Como nos preparar para voltar a frequentar o templo?

Na conferência geral de Abril desse ano, o Presidente Nelson anunciou 20 novos templos e aproveitou também, para demonstrar gratidão pela paciência e serviço dos membros durante o período difícil que todos estamos enfrentando com a pandemia da Covid-19:

“Somos gratos por sua paciência e por seu serviço dedicado durante este período desafiador e de mudanças.

Oro para que seu desejo de adorar e de servir no templo seja mais intenso do que nunca. Vocês devem estar se perguntando quando poderão voltar a frequentar o templo.

A resposta é que seu templo será aberto quando o governo local permitir.

Quando a incidência da Covid–19 em sua área estiver dentro dos limites de segurança, seu templo será reaberto. Façam todo o possível para reduzir os números da Covid-19 em sua área a fim de aumentarem suas oportunidades de ir ao templo.”

Atualmente no Brasil, a maioria dos templos estão operando na fase 2, ou seja, apenas ordenanças próprias estão sendo realizadas.

Também durante a conferência, em um discurso muito inspirador sobre os templos, o Presidente Henry. B Eyring, segundo conselheiro na Primeira Presidência, nos fez um convite muito especial:

“O Senhor quer recebê-los em Sua casa. Oro para que tentem conservar no coração dos filhos do Pai Celestial o desejo de ir ao templo, onde eles podem se sentir próximos Dele, e para que também convidem seus antepassados para se qualificarem para estar com Ele e com vocês para sempre.”

Enquanto esperamos para entrarmos no templo novamente, podemos não só conservarmos em nosso coração o desejo de adorar e servir no templo, como podemos, através do nosso serviço, conservar esse desejo no coração de outros filhos do Pai Celestial.

Estas palavras podem ser aplicadas a nós neste período de espera:

Eu gosto de ver o templo,
Ali eu hei de entrar,
Sentindo o Santo Espírito,
Vou escutar e orar
Porque o templo é a Casa do Senhor,
Lugar santificado,
Devo preparar-me desde já —
É meu dever sagrado.

Para terminar seu discurso o Presidente Nelson nos fez o convite de manter as bençãos do templo em nossa mente e em nosso coração:

“Mantenham, sobretudo, seus convênios e as bênçãos do templo em sua mente e em seu coração. Permaneçam fiéis aos convênios que fizeram. Estamos edificando o futuro agora! Os templos são uma parte vital da Restauração do evangelho de Jesus Cristo em sua plenitude. As ordenanças do templo preenchem nossa vida com poder e força, as quais não estão disponíveis de nenhuma outra maneira. Agradecemos a Deus por essas bênçãos.”

Que possamos seguir o conselho dos nossos líderes e nos prepararmos para o momento em que poderemos frequentar o templo novamente. Até lá, que as bençãos do templo permaneçam em nossas mentes e em nossos corações.

| Templos
Publicado por: Larissa Silberman
Estudante de Marketing na Universidade Anhembi Morumbi. Trabalhou como instrutora no Centro de Treinamento Missionário e serviu na Missão Chile Rancagua. Mãe, esposa, empreendedora e assistente de conteúdo na More Good Foundation.
A defesa dos que não nasceram
Élder Oaks explica como o legado dos pioneiros molda quem somos hoje

Comente

Seu endereço de e-mail não será divulgado. Os campos obrigatórios estão marcados com *