Você sabe qual é o propósito da vida? Conheça 2 perspectivas diferentes

Na semana passada, resolvi procurar por “qual é o propósito da vida” no Google. Surpreendentemente – ou nem tanto – recebi 244 milhões de resultados em menos de meio segundo.

Os primeiros 15 resultados falavam sobre o propósito que cada pessoa estabelece ou encontra para a própria vida, e nenhuma das respostas das 5 primeiras páginas era igual a outra. Cada site falava uma coisa diferente.

Então, para esclarecer tantas respostas diferentes, pensamos em separar esse propósito em duas partes: coletivo e individual.

Também pode ser interessante: Você entende o propósito da criação da Terra?

Qual é o propósito da vida?

O propósito de Deus para Seus filhos

Nascer em uma época específica aqui na Terra faz parte do plano de nosso Pai Celestial para os Seus filhos. 

Antes de virmos para esta Terra, éramos espíritos e tínhamos conhecimento de Deus, Jesus Cristo e o Plano de Salvação. Quando saímos de Sua presença, passamos pelo véu do esquecimento – deixando esse conhecimento completo de lado – para podermos ter a oportunidade de sermos testados durante a nossa vida na Terra e para viver por meio de nossa fé.

Viemos para cá com o propósito de aprender e progredir, a fim de nos preparar para voltar à presença de Deus no futuro, melhores do que saímos (Alma 34:32).

Para cumprir com esse propósito de Deus para nossas vidas precisamos fazer algumas coisinhas. Segundo a revista A Liahona, “Para passar no teste mortal, precisamos arrepender-nos de nossos pecados, receber as ordenanças essenciais, fazer e cumprir convênios com Deus e perseverar em retidão até o fim. Mas o Senhor não Se preocupa apenas com o que faremos nesta vida; Ele Se importa profundamente com quem somos e com o que nos tornaremos.”

Relacionado: Saber que somos filhos de Deus melhora a vida em cinco aspectos

E como nosso Pai sabia que essa vida na Terra não seria fácil, Ele nos enviou ajuda: Jesus Cristo.

Por meio da Expiação de Jesus Cristo, podemos nos arrepender de nossos pecados e ser verdadeiramente perdoados. Por meio dos ensinamentos de Jesus Cristo podemos aprender sobre as ordenanças essenciais e também por meio do Sacerdócio podemos realizar essas ordenanças.

Para ter forças, incentivo e ânimo para continuar fiéis até o fim, temos a Graça de Cristo, além da oração, Suas palavras (nas escrituras sagradas) e a voz de Seus profetas.

Enfim, não é a toa que o Salvador declarou: “Eu sou o caminho, e a verdade, e a vida. Ninguém vem ao Pai, senão por mim” (João 14:6).

O propósito de cada pessoa

Até agora, descobrimos que o nosso grande propósito nessa vida é o de nos preparar para encontrar com Deus, mas será que além desse propósito mais geral, temos algum objetivo específico? Algo relacionado somente a uma pessoa?

Na Pérola de Grande Valor, Abraão relata sobre a vida antes de virmos para a Terra:

“E Deus viu que essas almas eram boas; e ele estava no meio delas e disse: A estes farei meus governantes; pois ele se encontrava entre aqueles que eram espíritos, e viu que eles eram bons; e disse-me: Abraão, tu és um deles; foste escolhido antes de nasceres” (Abraão 3:23).

Por meio da escritura, podemos entender que sim, algumas pessoas recebem certos “propósitos específicos” que vão além de se preparar para encontrarem com Deus. No caso, Abraão foi escolhido por Deus para ser um profeta antes de nascer.

De uma maneira semelhante, muitos de nós recebemos “propósitos específicos” nesta vida, e que estão intrinsecamente ligados aos nossos dons e talentos.

Cada filho de Deus recebeu um dom ou um talento especial – sim, você recebeu um sim! Não diga que não tem talentos, porque você tem! (ver D&C 46) – e esses talentos foram dados a cada pessoa por uma razão, que pode incluir influenciar e ajudar outros filhos de Deus, abençoar, iluminar, alegrar, cuidar, proteger, valorizar e muitas outras coisas.

E temos o dever de desenvolver esses dons e talentos, assim como Jesus Cristo nos ensinou com a Parábola dos Talentos, em Mateus 25, para que possamos servir ao nosso próximo e abençoar não só a vida deles, mas também a nossa própria.

Assim, precisamos trabalhar para descobrir nossos talentos e buscar a orientação de nosso Pai Celestial (já que foi Ele que nos deu esse talento) para entendermos como usá-los para nos tornamos quem Ele deseja que nos tornemos.

Como alcançar nosso propósito na Terra?

Saber o que precisamos fazer até que é fácil, mas como poderemos executar nossos planos?

Já falamos do grande poder de Jesus Cristo e de como Ele nos deu o exemplo de todas as coisas. Podemos atingir nosso objetivo como filhos de Deus por meio de Seus ensinamentos e por meio de Seu exemplo perfeito. Além disso, também contamos com Sua ajuda divina, que nos capacita sempre que precisamos, a graça.

Segundo os Tópicos do Evangelho

“A graça de Deus nos ajuda todos os dias. Ela nos fortalece para que façamos boas obras que não poderíamos fazer por nós mesmos. O Senhor prometeu que, se nos humilharmos perante Ele e tivermos fé Nele, Sua graça nos ajudará a vencer todas as nossas fraquezas pessoais”.

Podemos ter acesso a esse poder sempre! Não só depois de passarmos por desafios, mas durante o perrengue que estamos vivendo.

Afinal, “a graça de Deus é nossa grande e eterna esperança” (Dieter F. Uchtdorf – “O Dom da Graça”, Conferência Geral, abril de 2015.). 

Agora que você entendeu o propósito da vida, existe algo que você mudaria? Compartilhe com a gente!

| Para refletir, Popular
Publicado por: Marie Sunaga
Tradutora e intérprete e estudante de Letras na PUC-PR. Trabalhou como instrutora e supervisora no Centro de Treinamento Missionário. Fez missão em Manaus - Brasil, ama ler, tocar violão e comer sushi. É a gerente de conteúdo do time português na More Good Foundation.
AO VIVO | Cara a Cara para Jovens Adultos com o Élder Bednar
11 de setembro: 20 anos após o ataque terrorista e as histórias dos...

Comente

Seu endereço de e-mail não será divulgado. Os campos obrigatórios estão marcados com *