Élder Tad R. Callister: Em meio à COVID-19, otimismo acresce combustível ao fogo da fé

Os últimos oito meses têm sido desafiadores para todos. Estamos passando por uma situação inesperada de pandemia em conjunto com todos os outros problemas e desafios que já vivenciávamos.

Além de todas as perdas, restrições e adaptações geradas pela COVID-19, também lidamos com depressão, ansiedade, luto, desemprego, desastres naturais, e tantos outros problemas que nos desanimam.

Vamos refletir sobre a seguinte pergunta feita pelo Élder Tad. R. Callister: “Podemos ser otimistas em meio à turbulência?”

Nas escrituras aprendemos através dos exemplos de santos fiéis que apesar de parecer impossível, podemos ser otimistas e esperar pelo melhor.

Aprendemos com Paulo que “Deus não nos deu o espírito de temor, mas de fortaleza, e de amor, e de moderação”.

Por mais de dois meses Joseph ficou preso e isolado na Cadeia de Liberty, em meio ao seu desespero, lamentou junto ao Senhor e aprendeu que aquele era um breve momento e que ao perseverar triunfaria sobre os seus inimigos.

Há um pouco mais de 11 anos, o presidente Thomas S. Monson ensinou que nosso “futuro é tão brilhante quando [nossa] fé”.

“Ninguém passa pela vida sem problemas e desafios, e mesmo tragédias e infortúnios. Afinal, em grande parte, estamos aqui para aprender e crescer por meio desses acontecimentos em nossa vida. Sabemos que há momentos em que teremos sofrimento, pesar e tristeza. Contudo, foi-nos dito: “Adão caiu para que os homens existissem; e os homens existem para que tenham alegria.”

O próprio Jesus Cristo passou por momentos muito turbulentos durante os dias que antecederam a Expiação, e ao ver o temor e medo nos olhos de seus amados seguidores, Ele ensinou: “no mundo tereis aflição, mas tende bom ânimo, eu venci o mundo”.

Ao refletir sobre o otimismo o Élder Callister ensina:

“O otimismo pode não ser o equivalente à fé, mas certamente é um trampolim na direção certa. De fato, é tanto um componente necessário de fé quanto um fruto da fé. É uma evidência poderosa de nossa fé em Jesus Cristo e em Seu poder para nos curar e salvar, mesmo que nossas provações pareçam momentaneamente insuportáveis.”

“O otimismo acresce combustível ao fogo da fé, por outro lado, o negativismo é como água sobre suas chamas. O negativismo e o pessimismo são territórios de Satanás; o positivismo e o otimismo são os territórios de Deus.

O otimismo é um raio de luz no que poderia ser um mundo escuro. É um reflexo das palavras do Salvador: “Eu sou a luz do mundo”.

Que possamos ser otimistas mesmo quando tudo parece estar errado. O otimismo fortalece nossa fé, e por meio de nossa fé em Cristo recuperamos nossas forças e seguimos em frente na esperança de dias melhores.

Fonte: Church News

| Para refletir

Comente

Seu endereço de e-mail não será divulgado. Os campos obrigatórios estão marcados com *