Como encontrar a luz de Deus em tempos sombrios

Em Doutrina e Convênios 50:24, aprendemos que “aquilo que é de Deus é luz; e aquele que recebe luz e persevera em Deus recebe mais luz; e essa luz se torna mais e mais brilhante, até o dia perfeito.”

A ideia de viver uma vida cheia de luz é bela. Também pode parecer inatingível quando há tanta escuridão à nossa volta. Como podemos encontrar e cultivar a luz de Deus em tempos sombrios? Aqui estão três ideias.

Expresse gratidão

O Presidente Thomas S. Monson nos ensinou que:

“Uma expressão sincera de agradecimento não apenas nos ajuda a reconhecer nossas bênçãos, mas também abre as portas do céu e nos ajuda a sentir o amor de Deus.”

Quando nos esforçamos para ser gratos e buscar a maneira como Deus está trabalhando em nossa vida, mantemos uma janela aberta para que a luz entre e nos ilumine.

Às vezes, sentimos que ser gratos dispensa a nossa dor ou outros sentimentos negativos. Precisamos lembrar que podemos louvar a Deus e honrar a nossa dor simultaneamente. Tente reservar um tempo específico para expressar gratidão na oração e um tempo específico para discutir a sua dor e medos.

Desligue das distrações

Vivemos num mundo cheio de distrações! Com nossas agendas cheias e a com quantidade de tempo que gastamos em tecnologia, pode ser difícil encontrar luz quando estamos enchendo cada momento de cada dia.

Fazemos isto muitas vezes por gratificação imediata… ou dormência imediata. Temos tanta coisa acontecendo ao mesmo tempo, que queremos desligar o que estamos sentindo.

O presidente Boyd K. Packer ensinou que:

“O Espírito não chama nossa atenção gritando ou sacudindo-nos com força. Pelo contrário, sussurra. Ele toca tão suavemente que, se estivermos preocupados, podemos nem sentir.”

Para receber a luz de Deus, nossos corações e mentes têm que estar abertos e receptivos. Não podemos fazer isso se estivermos sempre distraídos. Temos de arranjar tempo para a voz mansa e calma.

Esforce-se para servir ao próximo

Não há maneira mais rápida de adicionar luz à vossa vida do que levar luz à outra pessoa. Elder Dieter F. Uchtdorf disse:

“Ao nos perdermos no serviço ao próximo, descobrimos nossa própria vida e felicidade.”

Nunca devemos ir longe demais e negligenciar as nossas próprias necessidades, mas há provavelmente tempo em nossas vidas para pensar em outra pessoa. Quer completemos nossas designações de ministração, busquemos trazer mais harmonia aos nossos lares, ou estendamos mão a um estranho, podemos fazer o mundo brilhar com bondade.

Fonte: LDS Daily

| Para refletir

Comente

Seu endereço de e-mail não será divulgado. Os campos obrigatórios estão marcados com *