Templo de Fortaleza passa para a Fase 2-B da reabertura gradual

Desde maio de 2020, os templos de A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias contam com um processo de reabertura gradual por conta das consequências da pandemia de COVID-19.

São 5 fases de reabertura que são baseadas nas circunstâncias locais e restrições governamentais relacionadas à pandemia. São as fases: 

Fase 1: Aberto apenas para selamentos próprios restritos. Serão feitos selamentos próprios somente para membros já investidos previamente sob diretrizes e precauções de saúde rigorosas.

  • 3 templos estão na Fase 1

Fase 2: Aberto apenas para todas as ordenanças próprias. Serão feitas todas as ordenanças próprias. Alojamentos, refeitórios e outros serviços continuarão suspensos.

  • 9 templos estão na Fase 2

Fase 2-B: saiba mais sobre essa fase aqui.

  • 15 templos estão na Fase 2-B
  • O Templo de Fortaleza entrará nesta fase no dia 2 de agosto de 2021

Fase 3: Aberto para todas as ordenanças com restrições. Serão feitas ordenanças vicárias de maneira restrita

  • 124 templos estão na Fase 3

Fase 4: Aberto para trabalho regular no templo

  • Nenhum templo está na Fase 4

Enquanto aguardamos a volta do trabalho regular no templo, que possamos ponderar sobre as palavras de nosso profeta, o Presidente Russell M. Nelson, na última conferência geral.

“Somos gratos por sua paciência e por seu serviço dedicado durante este período desafiador e de mudanças. Oro para que seu desejo de adorar e de servir no templo seja mais intenso do que nunca.

Vocês devem estar se perguntando quando poderão voltar a frequentar o templo. A resposta é que seu templo será aberto quando o governo local permitir. Quando a incidência da Covid–19 em sua área estiver dentro dos limites de segurança, seu templo será reaberto. Façam todo o possível para reduzir os números da Covid-19 em sua área a fim de aumentarem suas oportunidades de ir ao templo.

Enquanto isso, mantenham, sobretudo, seus convênios e as bênçãos do templo em sua mente e em seu coração. Permaneçam fiéis aos convênios que fizeram.”

Fonte: Newsroom

| Notícias Locais

Comente

Seu endereço de e-mail não será divulgado. Os campos obrigatórios estão marcados com *