Em apenas um parágrafo da biografia de Lucy Mack Smith sobre seu filho, a História de Joseph Smith por Sua Mãe, a mãe do profeta conta uma história sobre como alguém tentou matá-lo “vários meses antes da Primeira Visão”, de acordo com Jorge W. Givens – escritor Santo dos Últimos Dias.

Lucy Mack Smith escreveu:

“Aos quatorze anos ocorreu um incidente que nos alarmou muito, pois não sabíamos sua causa. Sendo Joseph uma criança visivelmente tranquila e bem-disposta, não suspeitamos que ninguém tinha nada contra ele. Uma noite, ele estava fora trabalhando, e, ao voltar para casa, uma arma foi disparada em sua direção, com a evidente intenção de matá-lo. Ele saltou em direção à porta, muito assustado.

Fomos imediatamente à procura de quem disparou a arma, mas não encontramos nenhum vestígio naquela noite. Na manhã seguinte, encontramos alguns rastros na neve, sob uma carroça onde a pessoa se deitou para disparar a arma, e no dia seguinte encontramos as balas, alojadas na cabeça e no pescoço de uma vaca que estava em frente à carroça em um canto escuro. Ainda não conseguimos identificar a pessoa que fez esta tentativa de homicídio, nem seus motivos.”

Eu estava preocupada com que vestido iria usar em meu primeiro baile da estaca quando eu tinha quatorze anos, não estava nem um pouco preocupada se existia alguém que estava tentando acabar com minha vida sem nenhuma razão aparente.

Lucy Mack conta outra história, que não está relacionada com esta, que aconteceu logo em seguida.

Ao que parece, a adolescência do Joseph pode ter sido ainda mais agitada do que pensávamos. Embora não obtenhamos uma tonelada de informações sobre esta época, Lucy lembra alguns eventos que ocorreram durante a adolescência Joseph — por exemplo, a profecia de Joseph sobre um homem chamado Deacon Jessup.

Depois que Joseph viu Deus e Jesus Cristo, Lucy Mack ainda não entendeu totalmente o seu significado e queria que sua família se filiasse a uma igreja local. Joseph, no entanto, não quis frequentar tal igreja, uma vez que ele tinha sido explicitamente alertado pelo Senhor para não se juntar a nenhuma das igrejas existentes. Na verdade, ele disse a Lucy Mack que ela “não deveria frequentar [nenhuma dessas igrejas] por muito tempo”, pois todas estavam “erradas” — um fato que ele iria provar por meio de uma profecia.

Na área, havia um homem religioso chamado Deacon Jessup, que era muito religioso e de quem todos pensavam muito bem. Mas Joseph, de acordo com Lucy Mack, tinha algo diferente a dizer sobre ele:

“Agora, suponha que um de seus pobres vizinhos lhe deve o valor de uma vaca, e que este pobre homem tinha oito filhos pequenos; e, além disso, que ele ficou doente e morreu, deixando sua esposa com apenas uma vaca, e destituída de todos os outros meios de se sustentar e sustentar sua família – agora eu digo a você, que Deacon Jessup, religioso tal como era, não hesitou em tomar a última e única vaca da pobre viúva e órfãos, a fim de garantir o pagamento da dívida, apesar de ele próprio possuir uma abundância de tudo.”

Lucy escreve: “naquela época, isso parecia impossível para nós, mas não se passou nem um ano quando vimos a profecia de Joseph se cumprir.”

Em outras palavras, Joseph profetizou que este homem supostamente muito religioso e devoto à Deus se aproveitaria de uma viúva com oito filhos — e um ano depois, ele o fez.

Desde tenra idade, é claro que o adversário queria destruir Joseph. Felizmente, ele foi preservado pela mão do Senhor, até que sua missão estivesse cumprida, e ele nos deixou com muitas histórias incríveis e profecias ao longo do caminho.

Fonte: ThirdHour

Relacionado:

O que Joseph Smith escreveria para os que estão passando por provações?