Em Apocalipse 2:17, João, o Teólogo, em uma epístola direcionada a um dos ramos da Igreja da sua época menciona uma promessa especial aos que forem salvos no Reino Celestial de Deus:

Quem tem ouvidos, ouça o que o Espírito diz às igrejas: Ao que vencer darei eu a comer do maná escondido, e dar-lhe-ei uma pedra branca, e na pedra um novo nome escrito, o qual ninguém conhece senão aquele que o recebe. (Apocalipse 2:17)

Doutrina e Convênios 130:9-11 esclarece a passagem:

“Esta Terra, em seu estado santificado e imortal, será transformada como em cristal e será um Urim e Tumim para os seus habitantes, pelo qual todas as coisas pertencentes a um reino inferior ou a todos os reinos de uma ordem inferior manifestar-se-ão àqueles que nela habitam; e esta Terra será de Cristo.

Então a pedra branca, mencionada em Apocalipse 2:17, tornar-se-á um Urim e Tumim para toda pessoa que receber uma; e por ela tornar-se-ão conhecidas as coisas pertencentes a uma ordem superior de reinos;

E é dada uma pedra branca a cada um dos que entram no reino celestial, na qual está escrito um novo nome que ninguém conhece, a não ser aquele que o recebe. “O novo nome é a palavra-chave.”

Essa escritura interessante abre nossa visão para acontecimentos e ensinamentos maiores e mais gloriosos do que dispomos agora. Todavia, de acordo com os registros que temos, inclusive as palavras dos profetas modernos, sabemos que aqueles que herdarem a Vida Eterna, viverão nesta Terra, pois ela será transformada num mundo Celestial (D&C 29:22-29; 88:110-115). Sabemos também que o próprio Pai visitará este mundo e o santificará com sua presença (D&C 88:17-20). O planeta será então como um grande Urim e Tumim para os santificados.

Essas duas pedras, que em Hebraico significam “luzes e perfeições” (GEE “Urim e Tumim”), foram usadas pelos profetas antigos e modernos. Sua função principal era facilitar a revelação (Abraão 3:1, 4), especialmente quando se tratava de traduzir textos antigos (Mosias 8:13).

Quando o planeta se tornar um grande Urim e Tumim todos os seres celestiais terão conhecimento sobre os reinos inferiores, isto é, contemplarão os reinos Terrestriais e Telestiais, e outros, pois não há espaço sem que não haja reino (D&C 88:37).

Quando isso acontecer, os que estiverem no Reino Celestial receberão um objeto: uma “pedra branca”. Essa pedra será pessoal e intransferível e parece ser o instrumento pelo qual parte do aprendizado, dos que entrarem na Vida Eterna, se dará. Não sabemos no que consiste essa “pedra” e é inútil especular, pois não parece ter sido a intenção de João e do Senhor dar muitos detalhes a respeito. Todavia, o fato da pedra ser branca simboliza certamente pureza, beleza e divindade. Pode ser considerada um Urim e Tumim pessoal.

O Novo Nome

Visto que os filhos de Deus terão muito à aprender e fazer quando adentrarem no Reino Celestial para atingirem a perfeição, “a pedra branca” será essencial para cumprirem o mandamento de se tornarem perfeitos como o Pai e o Filho (Mateus 5:48). Esse objeto sagrado possuirá um nome secreto, ou uma senha. Ele é “um novo nome”. Não é o nome que tínhamos na pré-mortalidade e que recebemos na mortalidade de nossos pais, portanto.

Podemos recordar que Deus muitas vezes deu um novo nome à seus servos. Por exemplo, Ele mudou o nome de Abrão para Abraão (Gênesis 17:5) e o de Jacó para Israel (Gênesis 32:27-28). O nome tratado em Apocalipse, porém, é mais que um chamamento ou denominação, é uma concessão divina para propósitos específicos e sagrados e é também sinal de eleição. Em Isaías aprendemos que Deus “a seus servos chamará por outro nome” (Isaías 65:15), e que quando Sião for redimida a “boca do Senhor designará” um “nome novo” (Isaías 62:2).

A doutrina do novo nome é um mistério de Deus, e, portanto, é dada a muitos, mas é-lhes absolutamente proibido divulgá-la (Alma 12:9). Aqueles que desejarem aprender mais sobre esta doutrina sagrada devem pagar o preço com fé, humilde e serviço. No devido tempo, o Senhor recompensará seus discipulos com grande conhecimento.

Em um lugar sagrado, mais deste conhecimento pode ser obtido.

Você tem alguma pergunta sobre o Evangelho? Envie pra gente!