Apóstolo Mórmon Recebe Prêmio Mundial da Paz na Indía

Élder Christofferson recebê prêmio mundial da paz na Índia

“Reconhecer e proteger a fé é o caminho para a paz”, disse o Élder D. Todd Christofferson, do Quórum dos Doze Apóstolos da Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias em Pune, na Índia, nesta segunda-feira, 14 de agosto de 2017. “Uma religião verdadeira oferece uma base estável para uma sociedade justa e saudável. Fortalece e enobrece nações, comunidades e indivíduos”.

O Élder Christofferson estava na Índia para receber o Prêmio Filosofia da Paz Mundial de Saint Shri Dnyaneshwara pela MIT World Peace University em nome da Igreja e seus quase 16 milhões de membros em todo o mundo, incluindo os mais de 13,000 Santos dos Últimos Dias de 43 congregações na Índia.

Paz e Harmonia

“O relacionamento com esta comunidade sob a orientação do senhor Christofferson e outros mostra um futuro sem igual para se seguir, que mostra o caminho da paz e harmonia para a humanidade”, disse o Dr. Vishwanath D. Karad, fundador e presidente da MIT World Peace University , que ficou impressionado em sua visita às “universidades das comunidades Mórmons” em Utah. “Eu simplesmente senti que essa comunidade tem muito em comum com a cultura indiana”.

Desde 1985, a LDS Charities forneceu quase US$ 2 bilhões em assistência a milhões de pessoas em 189 países.

O Nobel também elogiou a Igreja por seu “trabalho extenso e prático com os refugiados para garantir seu sustento e sua possível sobrevivência em um país estrangeiro como os Estados Unidos”.

Religião

“A religião nos define e nos sustenta. Para bilhões de crentes, é quem somos e como vivemos “, disse o Élder Christofferson em seu discurso de aceitação. “A falha em estimar a boa religião afeta a sociedade ou uma nação como um todo, e acomodar religiões diferentes sempre que possível resulta em conflito social”.

O apóstolo dos Santos dos Últimos Dias descreveu como a religião beneficia as nações e as comunidades.

“A religião tem um efeito significativo na prosperidade nacional”, disse ele aos líderes da universidade e convidados de honra. “A confiança é um elemento essencial de qualquer economia que funciona bem, e os estudiosos descobriram que a religião é especialmente eficaz para incutir a confiança e que as pessoas religiosas são muito mais confiáveis do que as pessoas com pontos de vista puramente seculares”.

O Élder Christofferson disse que aqueles que são religiosos “são uma poderosa fonte de ajuda humanitária”. Ele explicou que, quando as pessoas são livres para adorar, elas se voluntariam em suas comunidades em uma taxa muito maior do que aqueles que não têm religião. “As pessoas altamente religiosas são mais propensas a se voluntariar não só por causas religiosas, mas também por causas seculares”.

Ele disse que a religião ensina as pessoas a ter compaixão por seus vizinhos, especialmente aqueles que são necessitados. “Os voluntários religiosos prestam assistência substancial em áreas que, de outra forma, pertenceriam às agências governamentais”.

Élder Christofferson na Índia

Família

Nobel observou que a Igreja se destaca não só em seus esforços humanitários, mas também em seus esforços para “assegurar a paz e a unidade dentro de suas estruturas familiares” e em seu “código de honra de uma vida limpa onde os seus membros não bebem, fumam e jogam”.

Em suas observações, o Élder Christofferson disse que a religião beneficia as famílias.

“Os casamentos são mais estáveis ​​e as famílias são mais auto-suficientes por causa da influência da religião”.

Ele disse que os pais que praticam sua fé podem ter uma influência positiva em seus filhos.

“As crianças criadas em casas religiosas são menos propensas a experimentar ansiedade, solidão, baixa auto-estima e tristeza. Simplificando, as crianças estão mais felizes quando a mãe e o pai são religiosos”.

O Élder Christofferson disse que pesquisas também indicam que famílias religiosas são mais seguras.

“A prática religiosa se correlaciona com taxas reduzidas de depressão juvenil e suicídio, enquanto a falta de afiliação religiosa apresenta uma trágica correlação com maior risco de suicídio juvenil. Uma família forte, juntamente com a prática religiosa regular, é a defesa mais eficaz contra os males perniciosos da pornografia, abuso de drogas, álcool e outros comportamentos aditivos “.

Liberdade Religiosa

Mas o Élder Christofferson enfatizou que os benefícios da religião podem ocorrer apenas em sociedades que protegem a liberdade religiosa.

“Países com fortes tradições de liberdade religiosa tendem a ser não apenas mais estáveis e seguros, mas mais prósperos”, disse o Élder Christofferson. “Imagine que mudanças aconteceriam se mais oficiais e políticos reconhecessem que proteger a liberdade religiosa é uma das três coisas mais importantes que eles podem fazer para promover o crescimento econômico e o bem-estar de seu país”.

Os primeiros mórmons vieram para a Índia na década de 1850, e a Igreja tem sua presença oficial desde 1981.

“Saber que o Élder Christofferson recebeu esse prêmio em nome da Igreja de uma organização da Índia é bastante significativo para nós”, disse o Élder Robert K. William, um líder da Igreja local na Índia.

“Espero que todos reconheçam e apreciem a boa religião e trabalhem juntos – sejam pessoas religiosas ou não – para construir nações mais pacíficas e, finalmente, um mundo mais pacífico“, concluiu o Élder Christofferson.

Um prêmio monetário associado ao prêmio foi doado ao Instituto Rivka Sahil Akshar, uma pequena escola para crianças com necessidades especiais em Wai, na Índia. O Élder Christofferson visitou a escola na segunda-feira à tarde para apresentar o cheque aos líderes escolares.

Notícia escrita no site mormonnewsroom.org.

| Notícias
Publicado por: Esdras Kutomi
Formado em SI, mórmon, gosta de RPG e Star Wars, lê artigos científicos por diversão, e se diverte mais com crianças ou idosos do que com pessoas de sua idade.
Atleta Salva 3 Pessoas do Suicídio por Seguir Impressão Espiritual
Dan Reynolds do Imagine Dragons
Mórmons Apoiam Respeito e Inclusão Promovido por Evento LGBTQ

Comente

Seu endereço de e-mail não será divulgado. Os campos obrigatórios estão marcados com *