“Esta é uma cena que eu lembrarei para sempre,” disse Presidente Russell M. Nelson de A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias, durante uma visita a Harare, no Zimbábue na terça-feira, dia 17 de abril de 2018

Mais de 4 mil pessoas se reuniram para ouvir o Presidente Nelson falar, incluindo centenas de crianças que, no começo da reunião, cantaram um verso de “Sou um Filho de Deus,” uma música popular da organização da Primária.

Presidente Nelson disse:

“As crianças são preciosas e eu as amo. Ajudem-nas a entender sobre o Filho de Deus, o Senhor Jesus Cristo, a orar ao Pai Celestial, a entender a razão pela qual nós partilhamos do sacramento no Dia do Senhor e ajudem-nas a entender sobre os profetas. Eu gostaria de sugerir que vocês leiam as escrituras com suas crianças. Espero que ensinem as crianças a ser bons cidadãos deste belo país.”

Ele discursou em um devocional que foi transmitido para congregações em todo o país. Esta é a segunda parada em sua viagem pela África e o quarto destino em sua viagem de ministério pelo mundo. Na segunda-feira, Presidente Nelson estava em Nairóbi, capital do Quênia.

Ele estava acompanhado de sua esposa, Wendy, e do Élder Jeffrey R. Holland, do Quórum dos Doze Apóstolos, e sua esposa Patricia Holland.

Os membros fiéis

Os membros começaram a chegar às 8h da manhã para o devocional que estava agendado para às 5h da tarde.

“Isto mostra que todos estão prontos e não querem perder esse evento histórico,” disse Gibson Guzha of Harare.

Pretty Mukweya disse:

“Nem consegui dormir, não consigo expressar minha animação. Mal posso esperar.”

Lovemore Tenganani acrescentou:

“Eu estou muito animado porque quando um profeta visita uma nação, coisas melhores começam a acontecer. A maioria de nós nunca teve a oportunidade de ver a benção de um profeta em nossa nação.”

Como profetas e apóstolos do Senhor Jesus Cristo, esses líderes são testemunhas do Salvador e viajam pelo mundo para fortalecer os membros da Igreja.

Élder Holland

Élder Holland reconheceu o crescimento rápido da Igreja no Zimbábue:

“Que crescimento dramático e maravilhoso. Que componente maravilhoso vocês são desta Igreja. A Igreja restaurada de Jesus Cristo. Sua história apenas começou, e a história da Igreja apenas começou em termos do que ela ainda vai se tornar. Eu estou animado por estar com vocês, observando a história.”

Sam Phiri, que trabalha para o jornal Times of Zâmbia no país da Zâmbia, que fica 400 quilômetros de distância, disse:

“Hoje tive a oportunidade de ver como vocês adoram. Vi pessoalmente o presidente, falei com ele brevemente e na verdade entendi o que a Igreja prega e acredito que isso seja muito bom.”

Phiri ficou impressionado sobre a mensagem do profeta para os pais cuidarem de suas crianças:

“Hoje em dia nós vemos muito abuso de álcool, drogas, e outras substâncias. Vemos também o uso de linguajar obsceno entre os jovens. Esta gentil mensagem foi muito importante porque o futuro está nas mãos de nossos jovens.”

Viagem de ministério pelo mundo

A viagem global, onde Presidente Nelson têm ministrado em diversos países acontece de 10 a 23 de abril de 2018. Os líderes da Igreja estão visitando oito cidades em 11 dias na Europa, África e Ásia.

Outros destinos incluem Bengaluru, na Índia; Bangkok, Tailândia; Hong Kong, China; e Honolulu, Havaí, Estados Unidos.

Igreja global

A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias, que tem sua sede em Salt Lake City, Utah, tem mais de 16 milhões de membros em todo o mundo. A igreja está crescendo na África, onde existem cerca de 540.000 santos dos últimos dias.

Aproximadamente 32.000 santos dos último dia vivem no Zimbábue e frequentam 79 congregações. O país é um dos países mais cristãos do continente africano. A obra missionária começou no que era a Rodésia do Sul em 1930.

A Igreja tem 159 templos em todo o mundo, com 30 outros anunciados ou em construção. Presidente Thomas S. Monson anunciou planos para construir um templo em Harare, Zimbábue, na Conferência Geral de abril de 2016.

“Eu não sei quando será finalizado,” disse o Presidente Nelson. “Vocês merecem um templo aqui em Harare porque é no templo onde nós obtemos as maiores de todas as bênçãos que Deus pode dar a Seus filhos fiéis. Eu quero estar aqui para ver isso acontecer.”

Lovemore Tenganani é um de muitos santos que estão esperando ansiosos pelo novo templo. “Estamos muito animados e otimistas que as coisas vão mudar para melhor em Zimbábue, especialmente agora que teremos um templo nesta nação.”

Existem três templos em funcionamento na África (Aba, Nigéria; Acra, Gana; e Joanesburgo, África do Sul), dois em construção (Kinshasa, República Democrática do Congo e Durban, África do Sul) e outros dois anunciados depois do templo de Nairobi (Abidjan, Costa do Marfim e Harare, Zimbábue), com um total de oito templos na África.

Fonte: Mórmon Newsroom

Relacionado:

Presidente Russel M. Nelson chega ao Quênia, na África