O que os apóstolos e profetas já disseram sobre votar

No próximo dia 15 de novembro em nosso país teremos mais um turno de eleições. Este ano iremos eleger os próximos prefeitos, vice-prefeitos e vereadores do Brasil.

De modo geral, as últimas eleições têm sido muito polarizadas, tanto em nosso país quanto em outros países ao redor do mundo, o que gerou muita discussão principalmente nas redes sociais, mas isto não significa que devemos deixar de exercer nossa direito de voto.

12ª Regra de Fé

É claro que a primeira coisa que nos vem a mente é a 12ª Regra de Fé que diz,

“Cremos na submissão a reis, presidentes, governantes e magistrados; na obediência, honra e manutenção da lei.”

Apesar de não mencionar especificamente o ato de votar, é importante notar que acreditamos verdadeiramente em fazer parte de um sistema político e honrar a lei.

Manual Geral

Estudo das Escrituras. Diretos Reservados. Usado com permissão.

Estudo das Escrituras. Diretos Reservados. Usado com permissão.

O Manual 2: Administração da Igreja declara,

“De acordo com as leis de seus respectivos governos, os membros são incentivados a cadastrar-se como eleitores, estudar as questões e os candidatos políticos com muito cuidado e votar nas pessoas que acham que agirão com integridade e bom senso. Os santos dos últimos dias, especialmente, têm a obrigação de buscar, apoiar e dar seu voto a líderes que sejam honestos, bons e sábios.”

A recente atualização do manual mostra que esta seção não sofreu nenhuma alteração. O conselho que recebemos aqui pode ser visto como vago por alguns, porque a Igreja já afirmou que não endossará nenhum partido ou candidato em particular.

Porém o texto é claro ao afirmar que temos “a obrigação de buscar, apoiar e dar seu voto a líderes que sejam honestos, bons e sábios”.

O grande desafio para as mulheres – novembro de 1978

 

A irmã Barbara B. Smith foi presidente geral da Sociedade de Socorro de 1974 a 1984, em um de seus discursos a Irmã Smith afirmou,

“Hoje, as mulheres Santos dos Últimos Dias… com direito de voto, devem dar um passo à frente para fazer parte da solução dos problemas da sociedade. Devemos exercer uma cidadania responsável.”

A Irmã Smith foi a décima presidente geral da Sociedade de Socorro e foi a presidente durante a época em que a Equal Rights Amendment (Emenda de Direitos Iguais) foi proposta nos Estados Unidos. Aquele era um momento de grande polarização política, assim como nos dias atuais.

Dádivas preciosas de Deus – Abril de 2018

Fotografia de Ravell Call, Deseret News.

“Onde há democracia, é nosso dever como membros votar em homens e mulheres honrados que têm o desejo de servir.”

Esta afirmação foi feita pelo presidente M. Russell Ballard durante seu discurso “Dádivas Preciosas de Deus”, durante a conferência geral de abril de 2018. Ele perpetua o tema de que é nosso dever, como membros da Igreja, votar e servir.

Devemos ser justos – Outubro de 1987

Presidente Ezra Taft Benson discursou na sessão da manhã de sábado da conferência geral de outubro de 1987 e afirmou:

“Primeiro e acima de tudo, devemos ser justos. Segundo, devemos aprender os princípios da Constituição na tradição dos Pais Fundadores. Terceiro, devemos nos envolver nos assuntos cívicos para ver se somos devidamente representados. Quarto, devemos exercer nossa influência por meio de nosso voto, nossas cartas, nosso ensino e nossos conselhos.”

Este é um grande lembrete de que sem direitos e liberdades constitucionais, as coisas teriam sido muito diferentes para a restauração do evangelho.

Muitas publicações da Igreja sobre liberdade religiosa fazem referência ao discurso do Presidente Benson.

Podemos aplicar perfeitamente estes conselhos para o momento que estamos vivendo em nosso país.

Lamentações de Jeremias: Cuidado com o cativeiro – Outubro de 2013

O Élder Quentin L. Cook deu um discurso intitulado “Lamentações de Jeremias: Cuidado com o cativeiro”, durante a conferência geral em outubro de 2013. Como parte de seu discurso, ele disse,

“Os Santos dos Últimos Dias de todos os países devem ser bons cidadãos, participar de questões cívicas, instruir-se sobre os problemas e votar.”

Essa ênfase em ser um bom cidadão e cumpridor da lei se encaixa perfeitamente com o conselho que recebemos na 12ª Regra de Fé.

Também gosto quando ele menciona que os membros da Igreja de todos os países devem cumprir seus deveres cívicos.

Amai vossos inimigos – Outubro de 2020

No mês passado, durante seu discurso intitulado “Amai vossos inimigos”, o Presidente Dallin H. Oaks disse,

“Em um governo democrático, sempre haverá diferenças no que diz respeito a candidatos políticos e a diretrizes. No entanto, como seguidores de Cristo, devemos renunciar à raiva e ao ódio com os quais as escolhas políticas são debatidas ou declaradas em muitos ambientes.”

Devido ao atual clima de polarização, foi importante para os membros da Igreja ouvir esta mensagem para desfazer alguns mal-entendidos. Esta mensagem foi perfeita vinda do Presidente Oaks, que é ex-juiz da Suprema Corte de Utah.

E assim os provaremos – Outubro de 2020

O Élder David A. Bednar dirigiu-se a nós na conferência geral no mês passado com seu discurso: “E assim os provaremos”. Ele falou sobre uma conversa que teve com seu colega apóstolo, o Élder Jeffrey R. Holland e o citou em seu discurso ao dizer,

“Somos testemunhas de um momento cada vez mais acentuado em direção à oposição. Nós, santos dos últimos dias, não poderemos mais permanecer neutros… É preciso fazer escolhas. Não fazer uma escolha é uma escolha. Aprendam a escolher agora”.

As palavras do Élder Holland são oportunas e relevantes, especialmente durante este ciclo eleitoral.

Tópicos do Evangelho

O recurso Tópicos do Evangelho é maravilhoso para qualquer pessoa que tenha dúvidas sobre tópicos e doutrinas específicas. Os tópicos cobrem quase tudo que você possa imaginar. Aqui falaremos sobre os tópicos “julgar os outros” e “cidadania”.

O tópico sobre “julgar os outros” trata principalmente sobre a diferença entre ser crítico e usar o julgamento justo. No texto lemos,

“É preciso fazer julgamentos sobre as pessoas para tomar muitas decisões importantes, tais como a escolha dos amigos, o voto para escolher os governantes e a escolha do companheiro eterno.”

Este tópico menciona que escolher um cônjuge e votar em um líder, são apenas duas das muitas importantes decisões que tomaremos.

O tópico sobre “cidadania” cobre as responsabilidades daqueles que são cidadãos de qualquer país.

“Os membros da Igreja são incentivados a considerar servir em cargos públicos eleitos ou nomeados no governo local e nacional.”

Não importa onde você vive, os líderes da Igreja incentivam você a sair e votar em seus governos local e nacional.

Não deixe de exercer seu direito de voto e busque sabedoria para a sua decisão.

Fonte: Third Hour

| Profetas Hoje

Comente

Seu endereço de e-mail não será divulgado. Os campos obrigatórios estão marcados com *