Como sei se recebi uma revelação do Espírito ou se é uma ideia minha?

O espírito de revelação pode ser difícil de entender, especialmente quando a ansiedade entra no caminho.

Como podemos saber se inventamos uma resposta ou se na verdade recebemos uma revelação de Deus? O Espírito está advertindo você ou é a sua ansiedade que está no caminho?

Esses dias vi um vídeo no Deseret Book sobre este tema. O segmente se chamava, “Perguntas reais: Revelação pessoal”. Este segmento procura descobrir como buscar a revelação pessoal na vida diária. O público faz perguntas e os profissionais Santos dos Últimos Dias, como terapeutas, ajudam a respondê-las.

No segmento, Aliah Hall, terapeuta de casais e familiar, falou sobre a importância de reconhecer como o Espírito se comunica conosco para que possamos ter um relacionamento mais próximo do Pai Celestial.

“O Pai Celestial nos contará o que está acontecendo conosco agora. É muito voltado para o presente. É muito específico e tem um foco muito estreito”.

“Por outro lado, a ansiedade é geral e quanto mais você pensa, mais se preocupa. Quanto ao Espírito, quanto mais você o aceita, mais calmo se sente”.

“O Espírito fala de maneiras diferentes para todas as pessoas. Portanto, parte da nossa jornada aqui na Terra é descobrir como o Espírito se comunica conosco.”

“No que diz respeito à ansiedade… aquela parte do nosso cérebro que desliga… está tentando nos manter seguros. Não está tentando nos fazer avançar.”

Aliah Hall disse que estar atento e manter nosso corpo calmo, pode ser útil para receber revelações e nos comunicarmos com Deus.

“Se você está muito ansioso com as decisões que tem de tomar ou com as grandes escolhas que estão por vir, você deve acalmar o corpo e a mente.”

“A consciência plena será de grande ajuda. Não é como a meditação, em que você tenta esvaziar a mente, mas se concentra no batimento cardíaco, na respiração. Respire mais devagar, desacelere o batimento cardíaco, acalme o corpo e a mente para que todo aquele barulho, toda a estática possa ser amenizada e, assim, a voz do Senhor seja ouvida com mais clareza.”

Carrie Skarda, membro da Igreja e psicóloga clínica com uma carreira de mais de 20 anos, falou sobre como encontrar o espaço físico, espiritual e emocional para receber revelações neste mundo caótico, especialmente durante a pandemia.

Em vez de tentar controlar o caos, Skarda sugere que aprendamos a “ser menos reativos ao caos”.

Ela contou a história da mulher no Novo Testamento que estendeu a mão para tocar o manto do Salvador quando Ele estava perto.

“Ele presta muita atenção ao Seu corpo e embora coisas muito importantes estejam acontecendo ao seu redor e uma grande multidão o rodeie, Ele percebe que alguém tocou a barra de Seu manto.”

“Ele muda de direção, se dirige à mulher que tocou seu manto e está presente naquele momento com ela.”

“Tento manter este exemplo de Cristo em minha mente, recebendo revelação no momento, embora eu tenha outras tarefas importantes a fazer e pessoas me pressionando.”

“Parte do que Ele fez foi prestar muita atenção ao seu corpo. Eu também tento prestar muita atenção ao meu corpo. Quando estou muito nervosa e com raiva, tento me concentrar em meu corpo para estar mais disposta a receber a revelação que o Pai Celestial me dá e reagir menos ao caos ao meu redor.”

O escritor Santo dos Últimos Dias, Michael Wilcox também participou do segmento. Ele abordou a questão de como saber se você recebeu revelação de Deus ou se é uma ideia sua.

“Às vezes, a palavra ‘revelação’ pode ser um pouco assustadora porque pensamos que é algo que os profetas e apóstolos recebem. Portanto, pensar nisso como ‘inspiração’ ou ‘impressão’ pode ser útil.”

“Também é importante lembrar que está tudo bem se cometermos erros quando se trata de receber revelação.”

“Aprendemos e crescemos como em tudo na vida. Faremos melhor em alguns momentos do que em outros. Portanto, temos que relaxar um pouco e perceber que estamos aprendendo e crescendo.”

“É provável que cometamos erros e isso não é errado, desde que tentemos fazer a coisa certa: orar, meditar, jejuar. Deus honrará nossos esforços.”

Fonte: LDS Living

Relacionado:

Apóstolo compartilha três coisas que podem nos impedir de receber revelação

| Para refletir

Comente

Seu endereço de e-mail não será divulgado. Os campos obrigatórios estão marcados com *