O que significa “sempre” se lembrar de Cristo e “sempre” orar? Como podemos servir ao nosso próximo em meio a uma pandemia? Como nos lembramos do Salvador diariamente?

Os líderes da Igreja compartilharam mensagens inspiradoras por meio de suas redes sociais sobre esses temas na semana passada e organizamos tudo neste artigo.

Vamos conferir as mensagens especiais para este momento de nossas vidas?

Presidente Henry B. Eyring

“O Salvador usou a palavra “sempre” em dois momentos que podem ter feito vocês se questionarem. Primeiro, prometemos “lembrar sempre Dele” quando participamos do sacramento. E segundo, Ele nos adverte a “orar sempre” (3 Néfi 18:18).

Vocês podem ter se perguntado, assim como eu, por que Ele usou a palavra “sempre”, dada a natureza de nossa mortalidade e seu peso sobre nós. Vocês sabem por experiência própria como é difícil pensar conscientemente em algo o tempo todo. Mesmo quando estamos a serviço de Deus, não estaremos conscientemente orando o tempo todo. Então, por que o Mestre nos exorta a “orar sempre”?

Não sou sábio o suficiente para saber todos os Seus propósitos em nos dar um convênio para sempre lembrarmos Dele e em nos exortar a orar sempre e não desfalecer. Mas conheço um desses propósitos. É porque Ele conhece perfeitamente as forças poderosas que nos influenciam e também o que significa ser humano. Ele sabe como é ser pressionado pela vida.

Eu lhes suplico que façam com determinação as coisas simples que os farão progredir espiritualmente. Comecem por se lembrarem Dele. Vocês se lembrarão do que sabem e do que amam. O Salvador nos deu as escrituras, as quais os profetas pagaram um preço que não podemos calcular, para que pudéssemos conhecê-Lo. Banqueteiem-se com elas. Decidam agora que vão ler mais, e com mais eficácia do que nunca.

Prometo-lhes que sentirão a influência do Espírito Santo tocando seu coração enquanto estudam as escrituras com um novo propósito e enquanto oram com fervor. A partir disso, terão a certeza de que Deus vive, que Ele responde às orações, que Jesus é o Cristo Vivo, e que Ele ama vocês.”

The Savior has used the word “always” in two settings that may have caused you to wonder. First, you promise to “always…

Posted by Henry B. Eyring on Sunday, June 28, 2020

 

Élder Dieter F. Uchtdorf 

“Escutamos que a recente pandemia foi um “reinício divino” que poderia ajudar cada um de nós a recalibrar. Sou grato pelas lições que estou aprendendo com a pandemia de COVID-19.

Ponderei sobre a importância do serviço durante este momento único. Temos a oportunidade de identificar formas criativas de encontrar e incentivar oportunidades de serviço adequadas de acordo com as nossas circunstâncias. Você pode tentar buscar oportunidades em JustServe.org. Alguns podem dizer que servir não funciona tão bem durante uma pandemia. Sim, nossas situações podem ser diferentes, mas há uma infinidade de oportunidades onde quer que estejamos. Vamos nos concentrar nas coisas que podemos fazer e não tanto nas coisas que não podemos fazer.

O que estamos aprendendo durante a pandemia de COVID-19 pode nos ajudar a sermos mais bem sucedidos no futuro. Quando as coisas voltarem ao normal, seria sensato resistir à tentação de voltar aos “velhos hábitos”, que muitas vezes não funcionavam muito bem. Isso é especialmente verdadeiro quando consideramos a maneira como compartilhamos com os outros a verdade do evangelho e como vivemos o evangelho.

Precisamos “voltar para o futuro” – um futuro muito brilhante com novas e animadoras oportunidades que nos levarão para a frente e para cima! Estou surpreso com o quanto aprendo a cada dia! Que Deus os abençoe com oportunidades de aprender e crescer a partir deste momento único.”

It has been said that the recent pandemic has been a “divine reset” that could help each of us recalibrate. I am…

Posted by Dieter F. Uchtdorf on Friday, July 3, 2020

 

Élder D. Todd Christofferson 

“Na última conferência geral, falei sobre a experiência de Jason Olson, que se filiou à Igreja quando jovem, depois de receber um incrível testemunho do Espírito Santo de que o Livro de Mórmon é verdadeiro. Ele estava planejando queimar a cópia do Livro de Mórmon que dois de seus amigos lhe tinham dado quando a voz do Espírito em sua mente e coração lhe disse para lê-lo em vez de queimá-lo.

Quando ele terminou de ler o Livro de Mórmon, ele ajoelhou-se para orar. Ele disse: “Eu estava cheio do Espírito, desde o topo de minha cabeça até a sola de meus pés. Senti-me cheio de luz. Como se estivesse brilhando. Quando me levantei, depois de terminar minha oração, sabia por mim mesmo que o Livro de Mórmon era verdadeiro.”

Esse testemunho inconfundível presenteou Jason com um dilema. Ele cresceu como um judeu devoto. Logo soube que não poderia ser batizado sem o consentimento dos pais antes dos 18 anos, e seus pais estavam hesitantes em deixá-lo se juntar a uma nova fé. Sua mãe marcou visitas semanais com um rabino ortodoxo por três anos. Ele disse: “Eu fiquei mais próximo do rabino do que de qualquer outro líder religioso—mas eu não podia me abalar, eu não podia negar minha experiência com o Livro de Mórmon. Eu sabia que era verdadeiro e sabia que Deus sabia.”

Jason Olson serviu como um capelão Santo dos Últimos Dias na Marinha dos Estados Unidos. Sem o seu perfeito conhecimento da veracidade do Livro de Mórmon recebido por meio do Espírito, Jason não poderia ter prosseguido com o seu batismo, mesmo contra a forte oposição de pessoas que ele tanto amava e respeitava. E sem esse conhecimento seguro, duvido que ele teria sido capaz de sustentar uma vida de plena atividade na Igreja, ter se casado com Sara, e ter criado sua bela família.

Permitam-me destacar o papel crítico do Livro de Mórmon nesta história, como em milhões de outras histórias desde o início da Restauração. O Livro de Mórmon é o instrumento de conversão do Senhor. Qualquer pessoa que o leia com coração sincero e real intenção, desejando e orando para saber se é verdadeiro, receberá esse testemunho do Espírito Santo. Depois desse testemunho, não poderá haver dúvidas.”

At the last general conference, I spoke about the experience of Jason Olson, who joined the Church as a young man after…

Posted by D. Todd Christofferson on Monday, June 29, 2020

 

Élder Dale G. Renlund

“No final de semana passado, reunimo-nos virtualmente com cerca de 135 casais que foram chamados a servir como presidentes de missão. Sentimos falta de nos encontrarmos pessoalmente com esses santos dos últimos dias maravilhosamente dedicados que aceitaram chamados para servir e liderar missões no mundo todo. Mas a instrução e o espírito eram os mesmos.

Adorei a mensagem que o presidente @RussellMNelson compartilhou para começar o seminário. Ele falou da tutela divina que Joseph Smith recebeu, e que o preparou para ser o primeiro profeta nos dias modernos. O presidente Nelson detalhou as inúmeras maneiras como Joseph foi ensinado e recebeu tanto as chaves do sacerdócio e quanto o conhecimento celestial. O testemunho fervoroso do presidente Nelson sobre a Igreja restaurada do Salvador foi comovente e arrepiante.

Os novos líderes da missão entram em missões com alguma incerteza sobre as circunstâncias que irão encontrar. Mas não há nenhuma incerteza sobre o papel central que desempenham no compartilhamento do evangelho de Jesus Cristo. Sou tão grato por eles, por seus exemplos e testemunhos. Sou grato pelos corajosos missionários que irão presidir. Sou grato pelo trabalho contínuo da Restauração do evangelho do Salvador.”

View this post on Instagram

Last weekend we met virtually with approximately 135 couples who have been called to serve as mission presidents and companions. We missed meeting in person with these wonderfully dedicated Latter-day Saints who have accepted calls to serve and lead missions all over the world. But the instruction and spirit were the same. I loved the message President @RussellMNelson gave to begin the seminar. He spoke of the divine tutelage Joseph Smith received that prepared him to be the first prophet in modern days. President Nelson detailed the numerous ways Joseph was taught and received both priesthood keys and heavenly knowledge. President Nelson’s fervent testimony of the Savior’s restored Church was poignant and spine-tingling. The new mission leaders go into missions with some uncertainty regarding the circumstances they will encounter. But there is no uncertainty about the pivotal role they play in sharing the gospel of Jesus Christ. I am so grateful for them and their examples and testimonies. I am grateful for the courageous missionaries they will preside over. I am grateful for the ongoing work of the Restoration of the Savior’s gospel.

A post shared by Dale G. Renlund (@dalegrenlund) on

 

Presidente Bonnie H. Cordon 

“Os nossos jovens são incríveis! São capazes, inteligentes e firmes. Como pais e líderes, podemos capacitar os nossos jovens para atingirem o seu potencial. Quando Mórmon tinha apenas 10 anos de idade, o Profeta Amaron lhe disse que um dia seria responsável por todos os registros sagrados de seu povo. Mesmo quando jovem, Mórmon foi descrito como “sério” (pensativo e calmo) e “de percepção rápida” (Mórmon 1:2). Quando Mórmon tinha 15 anos, tinha testemunhado a guerra e a terrível iniquidade, mas permaneceu forte e fiel porque “[conhecia] a bondade de Jesus” (Mórmon 1:15).

Nossos jovens também conhecem a bondade de Jesus, e estão preparados para permanecerem fortes e fiéis.

Pais e líderes, confiemos em nossos jovens! Vamos capacitá-los a usar as habilidades e dons que sabemos que eles possuem! E vamos orientá-los por meio de nosso exemplo. Os nossos jovens são campeões em Cristo. Vamos lhes dar a confiança necessária para saberem disso.”

Our youth are incredible! They are capable, smart, and steadfast. As parents and leaders, we can empower our youth to…

Posted by Bonnie H. Cordon on Tuesday, June 30, 2020

 

Irmã Lisa L. Harkness

“Na conferência geral de outubro de 2019, falei sobre a bênção única que temos de levar o nome de Jesus Cristo. Não importa onde vivemos, que língua falamos, ou se temos 8 anos ou 108, todos nós compartilhamos um nome especial que nos ajuda a lembrar de fazer o bem e seguir o nosso Salvador.

Eu adoraria saber, como você faz para honrar o nome de Cristo?”

In October 2019 general conference, I spoke about the unique blessing we have to bear the name of Jesus Christ. No…

Posted by Lisa L. Harkness on Monday, June 29, 2020

Fonte: Church News

Relacionado:

Como o FSY virtual da Área Caribe fortaleceu 3 mil jovens durante a pandemia