Atleta SUD Cego Competirá em Jogos Paraolímpicos do Rio

Conheça o atleta paraolímpico SUD que acabou de se qualificar para os jogos olímpicos do Rio de Janeiro em 2016.

Tyson Gunter possui albinismo. Considerando que essa condição é manifestada através da ausência de pigmentação no cabelo, pele e olhos, o conhecimento da maioria das pessoas sobre o assunto é muito limitada. Entretanto, porque o desenvolvimento do sistema ótico é altamente dependente de melanina (a substância que provê pigmentação), pessoas com albinismo também tendem a sofrer deficiências visuais.

A visão de Gunter está entre 20/100 e 20/200, e sua visão perfiférica é extremamente limitada. Sua percepção de profundidade é virtualmente inexistente. “A melhor maneira que tenho de descrever essa condição consiste em olhar através de binóculos invertidos,” ele disse. Apesar desses desafios, Gunter tem administrado sua vida de maneira a alcançar feitos no atletismo que a maioria das pessoas com visão perfeita jamais poderiam sonhar—e ele acabou de se qualificar para os Jogos Paraolímpicos do Rio de 2016.

A História de Gunter

No colegial, Gunter foi um atleta de destaque, alcançando todos os créditos de honra do estado por quatro anos. Após uma missão SUD em Washington, ele se uniu ao time de atletismo da Universidade do Estado de Idaho. Ele provou ser um trunfo inestimável para a equipe, terminando entre os oito primeiros no Campeonato da Conferência Big Sky e ganhou uma bolsa de estudos.

Após a faculdade, Gunter fez sua presença conhecida no estágio internacional. Desde então, ele passou a competir em eventos paralímpicos e participou de cada campeonato mundial paralímpico. Em 2013, ele ganhou a medalha de prata no salto no Campeonato Mundial Paralímpico em Lyon, França. Dois anois depois, ele ganhou a medalha de prata em outra modalidade nos Jogos Americanos de Toronto, Canadá.

Agora, Gunter focaliza sua visão no Rio de Janeiro—o local que sediará os Jogos Paralímpicos de 2016. Ele se qualificou recentemente, apesar de sua jornada improvável encontrando outro obstáculo na estrada. O Comitê Paralímpico Internacional recentemente decidiu remover modalidades de salto para atletas nas condições de Gunter, o que significa que se Gunter desejasse competir no Rio, ele não poderia fazê-lo na modalidade de salto. Ao invés disso, ele teve que se qualificar como corredor, um evento o qual ele tem muito menos prática—e paixão.

Atleta 2

“[Saltar] é a coisa que mais amo no atletismo,” ele disse. Mas por causa das mudanças nas regras, Gunter agora terá que correr os 100m e 400m—o último dos quais ele descreve como “um dos eventos mais odiados em todos os esportes.”

Isso não o impediu de obter excelência em seus resultados, apesar de tudo. Ele melhorou rapidamente e já completou a cansativa corrida dos 400m em apenas 50 segundos. Gunter já alcançou seu primeiro objetivo para 2016—ao chegar a Equipe Paraolímpica. Agora que alcançou isto, seu próximo objetivo é estar entre os cinco primeiros nos Jogos do Rio.

A Motivação de um Verdadeiro Atleta

É um desafio muito difícil, mas Gunter está a altura do desafio. Ele retira força e inspiração de muitas fontes, mas nenhuma mais importante do que sua família e o Evangelho. Sua esposa frequentemente comparece à suas competições, e ele tem sido um membro ativo em sua congregação SUD.

“O Evangelho tem influenciado tudo em minha vida,” disse Gunter. “Acredito que esta seja a meta, viver o Evangelho e não apenas ir à Igreja… Eu não faço tudo perfeitamente, é claro, mas sempre tento fazer minhas escolhas baseando-se no estilo de vida que o Evangelho ensina.

Uma lição do Evangelho que Gunter retira fortalecimento está na Parábola dos Talentos. Ao invés de comprar seus talentos, Gunter os magnificou em uma oportunidade para inspirar e fortalecer outros.

Isto também proporcionou a ele algumas regalias: “Eu amo a experiência inteira de viajar (com exceção da parte em que fico longe de minha esposa), estando em hotels, experimentando comida de outras culturas,” ele disse. Então, lembrando-se do patrocínio que recebeu da rede corporativa de artigos esportivos “Dick’s Sports,” ele adicionou, “e eu estaria mentindo se não dissesse que amo os itens gratuitos.”

Assim que esse estágio da vida de Gunter chegar ao fim, ele já estará pronto para o próximo passo. Ele planeja utilizar seu diploma em Marketing e iniciar seu próprio negócio. Ele também aspira ser um treinador de atletismo no nível universitário. Mas não importa aonde a estrada o leve e sua família no futuro, agora seu foco está no Rio de Janeiro.

Artigo originalmente publicado no LDSLIVING.COM e traduzido por Luiz Botelho.

 

| Notícias Locais
Publicado por: Luiz Botelho
Luiz Botelho serviu na Missão Santa Maria e atualmente mora em Provo-Ut. Estuda Antropologia na Utah Valley University e descobriu na Ciência, História, Filosofia e Teologia sua verdadeira paixão. Atualmente trabalha voluntariamente como Diretor Internacional da FairMormon, é autor do Interpretenefita.com e um dos Diretores da More Good Foundation no Brasil.
Minuto Mórmon - 14 de Julho de 2016
Salvador e uma criança - perspectiva mórmon sobre adoção
Qual é a Visão Mórmon sobre a Adoção?

Comente

Seu endereço de e-mail não será divulgado. Os campos obrigatórios estão marcados com *