Élder Oaks explica como o legado dos pioneiros molda quem somos hoje

Quando conhecemos um pouco da história da Igreja, aprendemos sobre a importância dos pioneiros e de sua participação para que a obra do Senhor fosse levada à diante.

São muitas histórias de provações, sacrifícios e superação que nos ensinam sobre perseverança, altruísmo e fé. E todos os anos, no dia 24 de julho, temos a oportunidade de comemorar a chegada dos primeiros pioneiros em Salt Lake.

Este ano, em um evento chamado SUPer DUPer Day, que é dedicado aos familiares dos primeiros pioneiros, o Presidente Dallin H. Oaks foi o convidado e orador especial.

O Presidente Oaks honrou seus ancestrais pioneiros e disse que “seu legado de fé, força e determinação molda quem somos hoje”.

Também pode interessar: 24 de julho: dia dos pioneiros e seu valioso legado de fé

Os lobos que nos cercam

Apesar de não estarmos em uma época onde somos privados de viver a nossa religião, não precisarmos viajar longas distâncias em condições precárias usando apenas carrinhos de mão e enfrentando um frio e fome mortais, ainda enfrentamos muitas dificuldades e provações tão perigosas quando às enfrentadas pelos pioneiros.

O Presidente Oaks fez uma comparação entre os perigos enfrentados pelos pioneiros e os perigos que enfrentamos nos dias atuais.

Ele comparou os lobos que cercavam os acampamentos pioneiros com traficantes de drogas, e a fome física que passavam com a fome espiritual que muitos sentem hoje.

“Da mesma forma, as mais de 1.910 mortes na trilha pioneira são ultrapassadas pelos mais de 2.200 óbitos causados pela pandemia, apenas em Utah”, disse ele.

E mesmo ao encarar os maiores e piores perigos da época, “com fé em Deus, eles fizeram o que todo pioneiro faz, avançaram em direção ao desconhecido: uma nova religião, uma nova terra e uma nova forma de fazer as coisas. Com fé em seus líderes e uns nos outros, eles se mantiveram firmes contra terrível oposição”.

Veja também: Élder Soares fala sobre a importância dos pioneiros

Identificar princípios eternos e aplicá-los

O apóstolo enfatizou a importância de aplicarmos os princípios que aprendemos com os pioneiros.

A história contada pela jornada desses primeiros santos não é algo para ficar somente na memória dos membros, mas servem como exemplos a serem seguidos e aplicados às necessidades atuais.

“Precisamos identificar os princípios eternos que eles aplicaram em nosso benefício e, em seguida, aplicarmos tais princípios aos desafios dos nossos dias”, disse Presidente Oaks.

“Dessa forma, honramos seu pioneirismo e reafirmamos essa herança, e fortalecemos sua capacidade de abençoar nossa própria posteridade e milhões de outras pessoas neste mundo conturbado. Somos todos pioneiros quando fazemos isso.”

Fonte: Church News

| Profetas Hoje

Comente

Seu endereço de e-mail não será divulgado. Os campos obrigatórios estão marcados com *