Como a redesignação deste missionário durante a pandemia o levou a batizar sua avó

A missão do Élder Awanuiārangi Morris não aconteceu como ele esperava.

Depois de receber seu chamado para as Filipinas, Élder Morris passou 12 dias no Centro de Treinamento Missionário em Provo, Utah, antes de receber um e-mail dizendo-lhe que em breve voltaria para casa por causa da pandemia.

Élder Morris tinha 19 anos quando foi batizado em 2017, que foi “um dos melhores dias da minha vida“, disse ele.

“Eu estava orando por meses sobre a mensagem que os missionários estavam compartilhando comigo, e eu não estava recebendo uma resposta”, disse ele em um vídeo da Sala de Imprensa da Igreja da Área Pacífico. “O Espírito me levou a uma escritura no Livro de Mórmon, que dizia que se eu quisesse ser salvo, eu tinha que ir a Jesus Cristo. Então foi isso que eu fiz”, disse ele.

Depois de voltar para casa, Élder Morris ainda queria fazer trabalho missionário e ensinou com alguns dos missionários em Auckland, Nova Zelândia. Enquanto trabalhava com eles, ele teve a oportunidade de compartilhar o evangelho com sua família e amigos—incluindo sua avó.

Quando Élder Morris recebeu sua designação temporária, ele ficou preocupado pois ele poderia parar de ensinar sua avó. Mas então ele foi redesignado para a Missão Nova Zelândia Wellington, onde sua avó vivia.

“Eu não podia acreditar, que eu poderia continuar ensinando minha avó pessoalmente”, disse ele. “Eu estava ensinando-a sobre o evangelho antes de ser um missionário. A única diferença agora é que uso uma plaqueta. Estou tão feliz. Tão grato.”

Élder Morris pôde batizar sua avó e disse que ensiná-la o motivou ainda mais a continuar com seu trabalho missionário com outros.

“Este evangelho é verdadeiro, e este evangelho realmente abençoa as famílias, e ele realmente abençoa os indivíduos”, disse ele.

Fonte: LDS Living

Relacionado:

Preciso sentir um ardor no coração para ter um testemunho do Livro de Mórmon?

| Missão

Comente

Seu endereço de e-mail não será divulgado. Os campos obrigatórios estão marcados com *