro de Mórmon disse o seguinte a respeito da Igreja de Jesus Cristo nos nossos dias:

E aconteceu que vi a igreja do Cordeiro de Deus e seu número era pequeno, por causa das iniqüidades e abominações da prostituta que se assentava sobre muitas águas; não obstante, vi que a igreja do Cordeiro, que eram os santos de Deus, estava também sobre toda a face da Terra; e seu domínio sobre a face da Terra era pequeno, devido à iniqüidade da grande prostituta que eu vi. (1 Néfi 14:12).

Esta é a condição da Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias hoje. Embora sejam poucos em numero, existem Santos dos Últimos Dias espalhados por todo o mundo. Mas é a condição da Igreja no futuro que eu gostaria de discutir, por causa de algo que li no artigo mencionado acima. O artigo incorretamente expõe as intenções da Igreja SUD afirmando o seguinte: “[Joseph Smith, o primeiro profeta da Igreja SUD], pregou que os mórmons, o povo escolhido, iria inaugurar a segunda vinda de Cristo e estabelecer o Reino de Deus, em Washington, D.C.” Este tipo de má jornalismo incomoda os mórmons e assusta os nossos amigos de outras religiões. Abaixo listo o que as profecias dos profetas modernos tem dito sobre futuras ações dos mórmons nos Estados Unidos.

  • Os Mórmons não vão inaugurar a Segunda Vinda. Muitos dos cristãos sabem que ninguém sabe quando será a Segunda Vinda, com exceção de Deus: “Mas daquele dia e hora ninguém sabe; não, nem os anjos de Deus no céu, mas unicamente meu Pai”. (Mateus 1:40, Tradução da Bíblia por Joseph Smith).
  • Os Mórmons, entretanto, se preparam espiritualmente e procuram preparar a terra para a Segunda Vinda. Um dos mais importantes trabalho que os Mórmons realizam é a ajuda que oferecem a aqueles que desejam realizar a própria historia familiar. O Salvador disse que se os corações dos pais não se voltassem aos filhos, e dos filhos aos pais, Sua vinda iria destruir a terra. Os Mórmons se unem a suas famílias por meio de um convenio eterno para ajudar a obra de Elias, como profetizado por Malaquias.
  • Isaias disse: “…porque de Sião sairá a lei, e de Jerusalém a palavra do Senhor. (Isaías 2:3) Os profetas modernos tem falado sobre isso. Isaias estava falando de duas capitais religiosas que existiriam durante o Milênio – Jerusalém em Israel e Sião (ou a “Nova Jerusalém”) no continente americano, localizada no Missouri.
  • Os Santos dos Últimos Dias tentaram estabelecer Sião, mas foram expulsos. O Senhor permitiu que isto acontecesse, por causa dos pecados dos Santos dos Últimos Dias daquela época, mas prometeu que um dia, os Santos voltariam a se estabelecer em Sião como profetizado. Sião significa “o puro de coração”, e onde quer que seja, seus habitantes devem estar dispostos a viverem uma vida pura e caridosa. Sião será estabelecida em um momento de perigo, violência e conturbação, e se tornara um santuário para todos aqueles que desejam viver em paz: E acontecerá entre os iníquos que todo homem que não tomar sua espada contra seu próximo terá que fugir para Sião, por segurança.

E reunir-se-ão nela, de todas as nações debaixo dos céus; e serão o único povo que não estará em guerra entre si. (Doutrina e Convênios 45:68-69)

  • O governo de Sião sera estabelecido sob a inspiração da Constituição dos Estados Unidos. Isto cumprira a profecia que os Elderes de Siao irão apoiar os preceitos da Constituicao. Nao tem absolutamente nada a ver com a tomada de Washington D.C., ou com a derrubada do governo dos Estados Unidos.
  • O sistema econômico de Sião será a “Ordem Unida”, que não admite orgulho, egoísmo ou ganância. Qualquer um que desejar viver em Sião, devera entregar todos os seus bens materiais ao bispo. A pessoa faz uma declaração de suas necessidades e desejos, e uma parte é dada a ela como sua propriedade exclusiva, para gestir e usar sabiamente. Se necessário pode ser-lhe dado mais. Todo o excesso é destinado aos pobres. Este sistema foi vivido pelos primeiros Santos, na época dos Apóstolos originais de Jesus Cristo, que tinham tudo em comum, por isso não haviam pobres. É importante notar a diferença entre esse sistema e o comunismo ou o socialismo. Sob a “Ordem Unida”, o governo não é dono de nada, e os indivíduos possuem propriedades.

Por causa do crescimento da Igreja SUD, e a ênfase Mórmon na educação e no serviço, mais Santos dos Últimos Dias estão se envolvendo na sociedade e se tornando mais visíveis nos círculos sociais. No inicio de 2013, teremos 17 Mórmons como membros do congresso norte-americano. A maioria deles são republicanos, mas também temos representantes entre os democratas. Os republicanos naturalmente consideram a Constituição como um texto inspirado, enquanto os democratas a veem como uma obra que pode ser melhorada.

Este é um pequeno sumario das profecias dos profetas Mórmons para o futuro da Igreja SUD nos Estados Unidos. Não existem planos de revolta, ou de derrubar ou substituir o governo americano, ou qualquer outro governo. Os Mórmons desejam simplesmente estabelecer uma cidade de paz e justiça baseada em um sistema legal que se tornará um refugio da tempestade para todos aqueles que desejarem. Esta cidade será estabelecida no meio-oeste norte-americano e não terá nenhuma ligação com o governo.

Recursos Adicionais

Saiba mais sobre as crenças Mórmons.