Por que a fé é um princípio de ação e de poder?

Talvez a definição mais comum que encontramos sobre a fé é acreditar em algo que não vemos mas que é verdadeiro, e essa definição não está errada. Em minha opinião, ela está, na verdade, incompleta.

Acreditar seria apenas o primeiro degrau de nossa jornada de fé, mas não seria o suficiente para nos levar de volta à presença de Deus. São nossas ações combinadas à fé que nos levam a tal destino e não somente o ato de acreditar. Em Tiago 2:17-18 lemos:

“Assim também a fé, se não tiver as obras, está morta em si mesma.

Porém dirá alguém: Tu tens a fé, e eu tenho as obras; mostra-me a tua fé sem as tuas obras, e eu te mostrarei a minha fé pelas minhas obras.”

Então acreditar em Jesus Cristo, mas não agir de acordo com Seus ensinamentos ou não seguir o Seu exemplo é um meio de manter nossa fé morta.

Também pode ser interessante: Como esse homem se apegou a sua fé ao invés de se afastar de Deus

É claro que não precisamos ter uma fé perfeita, mas precisamos dar o primeiro passo (Alma 32). Somente ao dar o primeiro passo que podemos receber o incrível poder da fé.

Vou compartilhar um exemplo muito prático disso.

Enquanto o Salvador Jesus Cristo andava pregando o evangelho juntamente com Seus discípulos, uma multidão se aproximou deles e Jesus sentiu que alguém tinha puxado Suas vestes. O Mestre perguntou aos discípulos se tinha sido algum deles e depois de todos responderem que não O tinham tocado, uma mulher se aproximou e se identificou, dizendo que fora ela que havia tocado nas vestes de Jesus.

Ela então explicou que sofria há doze anos com um fluxo de sangue. Tinha ido a muitos médicos e sua condição não tinha sido curada por nenhum deles. Ela tinha tanta fé em Jesus Cristo que nem precisava falar com Ele para ser curada, bastava tocar na barra de Suas vestes que tudo daria certo. E foi exatamente isso que ela fez. Quando tocou nas vestes de Cristo, ela foi imediatamente curada.

A mulher tinha dado o primeiro passo ao acreditar em Jesus Cristo, mas somente quando resolveu agir – ao tocar em Suas vestes – que pôde receber o incrível poder da fé e ser curada de sua enfermidade. Sua fé foi tão forte, que o Salvador declarou: “Tem bom ânimo, filha, a tua fé te salvou” (Lucas 8:48).

Se ela tivesse ficado no meio da multidão, só acreditando em Cristo, muito provavelmente não teria vivenciado o milagre de ter sido curada, pelo menos não naquele momento. Certamente, não foi fácil se aproximar de Jesus em meio a tanta gente, e, do mesmo modo, nem sempre é fácil agir para exercermos nossa fé.

Podemos crer em Cristo e ter o desejo de ser batizados em Seu nome, mas a “multidão” que está no nosso caminho pode ser um familiar que não apoia a Igreja de Jesus Cristo. Podemos ter fé no Salvador mas a “multidão” que precisamos enfrentar para tocar em Suas vestes e ser curados pode ser apenas abrir as escrituras, fazer uma oração ou ir à Igreja.

Existem diferentes tipos de desafios que enfrentamos para ter a oportunidade de nos aproximarmos do Mestre, mas podemos ter a certeza de que se decidirmos agir e “tão somente [tocarmos] a Sua veste, [ficaremos] sãos” (Mateus 9:21). E é por isso que a fé é um princípio de ação que precede o poder dos céus.

E você? O que a fé representa em sua vida? 

Compartilhe com a gente!

| Fé em Jesus Cristo
Publicado por: Marie Sunaga
Tradutora e intérprete e estudante de Letras na PUC-PR. Trabalhou como instrutora e supervisora no Centro de Treinamento Missionário. Fez missão em Manaus - Brasil, ama ler, tocar violão e comer sushi. É a gerente de conteúdo do time português na More Good Foundation.
diminuir o ritmo
O poder do Instituto de religião em minha vida
Arrependimento, expiação e uma galáxia muito, muito distante

Comente

Seu endereço de e-mail não será divulgado. Os campos obrigatórios estão marcados com *