fbpx

Como explicar o que é uma casa aberta?

Se você é membro de A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias, provavelmente já ouviu a expressão “casa aberta”. Mas o que é isso? Para que usamos essa expressão?

É simples. Uma casa aberta nada mais é do que a visitação pública em um edifício recém construído ou reformado da Igreja. Essas visitas são gratuitas e no caso dos templos, pode ser exigido um convite ou agendamento para que haja organização durante a visita.

Geralmente, uma casa aberta acontece em capelas e templos. Esses dois tipos de edifício diferem em seu tipo serviços de adoração.

A diferença entre os templos e as capelas

As capelas são locais onde acontecem reuniões de adoração aos domingos, onde as pessoas se reúnem para compartilhar do sacramento e aprendem sobre os princípios e doutrinas de Jesus Cristo.

Nas capelas também acontecem reuniões batismais, atividades recreativas, de edificação espiritual e fortalecimento dos filhos de Deus e cursos de autossuficiência. E todas as pessoas são bem-vindas para participar das reuniões de adoração e outras atividades.

Como há um número maior de capelas distribuídas em uma cidade, geralmente a divulgação desse período de visitação, ou casa aberta, é algo mais localizado e que abrange a região em que o edifício foi construído.

Durante a casa aberta de uma capela é comum ver membros voluntários e missionários de tempo integral recepcionando os visitantes.

Eles convidam as pessoas para entrar e conhecer. Apresentam o edifício e o que acontece em casa uma de suas salas e compartilham uma mensagem sobre Jesus Cristo e o evangelho restaurado.

Locais sagrados e de adoração a Deus

Uma casa aberta é uma excelente oportunidade de esclarecer alguns “tabus” sobre a Igreja de Jesus Cristo. Eu cresci perto de uma capela e sempre ouvia falar que era a “Igreja dos Mortos”, mas o que as pessoas queriam dizer era a “Igreja dos Mórmons”.

Nunca vou esquecer do primeiro dia em que entrei naquela capela. Tive um sentimento muito bom e de amor ao próximo.

Os templos são considerados uma casa do Senhor na terra e locais sagrados de adoração. O propósito principal dos templos é que os membros fiéis da Igreja de Jesus Cristo participem de cerimônias sagradas. Essas cerimônias são sagradas e não secretas.

E quais são elas? Casamentos, que unem as famílias para sempre, batismos por procuração em nome de antepassados ​​falecidos que não tiveram a oportunidade de serem batizados em vida, entre outras ordenanças que ensinam sobre o plano de salvação de Deus para os Seus filhos.

A casa aberta em um templo

Vista do Batistério do Templo do Rio de Janeiro

Durante a casa aberta de um templo, as pessoas são recepcionadas por um guia que apresenta cada sala e ensina sobre o propósito e a importância deles para os membros da Igreja de Jesus Cristo.

Depois desse período de visitação, o templo é dedicado e os membros dignos da Igreja têm a oportunidade participar de ordenanças sagradas.

Hoje, existem 168 templos em operação, 41 em construção, 5 fechados para renovação e 68 anunciados, que totalizam 282 templos. A próxima casa aberta no Brasil é a do Templo de Belém no Pará e acontecerá entre os dias 22 de outubro a 25 de novembro de 2022.

A Equipe do Mais Fé teve a oportunidade de participar na casa aberta do Templo do Rio de Janeiro em março de 2022. Membros e visitantes de diferentes estados tiveram a oportunidade de conhecer o templo e o sentimento compartilhado por eles é muito semelhante.

A gerente de Social Media do Mais Fé, Caroline Vasselai e o Team Leader, Daniel Costa, disseram o seguinte sobre sua experiência na casa aberta:

Milagres acontecem nesse evento singular

“Tive a oportunidade de participar de duas visitações públicas a templos, e em ambas tive experiências muito significativas.

A primeira foi no Templo de Curitiba e eu era apenas uma criança da primária, mas me lembro exatamente o calor no coração que eu senti lá dentro. Foi um dos primeiros testemunhos que tive do evangelho e nunca esqueci daquele momento ímpar na minha vida.

A segunda oportunidade que tive foi esse ano, na casa aberta do Templo do Rio de Janeiro, e foi um verdadeiro presente do Pai Celestial pra mim. Eu estava me sentindo muito feliz e grata por estar lá, além de ansiosa pra finalmente conhecer aquele lugar tão especial.

Quando chegamos lá, quem nos recebeu foi o Élder Ulisses Soares, do Quórum dos Doze, e ele foi o nosso guia lá dentro. Ele passou conosco por cada sala daquele templo sagrado, explicando a importância das ordenanças realizadas por lá. Suas palavras penetravam a alma, e não consigo descrever em palavras o espírito tão forte que senti no meu coração testificando que tudo aquilo era verdade.

Às vezes podemos pensar que não faria tanta diferença participar de uma casa aberta de um templo, já que ele ainda não foi dedicado, mas posso testificar que milagres acontecem nesse evento singular. Corações são tocados, testemunhos são fortalecidos, e vidas são mudadas.” Caroline Vasselai

Deus não nos deixa desamparados neste mundo

“Quando estive na casa aberta do Templo do Rio de Janeiro, foi uma experiência singular. Estive alguns dias junto com membros e visitantes durante esse momento especial e posso testificar que o templo une as famílias e as pessoas.

Tanto membros como não membros, ao estarem no templo, sentem a presença divina de Deus e o propósito eterno de cada um de nós nesta terra. Muitos ali aprendem coisas novas, sentem novos sentimentos, recebem verdades únicas e outros relembram de milagres e presenciam novos milagres.

A casa aberta proporciona momentos espirituais marcantes. Ver tantas pessoas com o mesmo objetivo de ver a casa de Deus e aprender mais sobre a obra Dele aqui na terra, mostra como Ele tem um amor por cada um de nós e não nos deixa desamparados neste mundo.” Daniel Costa

Você já teve oportunidade de ir em uma casa aberta? Compartilhe com a gente nos comentários como foi a sua experiência.

| Perguntas e Respostas
Publicado por: Vanessa Pozete
Tradutora e intérprete, nascida em Fortaleza, criada em Santos, casada e com três filhos. Serviu missão Brasil João Pessoa. Ama a maternidade, fotografia, praia e livros de aventura e ficção. É a Localization Specialist do time português na More Good Foundation.
Igreja atualiza diretrizes sobre o uso de logotipo em missões de...
6 histórias inéditas de milagres em templos ao redor do mundo

Comente

Seu endereço de e-mail não será divulgado. Os campos obrigatórios estão marcados com *