Está acontecendo! Os templos de A Igreja de Jesus Cristo dos Santos Últimos Dias finalmente estão começando a reabrir para o público! Estou muito animada para voltar ao templo. No entanto, me pergunto se estou preparada.

Será que minha espiritualidade diminuiu durante esse tempo? Como posso ter certeza que estou preparada para voltar ao templo?

A importância do templo

Ir ao templo e participar de ordenanças sagradas são passos importantes para voltar ao nosso Pai Celestial.

Em Salmos 24 lemos,

“Quem subirá ao monte do Senhor, ou quem estará no seu lugar santo? Aquele que é limpo de mãos e puro de coração”.

O templo é a casa do Senhor. De devemos tratá-lo como tal. Aqueles que entram precisam ter as mãos limpas e o coração puro. O templo merece o nosso mais alto respeito.

Ao falar sobre Salmos 24, o Élder Bednar disse,

“Gostaria de lembrá-los de que nossas mãos ficam limpas por meio do processo de renúncia ao homem natural e sobrepujando o pecado e as influências maléficas em nossa vida por meio da Expiação do Salvador. Nosso coração é purificado quando recebemos Seu poder fortalecedor de fazer o bem e de tornar-nos melhores. Todos os nossos desejos justos e nossas boas obras, por mais necessários que sejam, jamais poderão produzir mãos limpas e coração puro. É a Expiação de Jesus Cristo que concede o poder purificador e redentor que nos ajuda a sobrepujar o pecado e o poder santificador e fortalecedor que nos ajuda a nos tornar melhores do que jamais poderíamos ser, se contássemos apenas com nossa própria força. A Expiação infinita é tanto para o pecador como para o santo que existe em cada um de nós.”

Ter as mãos limpas e um coração puro é um processo. Jesus Cristo é o único que pode nos ajudar a chegar lá. Ao nos arrependermos e usarmos a Sua Expiação, o Pai Celestial se regozijará por estarmos no templo.

Santidade ao Senhor

O presidente Russell M. Nelson disse uma vez,

“Inscritas em cada templo estão as palavras “Santidade ao Senhor”.1 Essa declaração afirma que tanto o templo quanto seu propósito são santos. Aqueles que entram no templo também devem possuir o atributo da santidade.2 Pode ser mais fácil atribuir santidade a um edifício do que a um povo. Só podemos alcançar a santidade por meio de perseverança e contínuo esforço pessoal.”

Quando os templos Santos dos Últimos Dias reabrirem ao público, preciso ter certeza de que possuo “o atributo da santidade”.

Estou imitando Cristo? Meus pensamentos e palavras são reverentes? Estou me esforçando para estar cercada de santidade?

O “contínuo esforço pessoal” não é fácil. Às vezes esqueço que não o conquistamos da noite para o dia.

O Senhor não espera que sejamos perfeitamente santificados agora. Tudo o que Ele precisa é que nos esforcemos ao máximo.

É sagrado, não secreto

Não acredito que seja importante mencionar a sacralidade das ordenanças do templo. Por causa de seus significados e valores eternos, não as discutimos fora do templo. E também devemos respeitar o processo da recomendação para o templo.

O manual Preparação para Entrar no Templo Sagrado diz,

“Precisamos estar preparados antes de entrarmos no templo. Precisamos ser dignos antes de entrarmos no templo. Existem restrições e condições estabelecidas. Elas foram estabelecidas pelo Senhor e não pelo homem. E o Senhor tem todo o direito e autoridade para ordenar que os assuntos relacionados ao templo sejam mantidos sagrados e confidenciais.”

Os próximos passos

Agora que refrescamos a nossa memória sobre a importância das ordenanças do templo, vamos falar mais sobre como podemos nos preparar.

Estudar

Uma das melhores coisas que podemos fazer agora é estudar! Há muitos discursos de conferência, escrituras, manuais e vídeos sobre as ordenanças do templo.

Aprender mais sobre o que acontece dentro do templo (não importa quantas vezes já fomos à Casa do Senhor), permite que tenhamos mais amor por estes lugares sagrados e pelo nosso Pai Celestial.

História da Família

Por termos um pouco mais de tempo, podemos trabalhar mais com a história da família! Não existe maneira melhor de voltar ao templo do que com os nomes de nossos ancestrais.

Podemos abençoar tantas vidas em ambos os lados do véu, ao frequentarmos a Casa do Senhor.

Revisar as perguntas da recomendação

Sempre que vou ao templo, gosto de revisar as perguntas para a entrevista de recomendação para o Templo.

Ao estuda-las, lembro de meu testemunho. Esse ano, as perguntas foram atualizadas para nos ajudar a entender que tornar-se perfeito é a nossa meta, não a expectativa.

Refletir sobre experiências passadas

Podemos tentar manter um diário. Reserve um tempo para escrever ou somente refletir sobre o espírito que sentiu no templo. Relembre as memórias que teve e o amor que o Pai Celestial sentiu por você.

Sou oficiante e a presidência do templo disso que é um ótimo exercício para sentir-se perto do templo, mesmo sem podermos entrar na casa do Senhor agora.

Deus nos ama

Quando os templos abrirem novamente, oro para que tenhamos a oportunidade de ir com alegria e santidade em nosso coração!

Seja paciente consigo mesmo e saiba que todos estamos em diferentes estágios em nosso caminho de volta ao Pai Celestial.

No site da Igreja lemos o seguinte sobre os templos,

“Ao se preparar para entrar no templo, lembre-se de que Deus quer você perto Dele, e que o templo é um lugar propício para se achegar a Ele. Sua felicidade eterna também é a alegria Dele. Ele nos concedeu as bênçãos do templo para que nos guiassem de volta a Ele. Peça-Lhe ajuda ao se preparar e compartilhe sua jornada com Ele. Ele vai orientá-lo. Ele vai inspirá-lo. E Ele vai ajudá-lo ao longo do caminho.”

Fonte: Third Hour

Relacionado:

66 templos começam a reabertura gradual | COVID-19