Os membros de A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias têm o mandamento de participar do sacramento todos os domingos em lembrança do sacrifício expiatório do Salvador e para renovar seus convênios batismais.

Infelizmente, alguns de nós podem decidir parar de ir à Igreja. Isso acontece quando a nossa fé é enfraquecida por desafios muito difíceis. Sempre que nos sentirmos desencorajados em ir à Igreja, precisamos nos lembrar que o sacramento tem o poder de elevar nossos corações por meio do Espírito Santo e da Expiação do nosso Salvador.

Abaixo estão algumas das razões mais comuns pelas quais podemos parar de frequentar a Igreja e também as razões do por que devemos frequentar a Igreja mesmo assim.

Quando sentir que não é digno o suficiente

Elder Jeffrey R. Holland, um apóstolo do Senhor, afirmou: “Não lhes é possível afundar tanto a ponto de não ver brilhar a infinita luz da Expiação de Cristo.”

O Senhor da Oração, por Yungsung Kim. Imagem: Lighthaven

Sempre que sentimos que nos desviamos do caminho por muito tempo, a expiação de Jesus Cristo torna possível que voltemos ao caminho certo. “Há lugar para vocês aqui”, disse o Presidente Uchtdorf. O Senhor os está chamando de volta. Se você pensa que cometeu pecados impossíveis de arrependimento, o Senhor chamou Bispos e Presidentes de Ramos que lhe darão conselhos adequados e o ajudará a saber o que deve fazer para voltar plenamente à luz.

Quando não o trataram bem de alguma forma

Recordar a Expiação do Salvador durante o sacramento nos permite ponderar sobre Seu exemplo de perdão. O Salvador implorou ao Pai Celestial na cruz: “Pai, perdoa-lhes, porque não sabem o que fazem.” (Lucas 23:34) O dia do Senhor é um dia maravilhoso para o perdão porque é um dos momentos em que somos perdoados de nossos pecados também.

Quando o seu cônjuge não está presente na reunião sacramental

A razão pelo qual amar a Deus é o primeiro maior mandamento é porque se amamos a Deus com todo o nosso coração, alma e mente, Ele nos permitirá irradiar o Seu amor ao nosso próximo. Se você verdadeiramente ama seu cônjuge, você não a privaria do amor infinito de Deus que ela pode sentir por meio de seu exemplo.

Quando você não tem amigos na Igreja

Na Igreja, compartilhamos a mesma fé, vivemos perto uns dos outros e os membros acreditam que somos todos irmãos e irmãs. É por isso que é fácil fazer amigos. Basta um sorriso e um aperto de mão, e em breve vão perguntar de onde você é.

Aqui nos dizem “Demonstre genuíno interesse pelos outros. Sorria e mostre que se importa com eles.” (“Para o Vigor da Juventude, Amigos”). Todos nos esforçamos para amar uns aos outros. Afinal, é o segundo grande mandamento de Deus. Ao obedecer a este mandamento, tomamos coragem para fazer amizade com membros e não-membros da Igreja.

Quando você sente que há distrações demais na Igreja

Em Alma 32:38, no Livro de Mórmon, lemos: “Mas se negligenciardes a árvore e deixardes de tratá-la, eis que não criará raiz; e quando chegar o calor do sol e a abrasar, secará por falta de raiz; e arrancá-la-eis e lançareis fora.”

Assim como a árvore, a nossa fé e o foco no sacramento “secarão” se “deixarmos de tratar” a preparação para esta ordenança sagrada. Então, como nos preparamos? Podemos ler as escrituras, orar por orientação e foco, e podemos jejuar. Existem tantas coisas que podemos fazer para tornar o nosso dia do Senhor edificante e espiritual.

Quando estamos envolvidos em coisas mundanas

Em Mateus 16: 25 diz: “Porque aquele que quiser salvar a sua vida, perdê-la-á, e quem perder a sua vida por causa de mim, achá-la-á.”

A razão pela qual a maioria das pessoas passa sua vida procurando outros meios de felicidade é porque nunca encontraram a felicidade eterna que vem através de Jesus Cristo. Se participarmos do sacramento de forma consistente, ficaremos mais satisfeitos com as bênçãos espirituais que Deus derramará sobre nós. As coisas mundanas nunca podem substituir a felicidade que vem por causa das famílias eternas, as bênçãos pessoais prometidas por Deus, a salvação para os nossos entes queridos falecidos, e muitos outros presentes de Deus.

Quando você pensa que ainda pode adorar a Deus e orar em sua casa

Um filho perguntou ao seu pai de 96 anos: “Pai, por que o senhor vai para a Igreja? O senhor já não enxerga, não escuta, tem dificuldade de andar. Por que o senhor vai para a Igreja?” O pai respondeu: “Por causa do sacramento. Vou à Igreja para tomar o sacramento”. Só podemos participar do sacramento através do poder do sacerdócio que é usado para administrar na Igreja. Por causa deste poder, podemos renovar nossos convênios com Deus.

O sacramento é uma experiência maravilhosa. O seu significado é eterno e as suas bênçãos não se encontram nas coisas mundanas. Por meio da nossa obediência e esforço diligente para participar do sacramento semanalmente, teremos a orientação infinita do Espírito Santo em nossas vidas, e seremos refinados através do poder purificador da Expiação de Jesus Cristo.

Fonte: faith.ph

Relacionado:

A surpreendente e significativa história por trás da palavra “Sacramento”