Como “Frozen” pode nos inspirar a fazer a história de nossa família

Quando pensamos em história da família, algumas coisas que podem vir a mente são, árvore familiar, indexação – e agora o filme da Disney ‘Frozen’.

Recentemente, o FamilySearch publicou um artigo que destaca a inspiração atrás de Frozen e dos ancestrais dos personagens principais do filme.

Apesar do reino mítico de Arendelle não existir fora do universo de Frozen, suas características são baseadas na paisagem, na cultura e nas pessoas da Noruega.

O FamilySearch faz algumas comparações entre Arrendelle e a Noruega, que podem nos dar vontade de descobrir se algum de nossos ancestrais são noruegueses.

A inspiração da paisagem e da arquitetura

O design do reino de Arendelle é baseado na cidade de Bergen, um grande porto no oeste da costa norueguesa.

Apesar do design de Arendelle ser da costa oeste, o nome é baseado em um porto da costa sul chamado Arendal, que significa “vale da águia”.

Até mesmo o castelo de Arendelle é baseado na Igreja Heddal, que foi desenhada no estilo viking.

A paisagem norueguesa consiste em fiordes, montanhas e florestas. Soa familiar? Muito da ação em Frozen se passa em uma terra que apresenta todas estas características.

Cultura e música tradicional

Uma grande parte das músicas vocais de Frozen, são baseadas na música do povo indígena da Noruega – bom, talvez não “Livre Estou”. Mas o FamilySearch aponta que até mesmo as músicas orquestradas usam elementos tradicionais das músicas nórdicas.

“O bukkehorn, instrumento feito a partir de chifre de carneiro ou cabra, e outros instrumentos regionais foram utilizados nas músicas do filme. O kulning, um tipo de canto tradicional escandinavo, também tem um papel importante na trilha sonora na sequência de Frozen.”

Você se lembra do vestido da Anna? Ele é  baseado nas roupas norueguesas chamadas de bunads, e também apresenta rosemaling (ou pintura de rosas), tradicional na decoração folclórica dos vales noruegueses, em sua estampa.

Na verdade, o rosemaling também pode ser visto ao longo dos filmes através da magia de gelo de Elsa, que tem o design inspirado nesta mesma tradição.

Assim como nas lendas norueguesas, os trolls também aparecem em Frozen. De acordo com a lenda, esses trolls se escondem nas montanhas, disfarçados de pedras durante o dia, e a noite causam estragos.

Os trolls não são os únicos personagens familiares de Frozen baseados na cultura norueguesa. Um dos personagens principais do filme é Sven, a rena de estimação de Kristoff.

Na tradição norueguesa, as pessoas têm pastoreado renas por séculos, e as renas podem ser vistas ao norte da Noruega.

Os detalhes que carregamos de nossos ancestrais

Ainda temos mais uma conexão. O povo nórdico, comumente chamados de vikings, se estabeleceu na Noruega por volta do século nove. Durante aquele tempo, os vikings criaram seu próprio alfabeto e um conjunto de símbolos conhecido hoje como runas.

Esses símbolos são vistos ao longo de Frozen. O FamilySearch fala que uma runa pode ser vista no pôster de Frozen II – o floco de neve de quatro pontas.

Esse design foi “baseado no vegvísir nórdico, um compasso que previne o usuário de se perder em uma tempestade, que reflete os temas do segundo filme”.

Da próxima vez que você estiver reunindo registros históricos, observe um pouco mais de perto para ver se você tem os mesmos ancestrais que a Anna e a Elsa.

Os ancestrais delas influenciaram sua história, e o FamilySearch nos encoraja a descobrir como os nossos ancestrais influenciam as nossas histórias.

Visite o familysearch.org e aprenda mais.

Fonte: LDSLiving

Relacionado:

Uma análise do filme “Viva”: Vida após a morte e família eternas

| Fortalecendo as Famílias

Comente

Seu endereço de e-mail não será divulgado. Os campos obrigatórios estão marcados com *