Há 200 anos atrás, ocorreu um evento que mudou o mundo como o conhecemos hoje. Em um dia como hoje, Deus o Pai e Jesus Cristo apareceram para o jovem Joseph Smith, no Bosque Sagrado. Nas palavras do próprio Joseph:

“Este é verdadeiramente um dia a ser lembrado… dia no qual o Deus do céu principiou a restaurar a antiga ordem de Seu reino que todas as coisas contribuem para a realização da plenitude do evangelho… de preparar a Terra para o retorno de Sua glória.”

Vamos honrar o apelo de Joseph ao lembrar e celebrar deste dia!

O evento que ocorreu naquele dia é um dos maiores eventos que aconteceram na terra, o Élder Benson descreveu perfeitamente em um discurso numa Conferência Geral ao dizer:

“A aparição de Deus o Pai e Seu Filho Jesus Cristo ao jovem profeta é o maior evento que aconteceu neste mundo, desde a ressurreição do Mestre. Como a Igreja restaurada de Jesus Cristo, humildemente com gratidão prestamos esse testemunho para todos os homens. Essa mensagem é uma mensagem mundial. É a verdade.”

A Conferência Geral em Abril de 2020

Na próxima Conferência Geral, teremos a oportunidade de celebrar a Primeira Visão. O Presidente Nelson convidou todos os membros a ponderar e preparar para essa conferência ao dizer:

“No primeiro semestre de 2020, exatamente 200 anos terão se passado desde que Joseph Smith presenciou a manifestação divina que agora conhecemos como a Primeira Visão. Deus, o Pai, e Seu Filho Amado, Jesus Cristo, apareceram a Joseph, um jovem de 14 anos de idade. Esse evento marcou o início da Restauração do evangelho de Jesus Cristo em sua plenitude, exatamente como foi predita na Bíblia Sagrada.”

O Profeta explicou que por causa da restauração:

“As chaves e os ofícios do sacerdócio foram restaurados, incluindo os ofícios de apóstolo, setenta, patriarca, sumo sacerdote, élder, bispo, sacerdote, mestre e diácono. E as mulheres que amam o Senhor servem de modo valoroso na Sociedade de Socorro, na Primária, nas Moças, na Escola Dominical e em outros chamados da Igreja — partes vitais da Restauração do evangelho de Jesus Cristo em sua plenitude.”

Neste dia, há 200 anos atrás foi o início da Igreja que conhecemos hoje. Joseph Smith foi o primeiro profeta da Restauração do Evangelho de Jesus Cristo nesses últimos dias. Porque ele fez uma simples pergunta em um bosque, famílias podem ser seladas, podemos receber o dom do Espírito Santo e o sacerdócio pode abençoar as nossas vidas.

Joseph Smith: Um nome visto como bom e mau

Como Morôni profetizou a muito tempo atrás, o nome de Joseph tem sido considerado “bom e mau” desde o momento em que viu Deus o Pai e Jesus Cristo, enquanto orava em um bosque. Depois daquele momento, a vida de Joseph seria atormentada pela perseguição e pelo ódio, simplesmente porque ele foi visitado por Deus.

O nome de Joseph também foi louvado e honrado, e ainda é hoje em dia. Hoje devemos separar um momento para honrar a vida difícil que ele viveu ao ler as palavras do eloquente escritor W.W. Phelps no tão conhecido hino “Hoje ao Profeta rendamos louvores”:

“Hoje ao profeta rendamos louvores. Foi ordenado por Cristo Jesus. Para trazer a verdade aos homens, para aos povos trazer nova luz!”

Verdades fundamentais

O Élder Ted R. Callister disse em seu discurso em outubro de 2009:

“Do mesmo modo, algumas pessoas tentaram salientar ou aumentar algumas pequenas fraquezas do Profeta Joseph Smith, mas, nesse processo, também deixaram de ver o mais importante, ou seja, o homem e sua missão. Joseph Smith foi o ungido do Senhor para restaurar a Igreja de Cristo na Terra. Ao sair do bosque, ele finalmente aprendera quatro verdades fundamentais que não eram ensinadas pela maior parte do mundo contemporâneo cristão daquela época.”

Estas quatro verdades fundamentais são:

  1. Deus, o Pai, e Seu Filho Jesus Cristo são dois seres separados e distintos.
  2. O Pai e o Filho têm corpos glorificados de carne e ossos.
  3. Deus ainda fala com o homem hoje – os céus não estão fechados.
  4. A Igreja de Jesus Cristo, em sua forma completa e integral, não estava na Terra.

“A Primeira Visão de Joseph Smith” por Kenneth Riley

A Primeira Visão de Joseph foi monumental em vários aspectos. Mas especificamente, como o Élder Callister disse, por causa da interação com o Pai e o Filho, Joseph aprendeu que ambos, Deus o Pai e Jesus Cristo são de carne e ossos. Somos realmente feitos a Sua imagem e semelhança.

O Élder Oaks retransmitiu esta importante informação e um discurso dado na Escola de Direito de Harvard:

“A Primeira Visão de Joseph Smith mostrou que os conceitos predominantes da natureza de Deus e da Trindade não eram verdadeiros e não podiam levar seus seguidores ao destino que Deus desejava para eles. A subsequente expansão das escrituras modernas revelou o significado dessa verdade fundamental e nos deu o Livro de Mórmon.”

Para concluir, gostaria de ecoar relembrar as palavras do Élder Uchtdorf, quando ele disse:

“O que aconteceu ali mudou o mundo. Permita que mude a sua vida. Por meio de nossa fé no testemunho pessoal do Profeta Joseph e na realidade da Primeira Visão, por meio do estudo e da oração fervorosa e sincera seremos abençoados com uma fé firme no Salvador do mundo, que falou a Joseph “na manhã de um belo e claro dia, no início da primavera de 1820”.

Permita que esse evangelho mude a sua vida. Permita que ele tenha um impacto sobre você. Hoje, celebramos esse evento monumental que é a Primeira Visão e que nos permitiu ter esse evangelho maravilhoso.

Como o evangelho restaurado impactou a sua vida por causa da Primeira Visão?

Fonte: Third Hour

Relacionado:

O que a Primeira Visão ensina sobre administrar nossos desafios pessoais