Todos os membros batizados e dignos da Igreja podem e devem receber uma bênção patriarcal. Mas quando saber o momento certo? Geralmente, os membros incentivam seus filhos a receber a bênção na adolescência. Mas todo converso adulto e digno pode receber a bênção a qualquer momento após o batismo.

E quando se trata dos pais? Como podemos preparar nossos filhos para receber a bênção patriarcal? Os membros no mundo todo incentivam seus filhos a receber a benção entre as idades de 12 a 19 anos. Mas este é um intervalo bem grande. Então quando e como melhor preparamos nossos filhos para receber a bênção patriarcal?

1. Ensine-os sobre revelação.

Muito antes de mencionar qualquer coisa sobre receber a bênção patriarcal, certifique-se de que seus filhos saibam o que revelação é e por que ela é essencial para viver o evangelho. Use noites familiares e conversas casuais para trazer à tona o tema. Ensine-os como o Espírito pode falar com eles de diferentes maneiras. Certifique-se de que seus filhos saibam que você se esforça para viver seguindo o Espírito e receber revelação.

Diga-lhes como você se sente sobre a sua bênção patriarcal e como ela é fonte de revelação para sua vida. Se inspirado a fazê-lo, você pode compartilhar parte ou toda sua bênção patriarcal com seus filhos. Você pode falar com eles sobre como os conselhos nela têm sido um guia em sua vida. Lembrem-se do que diz o LDS.org:

“[A bênção patriarcal] pode ser compartilhada com familiares próximos, mas não deve ser lida em voz alta em público nem lida ou interpretada por outras pessoas”.

2. Esclareça o que eles não entendem bem. 

Ajudem seus filhos a entender o que é a bênção patriarcal e o que ela pode fazer por eles. Às vezes nossos filhos podem desejar muito receber a bênção patriarcal quando se sentem perdidos. Eles podem pensar que a bênção patriarcal será como um roteiro exato de seu futuro. Ajude-os a compreender que a bênção é mais como uma Liahona do que como uma receita exata para o sucesso na vida.

Diga a seus filhos que a bênção pode ser longa ou curta. Ela vai declarar sua linhagem na tribo de Israel, contém promessas, advertências e avisos. Ensine-lhes o valor deste conselho do Senhor. Por meio de sua bênção patriarcal, o Senhor falará diretamente com eles demonstrando Seu amor.

O Presidente Thomas S. Monson disse:

“Sua bênção patriarcal é sua e de ninguém mais. Pode ser breve ou longa, simples ou profunda. O tamanho e a linguagem usada não fazem de um texto uma bênção patriarcal. É o Espírito que transmite o verdadeiro significado”. (“Vossa Bênção Patriarcal: Uma Liahona de Luz” Thomas S. Monson, conferência geral de outubro de 1986).

3. Não estabeleça um prazo. 

Pressionar ou apressar os filhos para receber a bênção patriarcal pode causar uma falsa impressão em algo que tem como única base a revelação — em todos os sentidos da palavra. Os adolescentes devem entender que quando eles se sentirem prontos para receber sua bênção será o momento certo para eles a recebam. Só porque os irmãos mais velhos receberam a bênção patriarcal com 16 anos de idade não quer dizer que isso seja um padrão para a família. Seja paciente. Cada filho é único progride a seu próprio modo. Ensine-os desde a tenra idade que eles podem escolher, com base em sua própria revelação e sentimentos, quando receber a bênção patriarcal. Deixe que eles o procurem quando sentirem que estão prontos.

4. Apresente-os ao patriarca.

Sabemos que nos encontramos algumas vezes com o patriarca da estaca antes de receber a benção. Mas certifique-se de que ele não seja um estranho para seus filhos. Pelo menos mencione o nome dele algumas vezes ao conversarem. Fale sobre ele em sua casa e sobre qual é o papel dele na estaca. Quando você e seus filhos virem-no pelo corredor da capela, apresente-os a ele e conversem um pouco. Incentive seus filhos a fazer quaisquer perguntas que tenham sobre bênçãos patriarcais. Assim, seus filhos vão se sentir mais à vontade quando ele colocar as mãos na cabeça deles para conferir-lhes a bênção posteriormente. Ensine a seus filhos que o patriarca da estaca tem uma missão sagrada.

O Presidente James E. Faust disse o seguinte sobre os patriarcas:

“Os patriarcas têm o privilégio de transmitir bênçãos diretamente em vez de apenas solicitar bênçãos em favor do indivíduo, pois os patriarcas têm o direito de falar com autoridade pelo Senhor.” (“Bênçãos Patriarcais”, James E. Faust, New Era, 1982).

5. Ajude-os a refletir um pouco sobre a bênção patriarcal.

Incentive-os a pensar sobre o que eles esperam que o Senhor lhes diga na bênção. Ajude-os a vir com uma lista de perguntas para as quais eles gostariam de respostas. Ensine-os a orar sobre essas perguntas e estudar as escrituras diligentemente. Ajude-os a entender que quando queremos falar com Deus, oramos. Quando queremos que Deus fale conosco, lemos Sua palavra escrita e nossa bênção patriarcal.

6. Ensine-lhes o poder de jejum.

Muitos patriarcas jejuam antes ou durante a bênção. Ensine seus filhos que eles podem receber força espiritual extra e compreensão ao jejuarem. Jejuar por 24 horas antes ou durante a bênção pode deixá-los mais em sintonia com o Espírito. Assim eles estarão melhor preparados espiritualmente para ouvir o patriarca enquanto ele fala pelo Senhor. O jejum pode ser algo difícil para eles. Jejue com eles e ajude-os a entender a importância de abrir mão de algo que eles querem por algo melhor que o Senhor tem reservado para eles.

Escrito por Jenny Spencer e traduzido por Luciana Fiallo Alves

Fonte: www.LDSLiving.com