Uma dor inestimável

Era provavelmente a noite mais triste da história. O Messias estava pronto para suportar todas as dores.

Após partilhar do sacramento, chamou seus apóstolos para ir junto com ele ao um lugar chamado Getsêmani. Ao chegar, pediu que os discípulos esperassem e chamou exclusivamente Pedro, Thiago e João para ir um pouco além do Jardim.

Ao chegar em um determinado ponto, Jesus pediu para que orassem por ele enquanto ele iria fazer algo que ninguém mais poderia fazer. Chamou seus três amigos e apóstolos ele declarou:

“A minha alma está profundamente triste até a morte; ficai aqui, e vigiai”. (Marcos 14:34).

Depois partiu, provavelmente para o fundo do Jardim e lá começou a oferecer uma oração, dizendo:

“Pai, se queres, passa de mim este cálice, porém não se faça a minha vontade, senão a tua.” (Lucas 22: 42)

Nesse momento doloroso e singular, Deus enviou um anjo para fortalecer o Mestre. Sua agonia, sofrimento e dor eram tão profundos e tenebrosos que seu suor eram gotas de sangue, que saia por todos os Seus poros.  

a expiação

Por que Ele precisou sofrer tanto?

Por que ele precisou enfrentar o “vale da morte” sozinho? (Salmos 23:4).

Essa resposta foi oferecida por Isaías:

“Verdadeiramente ele tomou sobre si as nossas enfermidades, e as nossas dores levou sobre si; e nós o reputávamos por aflito, ferido de Deus, e oprimido. Porém ele foi ferido pelas nossas transgressões, e moído pelas nossas iniquidades; o castigo que nos traz a paz estava sobre ele, e pelas suas pisaduras fomos sarados”. (Isaías 53 4-5, Mosias 14: 4-5)

Ele escolheu sofrer profundamente para saber perfeitamente como ajudar cada um dos filhos e filhas de Deus. Veja como isso fez total diferença na vida da Jessica:

Na minha vida, existem vários momentos em que as escrituras ficam vindo na minha mente e me ajudam a recordar a importância de estar mais próximo do Salvador e de escolher o certo.

Lembro-me que quando eu conheci a Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos últimos Dias eu tinha 14 anos, e até então eu fazia parte de outra denominação religiosa também Cristã.

Porém, quando eu conheci o evangelho de Jesus Cristo, ouvir o testemunho dos jovens falando sobre Expiação de Jesus Cristo, que até então ao meu conhecimento eu apenas sabia que Cristo tinha morrido na cruz e não sabia do sacrifício terno que Ele tinha feito por mim, e quando me foi apresentado essa escritura (Mosias 14:4-5, Isaias 53:4-5), eu pude sentir a veracidade dela e ela começou a ser como um lembrete constante em minha vida…

Contudo, houve um momento em que essa escritura foi realmente marcante na minha vida e aonde eu pude sentir a presença do Salvador – o maior exemplo da minha vida – foi quando eu estava em trabalho de parto para ganhar o meu filho e eu não tinha mais forças para continuar então meu esposo olhou nos meus olhos e disse:

“o Salvador já fez um sacrifício dele por você! Agora você precisa fazer um sacrifício para que mais um filho de Deus possa vir a terra”!

Eu lembro que naquele momento eu lembrei da escritura de Mosias 14: 4-5, eu pude sentir que o Salvador tinha realmente feito o sacrifício dele por mim. E que eu precisava fazer um sacrifício também.

Eu sabia que o Salvador Jesus Cristo estava ao meu lado naquele momento.

(Jessica Groff, Ala Esplanada, Estaca Chapecó)

Como Cristo mudou minha vida hoje?

A nova série do MormonSud tem como objetivo apresentar a histórias de pessoas comuns, que tiveram sua vida mudada graças a algo especifico que ocorreu no ministério de Cristo, ela terá um capítulo por semana até o dia 25 de dezembro. Você pode participar mandando uma mensagem para o nosso escritor Ronigledison da Silva Oliveira, contando como uma parte específica da vida de Cristo impactou diretamente na melhoria da sua vida.

Relacionado:

Cristo Hoje | Quereis vós também retirar-vos?