Alguma vez você já se sentiu longe de Deus? Veja 10 maneiras infalíveis de se aproximar Dele

As ondas de calor de verão nos tornam mais solidários quando há falta de energia na casa do vizinho e sabemos que ele não tem como ligar um ventilador. O calor absorve a a nossa energia, nos sentimos grudentos, não conseguimos dormir, nos preocupamos com a comida que pode estragar na geladeira.

Porém, há outro tipo de falta de energia que é ainda pior, uma que é sinônimo de desastre em qualquer época do ano. É falta de energia espiritual.

Ao contrário de uma falta de energia que priva você de luz e refrigeração, esta priva você de um sentimento de proximidade com o seu Pai Celestial. Sentimo-nos isolados de Sua luz, inspiração e influxos. É uma solidão que abrange tudo.

Todos nós passamos por flutuações. Temos aqueles momentos maravilhosos quando nos sentimos próximos Dele, e aqueles momentos mais sombrios quando não sentimos. Então, como podemos “manter as luzes acesas”?

Aqui estão dez maneiras infalíveis de aumentar o seu poder espiritual, e até mesmo construir reservas para tempos difíceis:

1. Saiba que isto é comum e você não está sozinho.

Procure aqueles em quem possa confiar e partilhar os seus sentimentos, alguém que ajude você a navegar na tempestade.

Esse é um dos propósitos de reunir-se todas as semanas, para fortalecer uns aos outros. Esse é um momento para agir rapidamente. Precisamos do poder espiritual do Espírito Santo durante estes tempos turbulentos, por isso não adiem a busca por ajuda.

2. Examine a sua vida.

Há algo que precisa da sua atenção? Há algum pecado que você tenha justificado (Esse. Esse que você acabou de pensar), ou um passo de arrependimento que você tem ignorado?

Muitas vezes o Espírito Santo se afasta quando deixamos de tentar guardar os mandamentos. Ele sabe que não somos perfeitos, mas é importante tentar.

Certifique-se de não participar ou interagir com nada que possa afastar a presença do Espírito Santo de sua vida, isso inclui escolhas nas mídias eletrônicas, também.

O Élder Carlos E. Asay descreveu os benefícios surpreendentes de se manter perto deste terceiro membro da Trindade:

“O Espírito Santo pode trazer-lhe poder além de suas habilidades naturais. Ele pode fornecer-vos a ajuda de poderes invisíveis em tudo o que fazeis – o poder de falar com autoridade, de receber inspirações que vos permitem dizer algo que não foi planejado e de receber impressões que, se seguidas, trazem bênçãos a vós e aos outros. Os mortais podem ter grandes capacidades e potencial, mas por maiores que sejam esses poderes mortais, eles são apenas uma sombra dos poderes que podem ser reivindicados através de uma ligação com o Espírito Santo”.

3. Ajuste as suas prioridades.

Às vezes enchemos nossas vidas com coisas que são boas, mas que nos afastam do há de melhor na eternidade.

Você está muito ocupado e não reserva um tempo para o templo, para o estudo das escrituras, para refletir e meditar? Se sim, isto não deve ser levado como algo simples. Como Presidente Russell M. Nelson disse:

“Ao buscarmos o poder do Senhor para nossa vida com a mesma intensidade de alguém que luta para conseguir respirar quando está se afogando, teremos o poder de Jesus Cristo. Quando o Salvador perceber que verdadeiramente desejamos nos achegar a Ele — quando Ele sentir que o maior desejo de nosso coração é invocar Seu poder em nossa vida —, seremos guiados pelo Espírito Santo para saber exatamente o que devemos fazer”.

Também pode ser interessante: Você está negligenciando as mensagens diárias de Deus para você?

4. Encha sua vida com coisas que restaurem o Espírito em sua alma.

Pode ser por meio de uma música inspiradora, de vídeos de discursos da Igreja, da A Liahona, das escrituras e do trabalho de História da Família.

Cultive amizades que elevam você a um plano superior, que fazem você querer obedecer e se tornar o melhor que pode ser.

5. Sirva.

Uma das melhores maneiras de afastar a tristeza e restaurar a alegria é ajudar ao próximo. Encontre um projeto e dedique tempo aos necessitados.

Entre em contato com as famílias/pessoas que você é responsável por ministrar. Pergunte aos vizinhos como pode ajudar.

O seu bispo e a presidente da Sociedade de Socorro também podem saber de algumas maneiras de servir.

Às vezes é durante esses momentos (muitas vezes inconvenientes) de serviço que recebemos uma súbita explosão de revelação sobre um problema com o qual temos lutado.

6. Perdoe.

Escolha apenas uma pessoa que você sabe que deve perdoar e ore por ajuda para realmente seguir em frente.

Ore por eles. Perceba que “pessoas magoam pessoas” e elas são um produto de sua educação e experiências. Veja-os como Deus os vê, como uma criança que Ele quer de volta.

7. Obtenha sua bênção patriarcal.

Às vezes, nuvens escuras se juntam tão densamente que não conseguimos afastá-las sozinhos. Converse com um portador do sacerdócio e receba as mensagens de Deus para você.

8. Conte as bênçãos.

Parece algo simples, mas funciona mesmo. Reserve um momento para rever tudo o que é bom em sua vida, todas as maneiras que o Pai Celestial tem ajudado você. Reserve um tempo de pura gratidão.

Também pode ser interessante: Como encontrar a luz de Deus em tempos sombrios

9. Estude a Expiação de Cristo.

jesus cristo

Faça disso uma questão de foco e considere tudo o que Ele sofreu, apenas pela sua própria vida.

Contemple as suas promessas eternas e o quanto você significa para Ele. Veja-se no plano glorioso de exaltação, e imagine-se no Reino Celestial um dia. Sim, você.

 

10. Ore de forma diferente.

Esqueça as frases de sempre e converse com o Seu pai. Derrame o seu coração, busque entendimento, busque fazer a vontade Dele.  Faça uma pausa para ouvir, sentir, meditar.

Converse com Ele sobre o que mais importa. Esforce-se para aceitar humildemente a correção, aceite de coração as respostas que receber quando você disser “Seja feita a Tua vontade”.

Durante anos mantive uma citação de Parley P. Pratt nas minhas escrituras. A citação é sobre o Espírito Santo e o próprio poder que estamos falando. Ele disse:

“O dom do Espírito Santo ( … ) ilumina a mente, aumenta, desenvolve, expande e purifica todas as paixões naturais e afeições e as harmoniza, pelo dom da sabedoria, para que sejam usadas adequadamente. Tal dom inspira, desenvolve, refina e amadurece todos os sentimentos de solidariedade, alegrias, gostos e sentimentos similares, bem como as inclinações de nossa personalidade. Inspira-nos virtude, bondade, brandura, ternura, gentileza e caridade. Desenvolve a beleza da personalidade, das formas e feições. Influi também para que haja saúde, vigor, entusiasmo e sensibilidade social. Revigora todas as aptidões físicas e intelectuais do homem.  Fortalece e tonifica os nervos. Em resumo, é como se fosse medula para os ossos, alegria para o coração, luz para os olhos, música para os ouvidos e vida para todo o ser”.

Nossa… não seria maravilhoso manter esse dom, esse poder, conosco o tempo todo?

Ao implementar estas dez sugestões, podemos entender melhor o nível da nossa espiritualidade, as “faltas de energia” quando estamos perdendo esse dom incrível, e restaurar-nos ao nos segurarmos no poder e na luz de Deus novamente.

Fonte: Meridian Magazine

| Inspiração

Comente

Seu endereço de e-mail não será divulgado. Os campos obrigatórios estão marcados com *