Muito cuidado com estas 3 coisas que podem te levar ao divórcio

Quando se trata do casamento, há muitos sinais vermelhos que precisamos prestar atenção. No entanto, devemos também cuidar dos sinais amarelos, as coisas que fazemos sem perceber e que poderiam destruir a nossa relação.

Trair não se resume em apenas ter uma aventura extraconjugal. Os cônjuges podem trair um ao outro de maneiras que podem ser consideradas “bobas”.

Não dizer quanto você ganha e quanto você gasta

O dinheiro que ganhamos e as despesas devem ser transparentes entre nós e nossos cônjuges. Se alguém esconde quanto dinheiro entra e/ou sai, isso pode resultar em perguntas sem respostas.

Os maridos e as mulheres devem trabalhar juntos para a segurança e a autossuficiência financeira.

Este conselho é sábio, pois grande parte dos casamentos dão errado por causa de problemas com dinheiro.

A responsabilidade de lidar com as finanças cabe tanto o marido como a esposa, NÃO apenas em um deles. Ocultar informações sobre questões financeiras é uma forma de enganar o seu companheiro eterno.

Os segredos

Ouvimos que quanto mais segredos, mais mentiras. Os segredos não precisam envolver relações sexuais fora do casamento para ser considerados graves. Podem ser tão simples como não dizer onde você está ou o que está fazendo quando o seu cônjuge pergunta.

Alguém poderia pensar que seu companheiro eterno não está fazendo nada de errado. “Eu só quero ter o meu próprio espaço e não quero que ninguém me pergunte sobre isso”, poderiam dizer. No entanto, isso significa que você está escondendo coisas de seu cônjuge.

Não se trata de uma questão de confiança, mas sim de integridade pessoal. Seu cônjuge pode acreditar no que você diz, porque confia em ti. Mas, em tal situação, você poderia estar fazendo a coisa certa?

Falar mal pelas costas

Falar mal de seu cônjuge é uma maneira de trair. Supõe-se que um cônjuge é alguém que eleva e protege seu companheiro eterno. Falar mal pelas costas de seu cônjuge é destruir sua reputação.

Isso é ainda pior se você fala mal de seu cônjuge na frente de seus filhos.

Outra vez, pode-se pensar que só está dizendo a verdade ou descrevendo o pai ou a mãe de seus filhos. Mas, a pergunta é, “será que isso fará algum bem? Será que isso vai ajudar?”

As dificuldades entre um casal devem ser resolvidas entre o marido e a esposa. Falar sobre estes assuntos com terceiros pode criar um problema pior do que já está afetando seu relacionamento.

Conclusões

É necessária a completa fidelidade em um casamento. “A fidelidade no casamento é absolutamente fundamental para ter amor, confiança e paz”.

Nestes tempos, a infidelidade pode disfarçar-se de formas sutis e diferentes que, se não formos cuidadosos, afetarão nosso casamento. Muitos podem cair nessas armadilhas sutis do adversário.

Espero que tomemos cuidado com nossos pensamentos e corações para perceber se estamos enganando nossos companheiros eternos. O que é mais importante, que tenhamos a coragem de admitir se cometemos algum erro e pedir ajuda ao Senhor para nos arrependermos, que sejamos mais comprometidos e trabalhemos para fortalecer nossos casamentos.

Fonte: Faith.ph

Relacionado:

5 sinais de que está namorando com a pessoa certa

| Para refletir, Popular

Comente

Seu endereço de e-mail não será divulgado. Os campos obrigatórios estão marcados com *