Nós fomos ensinados que, para realmente exercer o poder da fé em nossa vidas precisamos ter três coisas. A primeira é o conhecimento que Deus existe. A segunda é uma correta compreensão de Seus atributos. A terceira é que o curso de vida que estamos trilhando é aceitável a Ele (ver Lectures on Faith, p. 38).

Uma das minhas frases menos favoritas é “Hoje é o primeiro dia do resto da minha vida”. Acho que eu tinha um ímã de geladeira com ela escrita. Mas eu não gosto dessa frase mais porque sinto que ela desconta todos os dias que me trouxeram até onde estou. Eu costumava ser a rainha dos recomeços — e confesso que ainda sou. Gosto de saber que tenho um novo dia para começar. Eu amo começar um novo diário e “a partir de hoje”. Mas um novo começo não deve vir à custa de reconhecer todos os outros dias que me trouxeram até aqui. Nós somos todos um produto de todos os nossos “outros dias”.

Levei um tempo para perceber que eu não estou no plano B. Também não estou no plano K, nem no plano Z.

Estou no plano A.

Eu só não sabia que estava no meu plano A.

Mas eu amo onde estou porque este era o plano A que Deus traçou para mim. Onde eu estou não é surpresa nenhuma para Deus. Onde você não está hoje é nenhuma surpresa para seu Pai Celeste. Você não é mais adiante do que Ele achou que você estaria. Também não está atrasada ou atrás onde Ele pensou que estaria. Você está bem onde Ele sabia que você estaria.

Isso não significa que Ele teria desejado qualquer uma das coisas difíceis pelas quais você passou na vida, é que Ele sabia que este seria o seu plano A. E uma vez que sabemos que estamos vivendo nosso plano A, nossa capacidade de viver com fé muda completamente.

Passei muito da minha vida tendo fé em um resultado. Então, quando o resultado não aconteceu, eu pensei que era um comentário sobre minha fé. A importância da fé é que ela está centrada em Jesus Cristo — que, independentemente do resultado, sua fé pode ainda estar intacta, porque você confia Nele, confia em Seu poder, em Sua misericórdia e em Sua graça. Eu também passei muito da minha vida confusa sobre esperança, fé e a diferença entre essas duas coisas.

Eis o que eu aprendi sobre esperança e fé:

A esperança tem a ver com o que eu quero. Não tem problemas querer coisas, ter desejos e esperar por essas coisas.

A fé tem a ver com querer o que Deus quer para você. Isso não é fé em um resultado, é a fé no Seu plano para você — seu plano A. Viva com fé.

Fonte: LDS Living

Relacionado:

Por que Deus não me chamou para servir em uma missão