Era 24 julho de 1847, quando Brigham Young, segundo presidente de A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias e o primeiro grupo de pioneiros chegaram ao Vale do Lago Salgado em Utah. Eles estavam em busca de refúgio da perseguição religiosa. Os pioneiros mórmons deixaram suas casas em Nauvoo, Illinois, e viajaram através das planícies dos Estados Unidos e montanhas rochosas de Utah.

A viagem foi muito difícil, muitos deles ficaram doentes e morreram durante os meses de inverno. Quando chegaram em Utah, o vale desolado era uma visão agradável para eles. Mais tarde nesse ano, cerca de 2.000 membros da Igreja tinham se estabelecido no Vale do Lago Salgado. Este evento tornou-se um dos mais importantes para todos os membros da Igreja de Jesus Cristo.

Élder Dallin H. Oaks do Quórum dos Doze Apóstolos, disse:

“A principal qualidade de nossos pioneiros era sua fé. Com sua fé em Deus, eles fizeram o que cada pioneiro faz, eles se mudaram para o desconhecido: uma nova religião, uma nova terra, uma nova maneira de fazer as coisas. Com fé em seus líderes e neles mesmos, suportaram uma enorme oposição. Quando seu líder disse: ‘Este é o lugar certo’, eles confiaram e ficaram lá. Quando outros líderes disseram: ‘faça isso desta maneira’, eles o seguiram com fé “.

Se passaram 170 anos, e os pioneiros ainda nos ensinam

Presidente Thomas S. Monson ensinou:

“Lápides de flores silvestres e pedras assinalavam os túmulos ao longo de toda a rota de Nauvoo até Salt Lake City. Esse foi o preço que alguns pioneiros tiveram de pagar. O corpo deles jaz em paz, mas seu nome viverá para sempre.”

Os bois cansados ​​avançavam pesadamente, rodas de carroça rangiam, os bravos homens trabalhavam valentemente, tambores de guerra ressoaram e coiotes uivavam; mas os pioneiros, inspirados pela fé e pressionados pelas circunstâncias, seguiram em frente.

Muitas vezes eles cantaram:

“Vinde, ó santos, sem medo ou temor;

Mas alegres andai,

Rude é o caminho ao triste viajor,

Mas com fé caminhai.

É bem melhor encorajar

E o sofrimento amenizar;

Podeis agora em paz cantar:

Tudo bem! Tudo bem!”

Sejamos Parte do legado pioneiro

Presidente Gordon B. Hinckley disse:

“Com tamanho legado, não podemos fazer menos do que dar o melhor de nós. Os que nos antecederam esperam isso de nós. Recebemos um mandamento do Senhor. “

Élder M. Russell Ballard, do Quórum dos Doze Apóstolos, nos ensina que nós, modernos pioneiros…

“Precisamos crer como eles creram. Precisamos trabalhar como eles trabalharam. Precisamos servir como eles serviram. E precisamos vencer como eles venceram. (…)”

O Senhor não nos pede que coloquemos nossas posses em um carrinho de mão, mas nos pede que fortaleçamos nossa fé. Ele não nos pede que atravessemos o continente a pé; pede-nos que atravessemos a rua para visitar nosso vizinho. Ele não nos pede que doemos todas as nossas posses materiais para construir um templo; pede-nos que doemos parte de nossas posses e de nosso tempo, apesar das pressões da vida moderna, para continuarmos a erguer templos e depois frequentar regularmente os templos existentes. Ele não nos pede que sejamos mártires; pede-nos que vivamos como discípulos Seus.

Esta é uma excelente época para se viver, irmãos e irmãs, e depende de nós levarmos avante a rica tradição de compromisso devotado que foi a marca registrada das gerações passadas de santos dos últimos dias.”

Escrito por Melody Mejia

Traduzido do Espanhol: Masfe.org