Jesus Lavando pés dos apóstolos

Quando se trata do nome de uma organização, frequentemente há uma grande pesquisa minuciosa para garantir que o nome representa corretamente a organização e aqueles que se afiliam a ela. As religiões se esforçam muito para assegurar que o nome pelo qual o mundo os conhecerá é uma representação de suas crenças de quem são. Para A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias (frequentemente chamada de Igreja Mórmon por muitos), o nome é carregado de santidade e responsabilidade. Jesus Cristo é o ponto central do Plano de Felicidade que A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias ensina que seja o plano de Deus para seus filhos. Jesus Cristo é o Salvador do mundo e Ele foi um exemplo perfeito. Seu exemplo é o que os membros da “Igreja Mórmon” tentam seguir diariamente, mas como Jesus foi a única pessoa perfeita que já viveu sobre a Terra, todos cometem erros. Quando cometem erros é quando frequentemente sentem o amor do Salvador Jesus Cristo mais forte, porque acreditam que através da Sua expiação, todos podemos ter nossos pecados perdoados.

Com muita frequência, há uma percepção equivocada de que A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias não é uma religião “Cristã”. Entretanto, ao ler novamente o nome oficial da igreja e aprender mais sobre o que é ensinado nela, o nome de Jesus Cristo não é apenas o ponto central no nome da Igreja, mas também em tudo o que é ensinado dentro da “Igreja Mórmon”. Desde a época que as criancinhas começam a frequentar a igreja e frequentar a primária (escola dominical para crianças de 18 meses a 11 anos), elas são ensinadas sobre Jesus Cristo. Elas aprendem sobre o Seu nascimento, Sua vida, Sua morte e Sua ressurreição. À medida que estas mesmas crianças crescem e entram na adolescência, estes mesmos ensinamentos continuam e adquirem um conhecimento e testemunho mais profundo. À medida que os membros da igreja entram na vida adulta, estes mesmos ensinamentos continuam e, novamente, um amor, conhecimento e testemunho mais profundo entram na vida dos que creem e seguem. É este foco nos ensinamentos sobre a vida de Jesus que tem trazido tanta paz e felicidade para os membros Santo dos Últimos Dias (Mórmons).

Pessoas perguntam, maravilhadas, por que a Igreja tem uma religião tão organizada com profeta e apóstolos, por que foi isto o que Deus instruiu a Jesus a fazer enquanto estava na Terra. Eles perguntam por que a igreja possui um programa humanitário tão robusto, porque foi isto que Jesus Cristo ensinou através do seu exemplo e parábolas na Bíblia Sagrada: fazer tudo o que podemos para buscar e ajudar os necessitados. Pessoas perguntam por que os Santos dos Últimos Dias (Mórmons) usam escrituras adicionais como O Livro de Mórmon: Outro Testamento de Jesus Cristo. Os Santos dos Últimos Dias acreditam que o povo mencionado no Livro de Mórmon são aqueles de quem Jesus falou quando disse: “Ainda tenho outras ovelhas que não são deste aprisco” (João 10:16). Os Santos dos Últimos Dias também acreditam que a escritura que diz que “Por boca de duas ou três testemunhas será confirmada toda a palavra.” (2 Coríntios 13:1) significa que o Senhor considera que múltiplas testemunhas tem mais poder do que apenas uma. Não importa o quê as pessoas perguntem sobre os ensinamentos de A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias, a resposta pode ser facilmente ligada às escrituras e Jesus Cristo.

Em tudo o que é sagrado dentro de A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias (Igreja Mórmon), Jesus Cristo é o nome pelo qual tudo é feito. Quando um novo bebe nasce e é hora para receber um nome e uma benção (geralmente dada pelo pai), esta benção é dada por quem possui o sacerdócio, que é a autoridade para agir em nome de Deus, e a benção é pronunciada em nome de Jesus Cristo. Quando alguém se batiza e se torna um membro de A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias, este batismo é feito em nome de Jesus Cristo. Todas as orações oferecidas pelos membros da Igreja terminam em nome de Jesus Cristo. Conforme declarado em João 3:16, “Porque Deus amou o mundo de tal maneira que deu o seu Filho unigênito, para que todo aquele que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna”. Esta escritura e suas palavras são o coração do que os membros da Igreja SUD acredita. Eles se esforçam diariamente para dar o amor e respeito que Deus, o Pai, e Seu Filho, Jesus Cristo, merecem. Eles encontram a verdadeira felicidade e paz nesta vida ao lidarem com os desafios da vida.

Embora os membros da Igreja SUD (Igreja Mórmon) sejam frequentemente vistos como pessoas peculiares, sua fé em Jesus Cristo é o que lhes motiva a seguir adiante. Eles sabem que Jesus Cristo foi pregado na cruz e entregou o espírito que estava em seu corpo. Eles também sabem que Jesus ressuscitou e está vivo hoje me dia.

O testemunho de profetas e apóstolos que foram chamados como testemunhas especiais de Cristo, é que Jesus vive. Ele viveu, morreu e viveu novamente. A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias faz mais do que apenas ter Jesus em seu nome. A doutrina Mórmon ensina sobre Cristo e testifica Dele, e os Santos dos Últimos Dias (Mórmons) se esforçam para viver como Cristo viveu, convidando todos a vir a Cristo. Como registrado nas escrituras “Portanto, pelos seus frutos os conhecereis” (Mateus 7:20). Para os membros a Igreja SUD, Jesus Cristo os conhecerá quando Ele voltar.

 

 

Seth SaudersSeth Sauders é membro de A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias (Mórmon). Ele serve atualmente como Presidente do Ramo Pembroke.