fbpx

Igreja atualiza diretrizes sobre o uso de logotipo em missões de tempo integral

Uma das características marcantes de élderes e sisteres é aquela plaquetinha preta presa no lado direito de suas blusas. É ela que os destaca de longe e faz muitas pessoas dizerem: “Lá vão os missionários”.

Além da plaqueta, uma outra característica muito forte é uma bolsa de um modelo específico, que destaca as características da missão daquele missionário. Ela tem um logotipo, o nome da missão, do missionário e, às vezes, até um slogan.

Porém, novas diretrizes foram apresentadas a todos os presidentes de missão no mundo e o manual para líderes de missão afirma que:

“Todas as missões devem agir com o propósito singular de proclamar o evangelho e participar do crescimento da Igreja. Por esta razão, as missões não estão autorizadas a ter logotipos, broches, mascotes ou músicas da missão.”

Tradições são especiais e pode ser difícil se desapegar de algumas. Mas, sabemos que a Igreja de Jesus Cristo é guiada por revelação e continua no processo de restauração.

Em 2018, em uma de suas afirmações mais populares, o Presidente Russell M. Nelson disse:

“Somos testemunhas de um processo de restauração. Se você acha que a Igreja já foi completamente restaurada, saiba que você só viu o começo. Há muito mais ainda por vir.”

Estamos sempre aprendendo e sendo aperfeiçoados pelo Senhor por meio da restauração contínua de Sua Igreja. Esses novas diretrizes são algumas mudanças que, apesar de pequenas, foram recebidas por revelação e devem ser cumpridas.

Então, se você está se preparando para servir ou conhece alguém que logo irá para o campo missionário, já fica o alerta! Suas bolsas, capa para escrituras e outros itens podem ter o seu nome, mas nada de logotipos.

| Missão, Popular

Comente

Seu endereço de e-mail não será divulgado. Os campos obrigatórios estão marcados com *