Vem e Segue-me – Lição 11 – “Jesus enviou esses doze” Mt 10–12; Mc 2; Lc 7 e 11

Para apoiar o novo programa de aprendizado da Igreja – “Vem, e Segue-me” – estamos publicando semanalmente comentários sobre a lição designada. Neste ano somos convidados a estudar o Novo Testamento. Na lição de hoje (designação de 11-17 de março) estudaremos Mateus 10-12 e Marcos 2 e Lucas 7 e 10, aprendendo mais sobre os Doze Apóstolos que Jesus escolheu.

Acesse a lição aqui.

Quem eram os 12 apóstolos que Jesus Escolheu?

Jesus escolheu 12 Apóstolos em seu ministério mortal. São eles:

SIMÃO – Jesus deu um nome especial para Simão: Pedro – Petros (em grego) ou Cefas (em sirenaico) – significa “rocha ou pedra” – Ver João 12:41 Ele era filho de um homem chamado Jonas, e irmão de Tiago.

TIAGO – Tiago é a forma grega do hebraico “Jacó”. Tiago (em hebraico) significa “suplantador”. ele e seu irmão João eram chamados de Boanerges, que significa “filhos do trovão”. Ele e João eram filhos de um homem chamado Zebedeu.

JOÃO – Esse nome significa “dom de Jeová”. Provém do nome hebraico Johanan. Ele é o “discípulo amado”. Também é o autor do evangelho de João, de três epístolas no Novo Testamento. É conhecido como João, o Teólogo. Irmão de Tiago e filho de Zebedeu.

ANDRÉ – Seu nome significa “varonil”. Irmão de Simão Pedro e filho de Jonas.

FILIPE – Nome de origem grega e significa “apreciador de cavalos”. Talvez ele seja um judeu-grego, pois é abordado pelos gregos em João 12:21.

NATANAEL (BARTOLOMEU) – O nome significa “dom de Deus” e provém do hebraico. Ele provavelmente era filho de um homem chamado Tolomeu.

TOMÉ – Também conhecido como Dídimo, da palavra grega que significa”gêmeo” (provavelmente esse era seu sobrenome).

MATEUS (LEVI) – Seu nome em hebraico (Levi) significa “dom de Jeová”. Era conhecido como o “publicano”, pro ser cobrador de impostos. Era filho de Alfeu e irmão de Tiago, o menor.

TIAGO – Era chamado de “o menor”, para distingui-lo do Tiago irmão de João. Ele era filho de Alfeu e irmão de Mateus.

JUDAS (LABEU ou TADEU) – Também chamado de “não o Iscariotes”, para distingui-lo do traidor Judas. O nome “Labeu” (forma arábica, significa “raiz”) e o nome “Tadeu” (do hebraico, significa “coração”).

SIMEÃO – Chamado de “o cananita” e “o zelador”. Ele devia ser um membro de um grupo de hebreus que defendia a violenta derrubada do império romano, e preservava o estrito cumprimento da lei judaica.

JUDAS – era conhecido como “Isacariotes”, pro ser natural da vila de Quiriote. Era filho de Simão (João 6:71, 12:4)

Qual a diferença entre um discípulo e um apóstolo?

Um discípulo é um seguidor de Jesus Cristo que vive conforme os ensinamentos do Salvador (D&C 41:5). O termo discípulo também é usado para descrever os Doze Apóstolos chamados por Cristo durante o Seu ministério terreno (Mt. 10:1–4).

O termo discípulo também é utilizado com referência aos doze homens escolhidos por Jesus para dirigirem a Sua Igreja entre os nefitas e lamanitas (3 Né. 19:4).

O Elder Élder Robert D. Hales, explicou:

“O que significa ser discípulo de nosso Senhor Jesus Cristo? Um discípulo é alguém que foi batizado e que tem o desejo de tomar sobre si o nome do nosso Salvador e de segui-Lo. Um discípulo se esforça para tornar-se como Ele é, guardando Seus mandamentos na mortalidade, assim como um aprendiz procura tornar-se como seu mestre.

Muitas pessoas ouvem a palavra discípulo e acham que ela significa apenas “seguidor”. Mas o discipulado genuíno é uma condição de ser, o que sugere ser algo além de estudar e de aplicar uma lista de atributos individuais. Os discípulos vivem de modo que as características de Cristo estejam entrelaçadas nas fibras do seu ser, como um tapete espiritual.” (“Tornar-nos Discípulos de Nosso Senhor Jesus Cristo”, Conferência Geral abril de 2017).

Um apóstolo tem um chamado especial para testificar de Jesus Cristo.

O descanso do Senhor

A lição desta semana ensina-nos:

“Todos carregamos fardos — alguns resultantes de nossos pecados e erros, outros causados pelas escolhas de outros e mesmo alguns que não são culpa de ninguém, mas que simplesmente fazem parte de nossa vida na Terra. Quaisquer que sejam as razões de nossas dificuldades, Jesus apela para virmos a Ele para que Ele nos ajude a carregar nossos fardos e a encontrar alívio (ver também Mosias 24).”

O Elder David A. Bednar ensinou:

“A realização e o cumprimento de convênios sagrados nos vinculam ao jugo do Senhor Jesus Cristo” (“Carregar seus fardos com facilidade”, A Liahona, maio de 2014, p. 88).

Com isso em mente, pondere questões como as que seguem para entender melhor as palavras do Salvador nos versículos citados:

“Como meus convênios me vinculam ao jugo do Salvador?”

“O que preciso fazer para vir a Cristo?”

“Em que sentido o jugo do Senhor é suave e Seu fardo é leve?”

Vídeo

Relacionado:

Vem e Segue-me – Lição 10 – “Vai, a tua fé te salvou” Mt 8-9 e Mc 2-5

| Fé em Jesus Cristo
Publicado por: Lucas Guerreiro
Escritor, Advogado, Membro da Comissão de Direito e Liberdade Religiosa da OAB/SP, Membro da J. Reuben Clark Law Society São Paulo. Fez Missão em Curitiba - Brasil. Gosta de desenhar, estudar filosofia, fotografar, viajar e assistir series de super-heróis.
Incêndio em duas capelas santos dos últimos dias na Nova Zelândia.
missionários fazem flash mob no Japão
Vídeo: quase 100 missionários fazem flash mob em estação de trem...

Comente

Seu endereço de e-mail não será divulgado. Os campos obrigatórios estão marcados com *