As doze tribos de Israel | Suas bençãos e significados

Mosaico com as doze tribos de israel

O Senhor fez o convênio do evangelho com Abraão (GEE “Convênio Abraâmico”). Este convênio foi renovado com Isaque e depois Jacó. Jacó passou a ser chamado de Israel. Seus filhos são, portanto, as tribos de Israel.

Ele teve doze filhos homens:

  1. Rúben
  2. Simeão
  3. Levi
  4. Judá
  5. Issacar
  6. Zebulom
  7. Naftáli
  8. Gade
  9. Aser
  10. José
  11. Benjamim

Cada um desses homens formou sua própria família, que com o tempo tornou-se numerosa. Cada israelita, pois, era descendente literal de um dos doze patriarcas.

Fato importante também é que antes de morrer Jacó adotou os filhos de José, que se chamavam Efraim e Manassés. Assim sendo, na maioria das vezes, durante a contagem das tribos, o nome de José é omitido para dar lugar a Efraim e Manassés.

O nome da tribo de Levi comumente é deixado de lado também, especialmente quando se discute sobre herança de terras ou quantidade de guerreiros, pois os levitas receberam encargo especial de servirem ao Senhor nas ordenanças exteriores. O sacerdócio menor é muitas vezes chamado de Sacerdócio Levítico, porque eles eram os que por direito possuíam as prerrogativas de realizar sacrifícios e administrar o Templo.

A antiga Israel foi dispersa em não poucas ocasiões [1]. Entretanto o Senhor prometeu que haveria uma coligação – uma reunião de todo seu povo [2]. E isso deveria começar antes da sua Segunda Vinda.

É por isso que Joseph Smith recebeu as chaves da Coligação de Israel (D&C 110:11) e escreveu que os santos dos últimos dias crêem “na coligação literal de Israel e na restauração das Dez Tribos” (10a Regra de Fé).

Reunião Física e Espiritual

Os israelitas serão reunidos primeiro espiritualmente e depois fisicamente ou literalmente. Alguém é reunido espiritualmente quando aceita “A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias” e faz e cumpre convênios sagrados. O trabalho de obra missionária é o trabalho de Coligação.

Os conversos da Igreja são israelitas por linhagem sanguínea ou por adoção e pertencem à família de Abraão e Jacó (ver Abraão 2:9-11; Gálatas 3:26-29). O Presidente Joseph Fielding Smith disse:

“Na (…) Igreja (…) estão representadas muitas nações, (…) e esses membros vieram tocados pelo Espírito do Senhor, (…); recebendo o espírito de coligação, abandonaram tudo por amor ao evangelho” (Doutrina de Salvação, vol. 3, p. 256).

O manual Princípios do Evangelho explica:

“A reunião física de Israel significa que os israelitas serão “coligados nas terras de sua herança e estabelecidos em todas as suas terras de promissão” (2 Néfi 9:2). As tribos de Efraim e Manassés serão reunidas nas Américas. A tribo de Judá voltará para a cidade de Jerusalém e áreas ao redor. As dez tribos perdidas receberão da tribo de Efraim suas bênçãos prometidas (ver D&C;C 133:26– 34).

Quando se estabeleceu a Igreja pela primeira vez, os santos foram instruídos a reunir-se em Ohio, depois no Missouri, e depois no Vale do Lago Salgado. Hoje, contudo, os profetas modernos ensinaram que os membros da Igreja devem edificar o reino de Deus na sua própria terra. O Élder Russell M. Nelson disse:

“A escolha de vir a Cristo não é uma questão de localização física, mas de compromisso individual. As pessoas podem ser ‘levadas ao conhecimento do Senhor’ (3 Néfi 20:13) sem saírem de sua terra natal.

É verdade que, nos primeiros dias da Igreja, a conversão frequentemente significava também emigração. Mas agora, a coligação está acontecendo em cada país. (…)

O local de coligação dos santos brasileiros é no Brasil; o local de coligação dos santos nigerianos é na Nigéria; o local de coligação dos santos coreanos é na Coréia, e assim por diante. Sião é o ‘puro de coração’ (D&C;C 97:21).

Sião é qualquer lugar onde existam santos justos (A Liahona, novembro de 2006, p. 81).

líderes da igreja

A reunião física de Israel não estará completa na ocasião da Segunda Vinda do Salvador, mas prosseguirá durante o Milênio [3]. Então se cumprirá a promessa do Senhor:

“Portanto, eis que dias vêm, diz o Senhor, em que nunca mais se dirá: Vive o Senhor, que fez subir os filhos de Israel da terra do Egito. Mas: Vive o Senhor, que fez subir os filhos de Israel da terra do norte, e de todas as terras para onde os tinha lançado; porque eu os farei voltar a sua terra, a qual dei a seus pais” (Jeremias 16:14–15)” (“A Coligação da Casa de Israel”, pg. 257-258).

A Coligação não precisará estar completa para que ocorra a reunião dos 144 mil sumo sacerdotes. Nem significa que só precisarão coligar-se doze mil homens de cada tribo para que Cristo venha. A reunião dos 144 mil embora faça parte da obra de Coligação, não é a obra de Coligação em si.

Algo importante a ser acrescentado ainda é que a obra de Coligação é feita principalmente por Efraim, com a ajuda de Manassés. A maioria dos membros da Igreja é de Efraim, pois eles são responsáveis por presidir o trabalho nos últimos dias. “Joseph Smith era um efraimita puro”. (Discourses of BrighamYoung, p. 322).

Para se descobrir a tribo pertencente, um membro da Igreja pode solicitar sua Bênção Patriarcal (GEE “Bênção Patriarcais”).

A maioria dos que entram na família de Abraão também são adotadas a alguma tribo de Israel, não obstante, Abraão ter tido outros descendentes – como os doze filhos de Ismael.

O Senhor concederá a exaltação apenas aos que entrarem na família de Abraão (com exceção feita, evidentemente, às criancinhas que morreram antes da idade do batismo, aos que não tem discernimento e aos homens e mulheres justos que morreram antes dos dias de Abraão).

Esse é um dos motivos porque que Abraão é chamado propriamente de “o pai dos fiéis”.

As  bênçãos de cada tribo

A seguinte tabela mostra as tribos de Israel com algumas informações, inclusive bênçãos peculiares de cada uma. (Todas as tribos de Israel receberão as bênçãos de Abraão se forem fiéis, que incluem herança de certas porções de Terra, a oportunidade de entrar e pertencer à Igreja de Cristo e as promessas de exaltação.)

Rúben

Significado do nome:

“Eis! um filho”.

Pais:

Israel e Léia.

Símbolo ou Insígnia:

Palmeira.

Localização no acampamento de Israel:

Sul.

Bençãos, Características e Responsabilidades:

Seria o “mais excelente em alteza e o mais excelente em vigor”, mas ser “impetuoso como a água” perdeu sua “alteza” (Gênesis 49:3-4); “Viva Rúben, e não morra, e que seus homens não sejam poucos” (Deuteronômios 33:6).

Personagens das escrituras dessa tribo:


Simeão

Significado do nome:

“Ouvindo”.

Pais:

Israel e Léia.

Símbolo ou Insígnia:

Casa ou cidade.

Localização no acampamento de Israel:

Sul.

Bençãos, Características e Responsabilidades:

Sua espada é instrumento de violência (Gênesis 49:5).

Personagens das escrituras dessa tribo:


Levi

Significado do nome:

“Junto”.

Pais:

Israel e Léia.

Símbolo ou Insígnia:

Tabernáculo.

Localização no acampamento de Israel:

Ao redor do Tabernácu-lo, sendo que os levitas filhos de Gérson ficavam à oeste; os filhos de Merari ao norte; os filhos de Aarão ao Leste; e os filhos de Coate ao Sul.

Bençãos, Características e Responsabilidades:

Sua espada é instrumento de violência (Gênesis 49:5); Responsabilidade para com o sagrado – Tabernáculo, Sacerdócio, etc. (Deuteronômios 33:8-11).

Personagens das escrituras dessa tribo:

Moisés e Aarão (Êxodo 4:14)


Judá

Significado do nome:

“Louvor”.

Pais:

Israel e Léia.

Símbolo ou Insígnia:

Leão.

Localização no acampamento de Israel:

Leste.

Bençãos, Características e Responsabilidades:

“A ti te louvarão os teus irmãos; a tua mão será sobre o pescoço de teus inimigos; os filhos de teu pai a ti se inclinarão.Judá é um leãozinho. Subiste da presa, meu filho. Ele se encurva e se deita como um leão, e como uma leoa; quem o despertará?

O cetro não se arredará de Judá, nem o bastão de autoridade dentre seus pés, até que venha aquele a quem pertence; e a ele obedecerão os povos.

Atando ele o seu jumentinho à vide, e o filho da sua jumenta à videira seleta, lava as suas roupas em vinho e a sua vestidura em sangue de uvas.Os olhos serão escurecidos pelo vinho, e os dentes brancos de leite” (Gênesis 49:8-12).

Personagens das escrituras dessa tribo:

Daniel (Daniel 1:6); Davi, Salomão e o Senhor Jesus Cristo (Mateus 1:1-17)


Significado do nome:

“Juiz”.

Pais:

Israel e Bilha.

Símbolo ou Insígnia:

Serpente.

Localização no acampamento de Israel:

Norte.

Bençãos, Características e Responsabilidades:

“Dã julgará seu povo (…) Dã será serpente junto ao caminho, uma víbora junto à vereda, que morde os calcanhares do cavalo, de modo que caia o seu cavaleiro para trás. A tua salvação tenho esperado, ó Senhor ” (Gênesis 49:16); “Dã é a cria de leão; que salta de Basã” (Deuteronômios33:22)

Personagens das escrituras dessa tribo:

Sansão (Juízes 13).


Naftali

Significado do nome:

“Lutando”.

Pais:

Israel e Bilha.

Símbolo ou Insígnia:

Gazela.

Localização no acampamento de Israel:

Norte.

Bençãos, Características e Responsabilidades:

“Naftali é uma gazela solta; ele profere palavras formosas ” (Gênesis 49:21); “Farta-te ó Naftali, da benevolência, e enche-te da bênção do Senhor; possui o ocidente e o sul” (Deuteronômios33:23)

Personagens das escrituras dessa tribo:


Gade

Significado do nome:

“Fortuna”.

Pais:

Israel e Zilpa.

Símbolo ou Insígnia:

Tenda.

Localização no acampamento de Israel:

Norte.

Bençãos, Características e Responsabilidades:

“Quanto a Gade, guerrilheiros o acometerão; mas ele, por sua vez, os acometerá ” (Gênesis 49:19); “Bendito aquele que faz dilatar a Gade; habita como a leoa, e despedaça o braço, e o alto da cabeça ” (Deuteronômios33:20)

Personagens das escrituras dessa tribo:


Aser

Significado do nome:

“Feliz”.

Pais:

Israel e Zilpa.

Símbolo ou Insígnia:

Pão, trigo ou árvore.

Localização no acampamento de Israel:

Norte.

Bençãos, Características e Responsabilidades:

“O mais excelente em alteza e o mais excelente em vigor” (Gênesis 49:3); “Bendito seja Aser dentre os filhos de Israel; seja o favorecido de seus irmãos; e mergulhe em azeite o seu pé; de ferro e de bronze sejam os teus ferrolhos; e como os teus dias, assim seja a tua força” Ou numa versão mais recorrente: “Bendito seja Aser com seus filhos; agrade a seus irmãos, e banhe em azeite o seu pé. Seja de ferro e de metal o teu calçado; e a tua força seja como os teus dias” (Deuteronômios 33:24-25)

Personagens das escrituras dessa tribo:


Issacar

Significado do nome:

“Galardão”.

Pais:

Israel e Léia.

Símbolo ou Insígnia:

Sol e lua ou jumento.

Localização no acampamento de Israel:

Leste.

Bençãos, Características e Responsabilidades:

“Issacar é jumento forte, deitado entre dois fardos.

Viu ele que o descanso era bom, e que a terra era agradável. Sujeitou os seus ombros à carga e entregou-se ao serviço forçado de um escravo “. Ou numa versão mais atual: “Issacar é jumento de fortes ossos, deitado entre dois fardos. E viu ele que o descanso era bom, e que a terra era deliciosa e abaixou seu ombro para acarretar, e serviu debaixo de tributo” (Gênesis 49:14-15).

“Alegra-te (…) nas tuas tendas” (Deuteronômios 33:18

Personagens das escrituras dessa tribo:


Zebulom

Significado do nome:

“Morada”.

Pais:

Israel e Léia.

Símbolo ou Insígnia:

Navio ou porto.

Localização no acampamento de Israel:

Leste.

Bençãos, Características e Responsabilidades:

“Zebulom habitará no litoral; será ele ancoradouro de navios; e o seu termo estender-se-á até Sidom” (Gênesis 49:13); “Alegra-te nas tuas saídas” (Deuteronômios33:18)

Personagens das escrituras dessa tribo:


José

Significado do nome:

“Aumentador”.

Pais:

Israel e Raquel.

Símbolo ou Insígnia:

Ramo frutífero junto à fonte.

Localização no acampamento de Israel:

Bençãos, Características e Responsabilidades:

“José é um ramo frutífero, ramo frutífero junto a uma fonte; seus raminhos se estendem sobre o muro. Os flecheiros lhe deram amargura, e o flecharam e perseguiram, mas o seu arco permaneceu firme, e os seus braços foram fortalecidos pelas mãos do Poderoso de Jacó, o Pastor, o Rochedo de Israel, pelo Deus de teu pai, o qual te ajudará, e pelo Todo-Poderoso, o qual te abençoara, com bênçãos dos céus em cima, com bênçãos do abismo que jaz embaixo, com bênçãos dos seios e da madre. As bênçãos de teu pai excedem as bênçãos dos montes eternos, as coisas desejadas dos eternos outeiros; sejam elas sobre a cabeça de José, e sobre o alto da cabeça daquele que foi separado de seus irmãos” (Gênesis 49:22-26); “Abençoada pelo Senhor seja a sua terra, com os mais excelentes dons do céu, com o orvalho, e com as águas do abismo que jaz abaixo; com os excelentes frutos do sol, e com os excelentes produtos dos meses; com as coisas mais excelentes dos montes antigos, e com as coisas excelentes dos outeiros eternos; com as coisas excelentes da terra, e com a sua plenitude, e com a benevolência daquele que habitava na sarça; venha tudo isso sobre a cabeça de José, sobre o alto da cabeça daquele que é príncipe entre seus irmãos ” (Deuteronômios33:13-16)

“Teus irmãos inclinar-se-ão diante de ti,de geração em geração, ao fruto de teus lombos para sempre; Pois eis que serás uma luz para o meu povo [o povo de Israel], para libertá-los da escravidão nos dias de seu cativeiro; e para trazer-lhes salvação quando estiverem completamente curvados sob o pecado” (TJS Gênesis 48:11).

Personagens das escrituras dessa tribo:

Joseph Smith Sênior e Joseph Smith Junior (2 Néfi 3:14-15)


Benjamim

Significado do nome:

“Filho da destra”.

Pais:

Israel e Raquel.

Símbolo ou Insígnia:

Lobo.

Localização no acampamento de Israel:

Oeste.

Bençãos, Características e Responsabilidades:

“Benjamim é lobo que despedaça; pela manhã devorará a presa, e à tarde repartirá o despojo ” (Gênesis 49:27); “O amado do Senhor habitará seguro junto a ele; e o Senhor o cercará o dia todo, e ele habitará entre os seus ombros ” (Deuteronômios33:12)

Personagens das escrituras dessa tribo:

Saul (I Samuel 9:1-2); Paulo (Romanos 11:1).


Manassés

Significado do nome:

“Deus me fez esquecer de todo o meu trabalho, e de toda a casa de meu pai”.

Pais:

José e Azenate; adotado por Jacó.

Símbolo ou Insígnia:

Boi Selvagem ou Touro.

Localização no acampamento de Israel:

Oeste.

Bençãos, Características e Responsabilidades:

“Se tornará um povo, ele também será grande” mas não será maior e nem estará a frente do o povo de Efraim (Gênesis 48:19).

Junto com Efraim “rechaçará todos os povos até as extremidades da terra” (Deuteronômios33:17)

Personagens das escrituras dessa tribo:

Gideão (Juízes 6:15); Leí (Alma 10:3).


Efraim

Significado do nome:

“Deus me fez crescer na terra da minha aflição”.

Pais:

José e Azenate; adotado por Jacó.

Símbolo ou Insígnia:

Unicórnio, Cavalo ou Leão.

Localização no acampamento de Israel:

Oeste.

Bençãos, Características e Responsabilidades:

Se tornará um grande povo, ele também será grande “e sua descendência será uma multidão de nações” mas não será maior e nem estará a frente do o povo de Efraim (Gênesis 48:19).

Efraim, com o auxílio de Manassés, “rechaçará todos os povos até as extremidades da terra” (Deuteronômios 33:17)

Personagens das escrituras dessa tribo:

Joseph Smith Sênior e Joseph Smith Junior (2 Néfi 3:14-15)


NOTAS

[1] O manual Princípios do Evangelho assim resume a história da dispersão de Israel: “Os profetas do Senhor preveniram muitas vezes a casa de Israel sobre o que aconteceria, se caísse em iniquidade (…).

Apesar dessa advertência, os israelitas quebravam constantemente os mandamentos de Deus. Eles lutaram entre si e dividiram-se em dois reinos: O reino do norte, chamado de reino de Israel, e o reino do sul, chamado de reino de Judá.

Dez das doze tribos de Israel viviam no reino do norte. Durante uma guerra, foram conquistadas por seus inimigos e levadas em cativeiro e, mais tarde, algumas fugiram para as terras do norte e tornaram-se perdidas para o restante do mundo.

Aproximadamente 100 anos após a captura do reino do norte, o reino do sul foi conquistado. A capital, Jerusalém, foi destruída em 586 A.C., e muitos integrantes das duas tribos remanescentes foram levados cativos.

Tempos depois, alguns membros dessas tribos voltaram e reconstruíram Jerusalém. Pouco antes de Jerusalém ser destruída, Leí e sua família, que eram membros da casa de Israel, deixaram a cidade e se estabeleceram nas Américas.

Depois do tempo de Cristo, Jerusalém foi destruída novamente, dessa vez, pelos soldados romanos. Os judeus foram espalhados por boa parte da Terra. Atualmente, os israelitas estão em todos os países do mundo.

Muitos deles não sabem que são descendentes da antiga casa de Israel” (“A Coligação da Casa de Israel“, pg. 255-256).  (Levítico 26:33; Deuteronômio 28:25, 37 e 64; Jeremias 29:18-19; Amós 9:9; 1 Néfi 2:4, Jacó 5)

[2] (Isaías 5:26 e 54:7; Jeremias 30:3; Ezequiel 28:25; 1 Néfi 15:12-17; 3 Néfi 17:4 e 21:26-29)

[3] (ver Joseph Smith —Mateus 1:37)

Relacionado:

O que é, afinal, a Coligação de Israel e qual minha participação nisso?

| Inspiração, Popular
Publicado por: Lucas Guerreiro
Escritor, Advogado, Membro da Comissão de Direito e Liberdade Religiosa da OAB/SP, Membro da J. Reuben Clark Law Society São Paulo. Fez Missão em Curitiba - Brasil. Gosta de desenhar, estudar filosofia, fotografar, viajar e assistir series de super-heróis.
5 Dicas para ajudar os filhos a alcançarem metas (e você também)
Traçar Metas para a Eternidade

Comente

Seu endereço de e-mail não será divulgado. Os campos obrigatórios estão marcados com *