Compatibilidade e casamento eterno: Se você buscar a Deus, Ele o guiará até a pessoa certa

Nota do editor: Os pontos de vista, informações ou opiniões expressas neste artigo pertencem exclusivamente ao autor. Os leitores devem considerar cada situação individualmente. Este conteúdo não substitui o aconselhamento de um profissional.

Pergunta

Sou solteira e estou conhecendo algumas pessoas para tentar encontrar meu parceiro eterno. Minha pergunta é: o que significa ser compatível com alguém? E como posso saber se encontrei meu companheiro eterno?

Resposta

Esta é uma pergunta muito importante. Muitas pessoas pensam que “compatibilidade” tem a ver com “igualdade” ou com o quanto se tem em comum. Elas sempre enfatizam como é importante ter os mesmos gostos musicais, os mesmos hobbies, os mesmos filmes favoritos, etc.

Em alguns casos, a “igualdade” realmente leva a relacionamentos íntimos e felizes. Minha prima é casada com um homem incrivelmente semelhante a ela em personalidade e temperamento. Porém, também vi casais se separarem, apesar de serem muito parecidos.

A compatibilidade no sucesso e fracasso de um relacionamento

Para mim, compatibilidade não é necessariamente uma questão de igualdade. É sobre como eles combinam bem apesar das diferenças, como arroz e feijão.

Como terapeuta de casais, observei que a diferença entre os casais bem-sucedidos e os que fracassam não está em quão semelhantes eles são.

O sucesso de um casal está em quão bem eles se completam, trabalham juntos, apreciam suas semelhanças, respeitam suas diferenças e como estão dispostos a crescer juntos.

Para algumas pessoas, a “compatibilidade” significa encontrar alguém semelhante a você. Para os outras, significa encontrar alguém que o respeite o suficiente para não tentar controlá-lo ou obrigá-lo a mudar quem você é.

Não devemos nos sentir pressionados a mudar nossa personalidade, preferências e interesses apenas para agradar a outra pessoa.

4 áreas importantes onde deve haver compatibilidade em seu relacionamento

Em seu livro, “How to Avoid Falling in Love with a Jerk”, o Dr. John Van Epp explica que a “igualdade” é importante, mas em algumas áreas-chave. Por exemplo:

  1. Moralidade.
  2. Crenças religiosas: embora alguns casais com diferentes crenças consigam fazer com que seu relacionamento dê certo através do respeito um pelo outro.
  3. Metas financeiras.
  4. Valores familiares.

Embora você deva compartilhar alguns interesses e paixões com seu companheiro para que possam apreciá-los como casal, não importa se gostam das mesmas coisas, isto é apenas uma vantagem.

A compatibilidade de acordo com a perspectiva do Evangelho

De acordo com a perspectiva do evangelho, o que é compatibilidade? Em Doutrina e Convênios, o Senhor descreve um princípio que pode muito bem se aplicar ao namoro e compatibilidade:

“Pois a inteligência apega-se à inteligência; a sabedoria recebe a sabedoria; a verdade abraça a verdade; a virtude ama a virtude; a luz se apega à luz” (D&C 88:40).

Seja o tipo de pessoa que você deseja atrair. Se você quer alguém educado, procure uma educação. Se você quer alguém virtuoso, seja virtuoso. Se você deseja alguém que seja bom, fiel e justo, você também deve possuir essas qualidades.

A compatibilidade significa que você e seu companheiro podem seguir no mesmo ritmo.

Se você precisar fazer mudanças em sua vida para ser quem gostaria de ser e atrair certo tipo de pessoa, a Expiação de Jesus Cristo tornará essas mudanças possíveis.

Quando você sai em encontros, lembre-se…

Quando você está namorando alguém e quer saber se essa pessoa é realmente uma boa opção para você, certifique-se de conhecer essa pessoa de verdade.

Isso leva tempo, requer conversa e interação em um mesmo espaço. Você precisa ver essa pessoa em diferentes contextos. Você precisa comparar o que acha que sabe sobre essa pessoa com o que vê. É necessário orar. Além disso, você precisa seguir o que deseja em seu coração, mente e alma.

O Élder Richard G. Scott disse:

“Enquanto você procura um companheiro eterno, procure alguém que esteja desenvolvendo as qualidades indispensáveis à felicidade: o amor profundo pelo Senhor e Seus mandamentos, a determinação de viver de acordo com eles, a compreensão, a capacidade de perdoar os outros, a disposição de doar-se de si mesmo, o desejo de ter uma família abençoada com filhos e o compromisso de ensinar-lhes os princípios da verdade no lar”.

Espero que isso tenha ajudado. O que você acha da importância da compatibilidade em um relacionamento?

Fonte: LDS Living

| Para refletir

Comente

Seu endereço de e-mail não será divulgado. Os campos obrigatórios estão marcados com *