Manuscrito original do Livro de Mórmon

O manuscrito de impressão do Livro de Mórmon foi publicado online por completo. Entretanto, os historiadores consideram o manuscrito original ditado por Joseph Smith a joia da coroa. Esse manuscrito do registro Nefita originalmente escrito nas placas de ouro só existe em forma fragmentada.

Agora, o departamento de história de A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias anunciou a aquisição de novos fragmentos deste valioso documento nos últimos dois meses.

Estes fragmentos farão parte dos 28% do manuscrito que o departamento possui. De acordo com os representantes do departamento, eles serão publicados no próximos três ou quatro anos como o projeto “Joseph Smith Papers.” Imagens fotografadas do manuscrito original serão publicados em um volume acompanhadas da transcrição do texto de cada página do livro.

Reid L. Neilson, historiador assistente da Igreja, e Robin Scott Jensen, historiadora gerente e arquivista do projeto “Joseph Smith Papers”, mostraram os novos fragmentos em uma reunião com os canais de notícia Church News e Deseret Newsreporter na Biblioteca de História da Igreja em Salt Lake City.

Origem

Em 1841, Joseph Smith colocou o manuscrito original na pedra de esquina da Casa Navoo, uma pensão em Nauvoo, Illinois, disse Jensen. “Muitas décadas depois, quando o manuscrito foi tirado de lá, havia uma infiltração de água na pedra de esquina, e o manuscrito tinha começado a se desintegrar de baixo para cima. ”

Portanto, parte do manuscrito, começando com 1 Néfi está relativamente preservado, disse Jensen, ao mostrar partes do manuscrito que a Igreja já possui.

“Quando chegamos em Alma, tudo começa a se desintegrar. Há pouquíssimas páginas inteiras, e mesmo assim, elas estão muito desgastadas. ”

Depois que o manuscrito foi retirado da pedra de esquina, ele ficou em possessão de Lewis Bidamon, que tinha casado com a então viúva, Emma Smith.

“Membros da Igreja, quando iam em missão, frequentemente paravam na região para visitar lugares históricos da Igreja. Se eles visitassem Lewis Bidamon, eles ganhariam uma lembrança: Um fragmento do manuscrito original do Livro de Mórmon. ”

Neilson disse que missionários foram encorajados a visitar Nauvoo e pedir por pedaços do manuscrito. “Os líderes da Igreja não poderiam pedir pelo documento completo, mas se eles enviassem pessoas em um ritmo constante, eles conseguiriam reunir uns pedaços aqui e outros ali. ”

Nesta maneira, a Igreja conseguiu recuperar aproximadamente 28% do manuscrito.

Este artigo foi escrito originalmente por Meridian Magazine e foi publicado no site LdsMag.com, com o título LDS Church History Department Acquires New Fragments of Original Book of Mormon Manuscript Português © 2017

Saiba mais:

Um App Que Explora a Geografia do Livro de Mórmon