Racismo em Charlottesville, EUA

A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias publicou a seguinte declaração no domingo, dia 13 de agosto de 2017:

É com grande tristeza e profunda preocupação que temos acompanhado os casos de violência, conflito e tragédia nestes últimos dias em Charlottesville, Virginia. Pessoas de qualquer fé, ou de nenhuma fé, devem se sentir perturbadas por causa do aumento de intolerância tanto na palavra quando em ações que temos visto em todo o lugar.

Mais de uma década atrás, o presidente da Igreja na época, Gordon B. Hinckley (1910 – 2008) abordou o tema racismo ao falar com membros de A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias. Ele ensinou este princípio de maneira clara e poderosa:

“Nenhuma pessoa que faça comentários depreciativos a respeito de outras raças pode considerar-se um verdadeiro discípulo de Cristo; nem tampouco pode achar que está agindo de acordo com os ensinamentos da Igreja de Cristo.”

Para membros da Igreja, nós reafirmamos estes ensinamentos hoje e a admoestação do Salvador de amar o nosso próximo.

Nossas orações estão com aqueles que sofrem por causa da intolerância e ódio. Nós oramos por paz e por entendimento. Acima de tudo, nós oramos que possamos tratar uns aos outros com maior gentileza, compaixão e bondade.

Tradução Livre – Fonte: Mormon Newsroom