Linda homenagem durante o funeral do Setenta e Autoridade Geral Clayton Christensen 

As palavras de uma das teorias empresariais mais famosas de Clayton Christensen, “um trabalho tinha que ser feito” e as palavras de um de seus livros favoritos “chorar com os que choram” descrevem o que aconteceu em seu funeral no sábado.

E foi isso que fizeram os 858 familiares e amigos de Clay Christensen, dentre eles o governador de Massachusetts, famosos jogadores de basquete, estudantes, executivos, professores e colegas.

Em um cinzento e frio dia de inverno, eles riram, choraram, oraram e cantaram em celebração a sua vida, e expressaram a esperança de uma vida eterna.

Charlie Baker, o governador de Massachusetts, presta suas condolências a irmã Christine Christensen.

Charlie Baker, o governador de Massachussetts, prestou suas condolências a irmã Christine Christensen.

“Foi uma grande homenagem a um ser humano extraordinário” disse Nitin Nohria, decano da Escola de Administração de Harvard, onde Christensen ensinou durante mais de 20 anos.

Clayton Christensen, o pai da prestigiosa teoria a nível mundial da inovação disruptiva, morreu no dia 23 de janeiro, aos 67 anos, devido a complicação causadas pelo câncer. Depois de sua morte, o CEO da Netflix, Reed Hasting, declarou ao Deseret News:

“Clay teve uma grande influência em meu trabalho como CEO. Grande parte de nosso êxito se deve a seus livros.”

Por isso, antes, durante e depois de seu funeral, Christensen foi lembrado pela enorme influência que teve nas vidas que tocou.

“Sua voz fará falta por muitas razões que vão além de suas ideias e sua genialidade sobre gerenciamento” disse o governador de Massachusetts, Charlie Baker.

“É por isso que estou aqui. Eu o valorizo muito como amigo. Ele tinha uma capacidade tremenda de fazer com que a opinião de qualquer pessoa que estiver conversando importasse”.

Baker visitou a família Christensen durante o funeral em uma capela de A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias em Cambridge, Massachusetts.

Ann, filha de Clay Christensen, lembrou-se da capa da revista Forbes que colocou o pai no centro das atenções. Ele foi fotografado ao lado do CEO da Intel, que usou a teoria da inovação disruptiva de Christensen, para refazer chips de computador gigantes.

Seus cinco filhos, Matt, Ann, Michael, Spencer e Kate se recordam dele como um pai maravilhoso, pela forma em que os criou e pelo amor pelo basquete.

Fazem 12 anos que a saúde de Clay Christensen começou a deteriorar. Ele sofreu um ataque cardíaco e um derrame cerebral, o que o obrigou a fazer um imenso esforço para recuperar sua capacidade de falar.

Depois, teve dois episódios de câncer. Durante seu último ano de vida, passou oito meses seguidos internado em diferentes hospitais.

“Começamos a ver o que significava perseverar até o fim para um cristão justo e humilde”, disse Matt, filho de Christensen.

Nitin Nohria, decano da Escola de Administração de Harvard presta condolências a irmã Christensen.

“Talvez o melhor exemplo que tenha nos dado”, declarou Nohria, decano de Harvard, ao Deseret News, “e a coragem com que ele lutou contra suas enfermidades, onde a grande maioria de nós usaria como desculpa para descansar. Quando sofreu um derrame e não podia falar, ele encontrou uma maneira para que seus alunos colaborassem com ele; a sala de aula se enchia de palavras. A melhor maneira de seguirmos em frente é sermos inspirados por seu exemplo”.

“Ele também teve um casamento exemplar”, disse Nohria. Ele relembrou como Christine Christensen levava seu esposo para a aula em uma cadeira de rodas quando não podia caminhar, e disse que aquela era uma das imagens mais lindas que tem do casal.

O Presidente Eyring dando suas condolências a Michael Christensen, filho do Setenta falecido.

O último orador foi o Presidente Henry B. Eyring, segundo conselheiro da Primeira Presidência da Igreja de A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias. Ele testificou sobre a realidade da vida após a morte e falou sobre a missão de Christensen no mundo espiritual.O Presidente Eyring concluiu o funeral de Clay Christensen com as seguintes palavras:

“Realmente existe um mundo espiritual e ele está lá. É real”.

Presidente Eyring dando suas condolências a esposa irmã Christensen.

Ele disse que Christensen está feliz com a designação que lhe recebeu de compartilhar o evangelho.

“Podem imaginar estar na prisão espiritual tentando dirigir o trabalho missionário e de repente chega Clayton Christensen?”

O Presidente se dirigiu diretamente a Christine Christensen quando disse:

“Oro para que o Espírito Santo te ajude a sobrepujar a nostalgia e os sentimentos de perda e também oro para que Ele permita que você sinta o poder e a alegria do que o seu esposo está fazendo agora e o que fará”.

Fonte: Deseret News

Relacionado: 

Clayton Christensen, mestre da inovação disruptiva e líder Santo dos Últimos Dias, morre aos 67 anos

| Notícias

Comente

Seu endereço de e-mail não será divulgado. Os campos obrigatórios estão marcados com *