JesusVocê já deve ter ouvido essa “doutrina profunda” a de que um homem chamado Davi há de surgir nos últimos dias e ele reinará em Israel, já que o primeiro Davi pecou. Temos que ter cuidado com essa especulação. Primeiro porque embora as escrituras mencionem a doutrina de um novo Davi que reinará (Jeremais 33:15-21), a interpretação feita pode estar equivocada. De fato esta equivocada.
O Davi que há de surgir nos últimos dias para reinar na casa de Israel não é o élder David A. Bednar como já ouvi alguns membros comentarem! Nem mesmo é um homem com o nome “Davi”. Não é o homem poderoso e forte mencionado em D&C 85:7. O Davi mencionado das escrituras que há de reinar nos últimos dias é tão somente o próprio Senhor Jesus Cristo.

“Porque assim diz o Senhor Deus; Eis que eu,eu mesmo, procurarei pelas minhas ovelhas, e as buscarei. (…) eu mesmo apascentarei as minhas ovelhas (…) E suscitarei sobre elas um pastor, ele as apascentará; o meu servo Davi é que as apascentará; ele lhe servirá de pastor. (…) O meu servo Davi será príncipe no meio delas; eu o Senhor, o disse” (Ezequiel 34:11, 15, 26).O Sumo Pastor de almas é o Senhor Jesus Cristo (D&C 50:44, Alma 5:37-38, GEE “Bom Pastor”). Ele apascentará seu povo e reinará sobre suas ovelhas.
Essa é a mesma doutrina explicada em Isaías, sobre o Renovo de Davi (Isaías 11:1). Joseph Smith aprendeu que esse Renovo de Davi é Cristo (D&C 113:1-2).
O Élder Bruce R. McConkie explicou: “Que o Renovo de Davi é Cristo esta perfeitamente claro. Agora veremos que é chamado Davi, que ele é um novo Davi, o Davi Eterno que há de reinar para sempre no trono de seu antigo antepassado: “porque será naquele dia, diz o Senhor, dos Exércitos”, isto é no grande dia milenial da coligação, que eles “servirão ao Senhor, seu Deus, como também a Davi, seu rei, que lhes levantarei” (Jeremias 30:8-9). (…) O Trono de Davi foi derrubado séculos antes do nascimento de Cristo (…) As promessas porém persistem. O trono eterno será restaurado no devido tempo, e ocupado por um novo Davi, o qual há de reinar para todo sempre.” (The Promised Messiah, pg. 192-195)
Porque o Reino do Senhor Jesus Cristo é comparado com o reino do Rei Davi, filho de Jessé? O Guia para Estudo das Escrituras explica: “Apesar dessas calamidades, o reinado de Davi foi o mais brilhante da história israelita, pois (1) uniu as tribos em uma só nação, (2) assegurou a posse incontestável do país, (3) baseou o governo na religião verdadeira, de modo que a vontade de Deus era a lei de Israel. Por essas razões, o reinado de Davi mais tarde foi considerado como a época de ouro da nação e um protótipo da era mais gloriosa que o povo esperava, quando o Messias viesse (Isa. 16:5; Jer. 23:5; Eze. 37:24–28)”