Sabe aquelas frases, provérbios e observações filosóficas que tendem a surgir quando alguém está passando por uma provação?

Só porque as ouvimos o tempo todo não quer dizer que estão fundamentadas em doutrina verdadeira. Na verdade, algumas vão contra o que acreditamos. Aqui estão oito mentiras sobre as quais devemos pensar duas vezes.

1. Tudo acontece por uma razão

Tem certeza? Esta é uma daquelas frases que cortam coração de nossos amigos que estão de luto ou em estado de choque porque algo terrível aconteceu. A frase é “nada acontece por acaso”.

Eis uma verdade do falecido profeta Thomas Monson:

“Existe um poder celeste acima de todas as coisas. Em geral quando as coisas acontecem, não é por fruto do acaso. Um dia, quando olharmos para trás e virmos as aparentes coincidências de nossa vida, perceberemos que não foram exatamente por casualidade que ocorreram”. —Thomas S. Monson

A VERDADE: Deus está no comando. Ele permite que a natureza e o arbítrio de seus filhos moldem os eventos na mortalidade, mas faz tudo para que o plano de salvação seja bem-sucedido eternamente. Ele irá intervir pessoalmente de acordo com Sua perfeita sabedoria e a Seu tempo quando Seus filhos buscarem-No, contanto que Seu plano não seja frustrado.

a morte, a graça

2. Se eu for justo, o Espírito Santo irá avisar-me do perigo

Não há nada de errado com você, se não receber um aviso quando passar o sinal de pare ou quando seu filho saiu pela porta dos fundos para aprontar. Cada situação é diferente. A verdade sobre o Espírito Santo é que…

Alguns, Ele avisa. Alguns Ele consola.

A VERDADE: Os caminhos de Deus são mais elevados do que os nossos. Por meio da oração e do estudo das escrituras é possível discernir quando Ele age em nossa vida. Você pode não ser advertido, mas pode encontrar o consolo específico de que precisa.

aprender

3. Deus me deu esta provação para ensinar-me algo

Toda provação é um instrumento de ensino para o Senhor. Contudo, como vimos no número 1, Deus pode não ter infligido a provação de propósito para testar você. A vida é um teste simplesmente por causa da natureza deste mundo telestial e do arbítrio dos outros. As provações parecem ainda piores se nos tornamos espiritualmente confusos. Quando isso acontece, as provações financeiras, de saúde, emprego e relacionamentos tornam-se também provações espirituais.

A VERDADE: Ao buscar a ajuda de Deus durante as muitas provações da mortalidade, podemos aprender e crescer.

encontrar a verdade

4. Deus não vai dar a você mais do que consegue aguentar

Meia verdade. A natureza e o mundo podem dar mais do que você pode aguentar, mesmo coisas que podem fazer você afundar. A promessa de que sempre seremos capazes de superar é feita para aqueles que buscam a Deus em épocas de provação.

Por meio Dele, podemos e vamos superar.

Há uma escritura sobre isso:

Aquele, pois, que cuida estar em pé, olhe não caia.

Não veio sobre vós tentação, senão humana; mas fiel é Deus, que não vos deixará tentar acima do que podeis, antes com a tentação dará também o escape, para que a possais suportar (I Coríntios 10:12, 13).

A VERDADE: É de grande valia espiritual chegar ao ponto onde não podemos lidar com as nossas provações sozinhos. Conseguimos pedir socorro despojando-nos assim do ego e do orgulho. Nesse ponto, nós somos totalmente dependentes do Senhor. Ele prometeu nos salvar.

Homem pensando

5. Deus me fez assim e Ele não comete erros

É verdade que Deus não comete erros, mas Deus não é o criador do seu corpo, é o criador do seu espírito. Você é um ser espiritual tendo uma experiência terrena. Seu corpo é da terra. A natureza comete milhões de “erros” todos os dias. Alguns desses “erros” são afortunados, alguns não muito.

O Élder Bednar disse:

Como filhos e filhas de Deus, herdamos Dele capacidades divinas. Mas neste momento vivemos num mundo decaído. Os próprios elementos dos quais nosso corpo foi criado são por natureza decaídos e estão sempre sujeitos à atração do pecado, da corrupção e da morte. Consequentemente, a Queda de Adão e suas consequências espirituais e temporais nos afetam mais diretamente por intermédio de nosso corpo físico. No entanto, somos seres duais, porque o nosso espírito é a nossa parte eterna contida no tabernáculo de um corpo físico que está sujeito à Queda. Como Jesus salientou para o Apóstolo Pedro: “Na verdade, o espírito está pronto, mas a carne é fraca” (Mateus 26:41).

Em muitos casos, achamos que na pré-existência foram dadas a nós provações particulares durante a mortalidade e nós aceitamos o desafio.

A VERDADE: A mortalidade tanto inflige muitas coisas como nos abençoa com muitas coisas também. Deus conhece intimamente o pacote que recebemos na mortalidade e orienta-nos de modo individual por meio dos desafios que enfrentamos. Ao invés de ficar na defensiva sobre nosso pacote particular, precisamos buscar a Deus e apresentar nossas preocupações.

6. Deus sabe o seu nome

Bem, é óbvio que Ele sabe.

Ele sabia o seu nome na pré-existência e sabe qual será o seu nome celestial também.

A verdade é que Deus sabe o seu nome. Ele também sabe o nome que os seus pais estavam considerando antes de você nascer. Ele sabe por que seus pais escolheram o nome que deram a você. Ele sabe que você era na vida pré-mortal e quem tem o potencial de ser se viver de acordo com os convênios eu fez e com sua preordenação.

Segurando a Biblia

7. Os milagres só acontecem por meio da autoridade do sacerdócio

Este é um equívoco que é fácil de observar. Os santos dos últimos dias veem milagres que muitas vezes acontecem por intermédio de bênçãos do sacerdócio e podem presumir que, sem o poder da autoridade do sacerdócio, eles não acontecem. Estamos dando pouca atenção para a magnanimidade de Deus (que ama todos os Seus filhos) e para o poder da fé.

A VERDADE: Orações são feitas a Deus em todas as horas de cada dia. Ele ouve a todas elas e responde segundo a Sua perfeita sabedoria e amor de uma forma que faz com que Seus filhos se aproximem Dele.

casar

8. Perdão significa amar seus inimigos

O que significa amar os seus inimigos? Se significa eu você quer que seu inimigo encontre a verdadeira felicidade, então está ótimo. Mas se acha que deve trazer seu inimigo para seu círculo de amigos mais próximos como parte do perdão, então pense duas vezes.

A VERDADE: Em muitos casos, é melhor perdoar e manter distância, mesmo uma grande distância, entre você e a pessoa que o machucou. Decidir qual opção é a melhor requer oração e orientação espiritual, mas a escolha segura provavelmente será ratificada por Seu Pai Celeste.

Fonte: MormonHub

Relacionado:

11 discursos que mudaram a minha vida (e espero que sejam úteis a você)