Museu em St. Louis passa por reforma milionária e exibe história da Igreja

St. Louis

Como membros da Igreja, todos sabemos que Kirtland, Ohio, Nauvoo, Illinois, Independence, Missouri e Winter Quarters (Iowa) tiveram papéis-chave na história dos santos. O que talvez não saibamos é que St. Louis, no Missouri, também deve estar lado a lado com essas grandes cidades históricas. E como poderíamos saber?

St. Louis

A cidade de St. Louis foi subestimada em comparação a outros marcos e cidades históricas. Isso até pouco tempo atrás, pois uma recente restauração de U$D 380 milhões (aproximadamente R$ 1,3 bilhão) ocorreu no Museu Gateway Arch. Antes da restauração, sempre existiu um museu abaixo da estrutura principal. Ele contava a história da expansão norte-americana para o oeste. Entretanto, consistia principalmente nos imigrantes do estado de Oregon e da Califórnia, mas não falava nada sobre o lado dos mórmons.

Ideia das atrações do Museu reformado

Agora, o museu adicionou exposições que mostram diversas vertentes da história mórmon. Por exemplo, os visitantes terão a oportunidade de ver a exibição de filmes curtos sobre a jornada dos pioneiros mórmons, bem como uma réplica da foto do odômetro usado por William Clayton para medir a distância entre Winter Quarters até o Vale do Lago Salgado. A foto do odômetro pode ser encontrada na seção St. Louis Riverfront, que recebeu o nome do St. Louis River’s por causa da expansão do oeste pelos mórmons. Incluirá também um mapa da nova trilha mórmon, com uma estação de St. Louis aberta no ano de 1848. Os visitantes poderão até mesmo ver réplicas das “moedas Deseret” que faziam parte do próprio sistema monetário dos santos por um tempo.

Pioneiros Mórmons

O historiador Tom Farmer, que ajudou com os planos do novo museu, diz que quer ensinar aos membros da Igreja sobre o papel de St. Louis na imigração da Igreja. Na verdade, cerca de 22.000 pioneiros mórmons passaram por St. Louis, às vezes permanecendo lá por grandes períodos de tempo antes de ir para o oeste em direção a Utah.

Farmer também quer que as pessoas saibam que o Museu é gratuito!

“Se as pessoas vierem e aprenderem apenas uma coisa que não sabiam antes, acho que teremos feito o nosso trabalho.”

Há muito mais a ser aprendido sobre a história da Igreja, como todos bem sabemos. E talvez, um dos melhores e novos lugares para descobrir fatos novos seja o novo Museu Gateway Arch, que fica em St. Louis, Missouri.

Fonte: MormonHub.com

Relacionado:

https://mormonsud.net/noticias/exibicao-interativa-sobre-os-pioneiros/

| Notícias
Publicado por: Luciana Fiallo
Tradutora e intérprete de formação e paixão. Escolheu essa profissão para, no futuro, poder fazer lição de casa com os filhos e continuar trabalhando.
crise
Sobrevivendo a uma crise de fé (e como os membros da Igreja podem...
fantasmas
Fantasmas são reais?

Comente

Seu endereço de e-mail não será divulgado. Os campos obrigatórios estão marcados com *