Tem diferença entre templos e capelas?

Para essa pergunta, nossa resposta é: sim, existe. Templos e capelas não são a mesma coisa. As capelas funcionam como lugares de preparação para que possamos entrar no templo. A capela é onde se aprende sobre os convênios que fazemos nos templos, convênios são acordos entre nós e nosso Pai Celestial. Leia a seguir um pouco mais sobre essas diferenças:

Templos

Templos e capelas são diferentes. Templo de campinas

Templo de Campinas – SP

 Os templos são considerados lugares sagrados. A construção de templos, não é algo recente, não é algo que os líderes da Igreja inventaram e sim, é um mandamento do Senhor. Similar aos templos da Bíblia, hoje também temos templos por todo o mundo. O templo é literalmente, como sempre foi no decorrer da história, a “Casa do Senhor” (ver I Reis 6:1, 37). O propósito principal do templo é propiciar um local dedicado onde ordenanças sagradas necessárias para a vida eterna possam ser realizadas. Por causa de sua natureza sagrada, a frequência ao templo é limitada aos membros da Igreja que obedecem aos mandamentos de Deus e, portanto são dignos de entrar lá.
Ao contrário do que podemos ler e ouvir, os templos não têm natureza secreta e sim sagrada. Assim como um membro da Igreja não possui tanto conhecimento sobre uma cerimônia muçulmana e não é convidado a participar de todas elas, somente os membros preparados estão aptos a adentrar um templo.

Capelas

capela

Exemplo de uma capela

Já as nossas capelas são lugares públicos preparados para a adoração onde os membros da Igreja e os visitantes se reúnem para orar, estudar as escrituras e aprender continuamente sobre suas responsabilidades como filhos de Deus. Nas capelas, temos atividades regularmente, palestras, eventos e todos abertos ao público. Para localizar uma capela mais próxima de você, a Igreja disponibiliza um site de busca.   

E para procurar por um templo mais próximo ou ver fotos de todos os templos pelo mundo, você pode visitar o site oficial da igreja.

Quando encontrar uma capela, lembre-se: visitantes são bem vindos! E você pode desfrutar também a alegria de caminhar pelos jardins dos templos.