PRESIDENTE BOYD K. PACKER

Apóstolo Mórmon Boyd K. Packer

Apoiado em 9 de Abril de 1970, aos 46 anos. Foto de moroni10.com.

Embora estejamos tristes ao saber da morte do Presidente Boyd K. Packer, somos gratos pelo legado de fé e de família que ele deixou para trás. Aqui estão cinco coisas que nós amamos e vamos sentir saudades a respeito do Presidente Packer.

1. Suas analogias

Algumas de das analogias mais conhecidas e amadas utilizadas na Igreja vieram do Presidente Packer. Lembramo-nos de que ele nos ensinou que nossas mentes são como um palco, explicou a Expiação na analogia do mediador, e comparou a mortalidade e o plano de salvação com uma peça de três atos.

E, claro, um de suas mais poderosas analogias visuais é de seu discurso sobre Crocodilos Espirituais:

 

2. Seu Amor Pela Natureza e Pela Arte

Nos lembraremos do Presidente Packer pelo seu amor pelos animais, sobretudo os pássaros.

Ele criou muitos tipos de aves, de pavões para faisões e pombos, e começou a desenhar e esculpir quando era muito jovem. Ele nos ensinou a ficarmos mais próximos do Senhor através da natureza e da importância de exercer nossos talentos e dons. Nós sempre amaremos sua bela expressão de amor para as criações do Senhor.

Apóstolo Mórmon Boyd K. Packer

Boyd K. Packer com uma de suas aves.

Apóstolo Mórmon Boyd K. Packer pintando

Boyd K. Packer pintando um quadro no fundo de seu quintal. Créditos do site LDS.org

 

3. Sua Ênfase em Criar os Filhos em Famílias Justas

Como um pai de 10 filhos, o Presidente Packer amava sua esposa e sua família e falou muitas vezes sobre proteger nossas crianças contra as tentações do mundo. Ele frequentemente nos lembrou da importância vital de um lar estável e da família, onde as crianças são criadas em amor e cuidadosamente nutridas e ensinadas a escolher o certo.

4. Seu Amor Pela Educação

Presidente Packer valorizava grandemente a educação, especialmente a educação do evangelho. Ele tinha um doutorado em educação pela BYU e trabalhou no Sistema Educacional da Igreja por muitos anos, até que foi chamado como Assistente dos Doze. Um de seus objetivos de vida era para ser um educador, o que ele fez como um professor do seminário por muitos anos e continuou a fazê-lo como um apóstolo, até o seu falecimento.

5. Sua Fé e Seu Testemunho

Presidente Packer foi um exemplo de fé em todas as circunstâncias. Seja pela superação da poliomielite quando criança ou servindo na Força Aérea durante a Segunda Guerra Mundial, o Presidente Packer lembrou-nos de confiarmos no Senhor e crescer a partir de nossas provações. Ele nos lembrou

“Se caírem, ergam-se e continuem em frente.” [1]

E também nos lembrou

“Fé, para ser fé, precisa seguir ao desconhecido” [2]

Em seu último discurso na conferência geral, ele compartilhou algumas de suas crenças mais profundas:


Outras coisas que nos lembraremos do Presidente Packer:

  • Elder Packer dedicou o Templo de Regina Saskatchewan em 1999. Aquele foi o primeiro templo do século 20 a ser dedicado por um apóstolo que não era membro da Primeira Presidência. Ele também dedicou o templo em sua cidade natal de Brigham City em 2012.
  • Presidente Packer foi designado como um membro do Quorum dos Doze Apóstolos em 9 de abril de 1970, e serviu fielmente em diferentes atribuições dentro do quórum por aproximadamente 50 anos.
  • Presidente Packer foi um dos três membros dos Doze originalmente atribuídos a ajudar a desenvolver o grupo “Genesis” – um grupo designado para apoiar os membros da Igreja de descendência Africana.
  • Presidente Packer tinha um grande amor pelo templo e será particularmente lembrado por seu livro, The Holy Temple.

Notas

[1] Conferência Geral Semi-Anual de Outubro de 2000.

[2] Boyd K. Packer, “What Is Faith?” in Faith (1983), 42.

Artigo escrito por Jannalee Rosner no site LDSLiving.com. Artigo traduzido por Esdras Kutomi.