5 Dicas para ajudar os filhos a alcançarem metas (e você também)

Por Christopher D. Cunningham

Muitas famílias usam o novo ano como uma oportunidade para rever as realizações do ano, comprometer-se a dedicar-se a algo ou a definir novas metas. Mas os filhos que sempre estabelecem metas e falham tornam-se desanimados e menos propensos a continuar estabelecendo novos objetivos. Então, enquanto você cumpre suas metas, é crucial que seus filhos também mantenham suas resoluções.

Pesquisas mostram consistentemente que as crianças cujos pais as ajudam e participam no alcance de suas metas são mais propensas a atingir essas metas. Pesquisar um artigo como este é o primeiro passo.

E adivinha? Os passos que ajudam as crianças a alcançar seus objetivos irão te ajudar também! Então unam-se em família e façam de suas metas de Ano Novo reais.

1) Inspire os Filhos a Estabelecerem Metas

Definir metas não acontece naturalmente para todas as crianças. E até mesmo crianças que naturalmente estabelecem metas precisam de um bom exemplo.

Defina metas que seus filhos poderão ver você alcançar, e converse com eles sobre os esforços que tem feito.

Observe as maneiras que seus filhos definem metas em suas vidas. Tudo que eles dizem que querem e fazem algo para conseguir conta como uma meta. Use esses exemplos para seus filhos entenderem os benefícios dessas metas não tão formais.

Mesmo se você não notar casos como esses, ouça os desejos e as aspirações de seus filhos. Quando chegar a hora de definir metas, esses serão pontos de partida. Saliente que estabelecer metas é o caminho para conseguir as coisas que eles desejam.

O que você deve fazer com uma criança que não quer nada? Para ser honesto, eu não tenho certeza se existe uma criança assim. O que frustra muitos pais são crianças que querem jogar seus videogames. Mas mesmo aquelas que ficam vidrados em seus videogames, no entanto, são muitas vezes orientados a conseguir algo, e podem facilmente se viciar em conseguir recompensas instantâneas ou troféus nos jogos.

Leonard Sax, um proeminente psicólogo familiar, sugere em seu livro “Boys Adrift” que os pais que têm crianças que jogam muito videogame devem ajudá-los a encontrar objetivos no mundo real semelhantes ao que lhes agradam em seus videogames.

2) Defina Metas Significativas

Resista à tentação de estabelecer metas para os seus filhos. Uma pesquisa tem mostrado consistentemente que as crianças são muito mais propensas a alcançar objetivos e fazê-las com alegria quando foram elas quem definiram suas próprias metas.

Isso não significa que você não deve se envolver. Seu papel é apoiar, estruturar e desenvolver a meta enquanto o papel de seu filho é iniciar a ideia.

Se o seu filho tem dificuldade para escolher metas significativas, sugira os sonhos e aspirações que você tem ouvido dele.

Com os filhos, concentre-se primeiramente nas metas em que eles obterão um novo comportamento, habilidade ou realização, em vez de objetivos que são baseados em parar um comportamento indesejável, como o Salvador ensinou na parábola da casa vazia.

Oriente seus filhos a ficarem longe de metas que venham como resultado da pressão social ou de expectativas externas. As metas mais eficazes são aquelas que refletem nossos interesses e valores pessoais.

Enquanto os desejos são um importante ponto de partida, para se tornarem metas também devemos ser específicos, mensuráveis, e ter um cronograma. É preciso haver um momento em que seus filhos saibam sem dúvida alguma que foram bem-sucedidos em suas metas.

noites em um lar santificado

3) Crie um Plano de Metas

Em um estudo de 1999, o psicólogo Peter Gollwitzer descobriu que a estrutura desempenha um papel crítico no sucesso de atingir metas.

Evite definir muitas metas ao mesmo tempo. Se você tem uma dúzia de metas que pretende alcançar, escolha algumas para o novo ano. Em seguida, alguns meses mais tarde, você pode começar mais algumas metas.

Além disso, evite o estabelecimento de metas conflitantes. Isso pode parecer óbvio, mas se você definir uma meta para comer alimentos mais saudáveis e para gastar menos dinheiro nas compras, você terá em pouco tempo ter de escolher entre um e outro.

Uma meta deve ser dividida em etapas. Cada passo deve ser mais do que apenas uma pequena parte do seu objetivo, deve ser uma ação. Se o seu objetivo é perder cinco quilos, por exemplo, o passo para a sua primeira semana não é perder um quilo, e sim começar exercícios cardiovasculares. Metas intermediárias podem ser benéficas, dependendo do tipo de objetivo, mas não devem ser confundidas com ações a serem tomadas.

Crianças particularmente se beneficiam quando existe um comportamento diário associado ao alcance da meta. Agir diariamente em algo cria a consciência e disciplina necessária para alcançar metas.

Certifique-se de que existam oportunidades antes do prazo final para verificar o progresso e mudar os planos, se for necessário.

A falta de planejamento destrói muitos futuros realizadores de metas; certifique-se de não cair na mesma armadilha.

benção patriarcal

4) Motive com Otimismo

Não importa o quão pessoais ou bem planejadas são nossas metas, se não estamos motivados para completá-las, não conseguiremos. Então quando estabelecer sua meta, pense em si mesmo inicialmente como um motivador.

Definitivamente se envolva, pois ter alguém a quem reportar uma meta é uma maneira muito efetiva de ser motivado a fazer algo. Os pais preenchem esse papel perfeitamente.

Joachim C. Brunstein foi um professor que fez com que oitenta e oito de seus alunos lhe dessem uma lista de suas metas para o semestre. Ele então verificou as metas ao longo do semestre para obter ideias sobre quais fatores ajudavam os alunos a alcançarem seus objetivos.

Professor Brunstein descobriu que quando as pessoas pensam que estão progredindo em direção a sua meta, elas são mais propensas a alcançar seu objetivo, independentemente de terem ou não crescido para mais perto de seu objetivo.

Considere a ideia de ajudar seus filhos a estruturar suas metas de tal forma que haverá oportunidades para eles perceberem o progresso ao longo do caminho.

Por exemplo, se o objetivo do seu filho é melhorar no futebol até o final do campeonato, ele deve praticar todos os dias, e então durante os jogos a cada semana ele irá sentir uma melhoria incremental, incentivando-o a continuar na direção de sua meta.

Além disso, certifique-se, ao conversar com seus filhos sobre suas metas, de se concentrar no progresso que estão conseguindo, uma vez que isso irá motivá-los a fazerem outras mudanças que forem necessárias.

Professor Brunstein descobriu que aqueles que começaram a acreditar que não alcançariam seus objetivos, independentemente do quanto já tinham progredido, falhavam. Assim, embora seja difícil para uma criança que se esforça, a positividade e o otimismo são muitas vezes as melhores coisas que podemos fazer por nossos filhos.

controle de natalidade

5) Repita o Processo de Estabelecer Metas

Professor Brunstein descobriu que, quando atingimos os nossos objetivos, temos uma sensação de bem-estar que nos motiva a estabelecer mais metas. Alcançar e estabelecer metas torna-se então uma dinâmica de reforço mútuo.

Às vezes, é claro, nós não alcançamos nossos objetivos e nossos filhos também não. Esta pode ser uma importante oportunidade para avaliar nossas prioridades e definir uma nova linha de ação. Assim como acontece quando alcançamos nossos objetivos, falhar pode nos mostrar nossos pontos fortes e fracos. Portanto, não tente enquadrar cada fracasso como um sucesso. Falhar pode se tornar uma lição importante.

Essa lição, no entanto, não funciona se não tentarmos novamente. Uma pesquisa mostra que as crianças que não conseguem atingir as metas, mas que definem uma nova meta do mesmo jeito são mais suscetíveis a atingir a segunda meta. E se você não conseguir alcançar a segunda meta, não se preocupe, você tem ainda mais chance na terceira meta. O padrão continua.

E, claro, quando uma criança atinge seu objetivo, a recompensa que vem a incentiva ainda mais a estabelecer e cumprir metas.

Continuar a fazer metas, mesmo com o fracasso, pode ser uma das lições mais importantes que podemos ensinar a nossos filhos sobre o estabelecimento de metas.

Que resoluções de Ano Novo você está estabelecendo com seus filhos este ano? Como você trabalha para alcançá-las? Deixe nos comentários.

Artigo original em LDS.net. Traduzido por Esdras Kutomi.

Relacionado:

5 passos simples para alcançar seu pleno potencial e assumir o controle de sua vida

| Fortalecendo as Famílias
Publicado por: Esdras Kutomi
Formado em SI, mórmon, gosta de RPG e Star Wars, lê artigos científicos por diversão, e se diverte mais com crianças ou idosos do que com pessoas de sua idade.
Transmissão Especial da Presidência de Área para Jovens
Mosaico com as doze tribos de israel
As doze tribos de Israel | Suas bençãos e significados

Comente

Seu endereço de e-mail não será divulgado. Os campos obrigatórios estão marcados com *