Como tornar meu lar mais centralizado em Cristo?

tecnológicas

A rotina diária nem sempre é tranquila. Geralmente temos tantas coisas a fazer, trabalho, estudo, filhos, casa e, sem organização podemos esquecer do que é mais importante: estar em sintonia com o Espírito e trazê-lo para o nosso lar.

Como podemos vivenciar sentimentos de felicidade e sentir mais a presença do Espírito Santo em nosso lar? Como tornar o nosso lar um lugar santo e de paz?

Existem exemplos motivadores de felicidade contínua em famílias e lares para nos tranquilizar. E esses exemplos nos fazem enxergar como isso pode acontecer conosco e com nossa família. Vocês já leram esse relato em 4 Néfi?

“E aconteceu que não havia contendas na terra, em virtude do amor a Deus que existia no coração do povo.

E não havia invejas nem disputas nem tumultos nem libertinagens nem mentiras nem assassinatos nem qualquer espécie de lascívia; e certamente não poderia haver povo mais feliz entre todos os povos criados pela mão de Deus.

Não havia ladrões nem assassinos; nem havia lamanitas nem qualquer espécie de itas, mas eram um, os filhos de Cristo e herdeiros do reino de Deus.

E quão abençoados eram eles! Porque o Senhor os abençoou em tudo que fizeram; sim, foram abençoados e prosperaram até haverem decorrido cento e dez anos. E a primeira geração depois de Cristo tinha morrido; e não havia contendas em toda a terra”.

O ódio vai ser dissipado pelo amor

Aquele momento de felicidade não durou para sempre. O relato em 4 Néfi descreve os sintomas graduais de declínio espiritual entre um grupo de pessoas boas: orgulho cresceu gradualmente, deixaram de compartilhar uns com os outros o que possuíam; começaram a se enxergar em classes superiores ou inferiores; diminuíram sua fé em Jesus Cristo, o que levou ao ódio e a cometer todos os tipos de pecado. Este é um padrão que apareceu ao longo dos tempos entre todos os povos, em congregações e, infelizmente, nas famílias.

À medida que vocês ajudarem sua família a desenvolver e aumentar sua fé em Jesus Cristo todos sentirão o desejo de se arrependerem, substituindo o orgulho pela humildade. À medida que começarem a sentir o que o Senhor lhes concedeu, elas vão querer compartilhar de maneira mais generosa, serão mais gratos.

A rivalidade por proeminência ou reconhecimento vai diminuir. O ódio vai ser dissipado pelo amor. E, por fim, tal como aconteceu com o povo convertido pelo rei Benjamim, o desejo de fazer o bem vai fortalecê-los contra a tentação do pecado. O povo do rei Benjamim testificou que eles não tinham “mais disposição para praticar o mal” (Mosias 5:2).

O Presidente Henry B. Eyring deu a chave e um conselho:

“Portanto, desenvolver fé em Jesus Cristo é o começo para reverter o declínio espiritual em sua família e em seu lar. Vocês vão liderar melhor pelo exemplo. Os membros de sua família e outras pessoas devem vê-los desenvolvendo sua própria fé em Jesus Cristo e no evangelho Dele.

Vocês recentemente receberam uma grande ajuda. Os pais na Igreja foram abençoados com um currículo inspirado para indivíduos e famílias. À medida que o usarem, vocês vão edificar sua fé e a fé de seus filhos no Senhor Jesus Cristo.” (Um lar onde o Espírito do Senhor habita, abril de 2019)

E por meio das palavras de nosso querido Presidente Eyring, separamos algumas coisas que precisamos fazer para tornar nosso lar mais santo.

1- Priorizem o estudo do evangelho no lar

“Assim como a muda de uma planta, tal fé em Jesus Cristo vai murchar a não ser que vocês encontrem determinação contínua para ponderar e orar para que ela aumente.” (Henry B. Eyring)

Dentre tantas tarefas do dia, separe um tempo para estudar as escrituras todos os dias, tornando isso uma prioridade. Faça o estudo do Vem e Segue-me e desenvolvam a fé de toda a família. A leitura das escrituras diária traz orientação e paz.

Doutrina e Convênios 88:119 nos ensina: ​Organizai-vos; preparai todas as coisas necessárias e estabelecei uma ​​​casa​, sim, uma casa de oração, uma casa de jejum, uma casa de fé, uma casa de aprendizado, uma casa de glória, uma casa de ordem, uma casa de Deus.

2- Orem em família

“Além de seu exemplo para desenvolver fé, sua oração em família tem papel fundamental em fazer de seu lar um local sagrado.

(…) Para mim, o antigo ditado “A família que ora unida permanece unida” poderia ser expandido para “A família que ora unida é unida, até mesmo quando estão distantes”. (Henry B. Eyring)

Ajoelhar em família e orar uns pelos outros com amor, ajuda no desenvolvimento da fé e cria laços mais fortes de amor e união. Quando oramos também podemos desenvolver mais humildade e reconhecer as bençãos dadas pelo Senhor.

3- Arrependam-se sempre que for necessário

“Pelo fato de que nenhum de nós é perfeito e de que sentimentos são facilmente feridos, famílias podem se tornar santuários sagrados somente se nos arrependermos imediatamente e de forma sincera. Os pais podem dar o exemplo. Podemos nos arrepender de palavras duras e indelicadas de maneira rápida e sincera. Um simples “desculpe-me” pode curar feridas e convidar tanto o perdão quanto o amor.” (Henry B. Eyring)

Sem arrependimento é impossível ter paz e amor no lar. Todos erramos e precisamos pedir perdão a quem magoamos quando falamos rudemente, por exemplo.

4 – Devemos falar com amor

O hino da Primária “Fala-se com amor” nos ensina:

Todos os dias vejo minha mãe se ajoelhar
Com toda a família e ao Pai Celeste orar
A sua oração afasta meu temor
Em nossa casa, fala-se com amor.
Eu me sinto perto do Senhor,
Quando falo com muito amor.

Quando falamos com amor convidamos o Espírito do Senhor e trazemos sentimentos bons para a nossa família. Devemos repreender sim quando necessário, mas demonstrar amor logo em seguida.

Por fim, o Élder Henry B. Eyring ensinou:

“Vocês encontrarão suas maiores alegrias ao se esforçarem para tornar seu lar um local de fé no Senhor Jesus Cristo e um local preenchido de amor, o puro amor de Cristo. A Restauração do evangelho começou com uma pergunta humilde ponderada em um lar humilde, e ela pode ser feita em nosso lar à medida que continuamos a estabelecer e a praticar os princípios do evangelho (…)

Minha promessa a vocês é uma promessa que um membro do Quórum dos Doze Apóstolos fez a mim. Eu havia dito a ele que, por causa de escolhas que alguns familiares fizeram, eu duvidava que poderíamos permanecer juntos no mundo vindouro. Lembro-me de que ele disse: “Você está se preocupando com o problema errado. Simplesmente viva de modo a ser digno do reino celestial, e sua situação familiar será mais maravilhosa do que pode imaginar”.

E então, como você fortalece seu lar espiritualmente? Compartilhe conosco!

| Fortalecendo as Famílias
Publicado por: Gabriela Gomes
Gabriela Gomes, é advogada, esposa do Jean, e mãe da Bella e da Liz. É do Rio de Janeiro, Ala Méier, membro da igreja há 16 anos e foi selada no templo de São Paulo em 2014. Serve atualmente como conselheira das Moças em sua ala.
Navegar pelo caminho amargo rumo à felicidade
Como o câncer de sua esposa ajudou este homem a melhorar seu...

Comente

Seu endereço de e-mail não será divulgado. Os campos obrigatórios estão marcados com *