Élder Quentin L. Cook: “Grande amor pelos filhos de nosso Pai”

disciplina

Pontos abordados:

  1. A caridade motiva o trabalho missionário tanto para os missionários como para os membros. Este tipo de amor incentiva todos a convidar os outros a virem a Cristo.
  2. O amor está no centro dos esforços do templo e da história da família para coligar Israel do outro lado do véu.
  3. O ensino no lar precisa ser “claro e convincente, mas também espiritual, alegre e cheio de amor”.

Resumo do discurso:

A caridade, ou o puro amor de Cristo, inclui o amor eterno de Deus por todos os Seus filhos. Ela desempenha um papel essencial no trabalho missionário, no trabalho do templo e da história da família e na observância religiosa familiar no lar e apoiada pela Igreja.

“Os emissários do Salvador, a maioria dos missionários sentem esse tipo de amor, e quando o fazem, seus esforços são abençoados. Quando os membros tiverem a visão desse tipo de amor, que é essencial para ajudar o Senhor em Seu propósito, a obra do Senhor será realizada.”

Os membros da Igreja podem demonstrar amor pelo Salvador e seus irmãos e suas irmãs fazendo convites simples. O novo calendário de reuniões dominicais é uma excelente maneira de convidar amigos para vir, ver e sentir uma experiência da Igreja.

O amor também está no centro dos esforços do templo e da história da família. Quando se aprende sobre as provações e dificuldades que seus antepassados enfrentaram, o amor por eles aumenta.

Prometo que realizar as ordenanças de seus antepassados com amor fortalecerá e protegerá nossos jovens e nossa família em um mundo que se torna cada vez mais cruel.

A ênfase no estudo do evangelho centralizado no lar e apoiado pela Igreja prepara as famílias e os indivíduos eternos para encontrar e viver com Deus. Quando o marido e a esposa “trabalham juntos com amor e retidão, suas decisões são abençoadas pelo céu”.

A humildade e o amor são as características marcantes daqueles que buscam saber a vontade do Senhor, especialmente para sua família.

O ensino no lar precisa ser claro e convincente, mas também espiritual, alegre e cheio de amor.

Fonte: Church News

Relacionado:

Irmã Sharon L. Eubank: “Cristo é a luz que brilha na escuridão”

| Profetas Hoje

Comente

Seu endereço de e-mail não será divulgado. Os campos obrigatórios estão marcados com *