fbpx

Meus pais não aceitam que eu sirva uma missão. O que posso fazer?

Pergunta

Sou a única membro da Igreja em minha família e tenho o desejo de servir como missionária de tempo integral. Meus pais até me apoiaram quando decidi me tornar membro da Igreja, mas não acham que servir uma missão de tempo integral é uma boa ideia. Quero muito ser uma missionária mas não quero fazer isso sem o apoio deles. O que eu posso fazer? Algum conselho?

Resposta

Antes de compartilhar algumas coisas que você poderia fazer nesse caso, queria dizer que eu também passei pela mesma coisa.

Eu me batizei na Igreja de Jesus Cristo quanto tinha 12 anos de idade, e desde essa época eu já achava que servir missão era a coisa mais legal do mundo. Por isso, durante toda minha adolescência, me esforçava para deixar bem claro para meus pais que pretendia largar tudo aos 21 anos (essa era a idade para servir na época) e ir para onde o Senhor me mandasse.

Mas meus planos mudaram quando o Presidente Monson anunciou a mudança de idade para as moças servirem missão. Eu tinha acabado de completar 19 anos e por isso um período de grande angústia tinha começado. Eu queria ir para a missão o mais rápido possível, mas não queria ir e deixar meus pais bravos ou chateados comigo.

Então consigo entender seu sentimento de querer fazer o trabalho do Senhor e ao mesmo tempo não desapontar pessoas tão importantes para sua vida.

No fim das contas, eu consegui ter o apoio dos meus pais quando fui pra missão, e gostaria de compartilhar contigo algumas coisas que deram certo para que isso acontecesse.

Também pode ser interessante: Élder Kimball traz a resposta do Senhor para um missionário

1. Oração, estudo das escrituras e jejum

Bom, esses são os itens básicos para todas as pessoas que estão se preparando para servir uma missão. É muito importante fortalecer seu testemunho de Jesus Cristo e do evangelho, aprender a ouvir e reconhecer a voz do Espírito Santo e também sentir o poder do jejum por si mesmo.

Continue orando e estudando sobre a obra missionária, sobre paciência e também sobre diligência. Jejue a cada mês e inclua seus pais e/ou família em suas orações. Ore para que o Senhor abrande seus corações, ore para que você saiba o que fazer, ore para reconhecer o Espírito Santo e ore para ter coragem de agir por causa dessa inspiração.

2. Conhecimento sobre a missão

Seus pais e/ou família podem não apoiar sua decisão de servir missão por não saber como é uma missão de tempo integral de A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias. Explique para eles como funciona, começando pela preparação financeira, física, emocional e espiritual.

Fale-lhes sobre a organização da Igreja em relação aos missionários, do cuidado com a saúde e também de sua preocupação com suas necessidades temporais. Os missionários de tempo integral dos dias de hoje não precisam andar milhares de quilômetros a pé ou acampar ao céu aberto (ufa!). Atualmente, todos os missionários têm uma casa, alimentos e plano de saúde.

Além disso, existe uma preocupação para quando o missionário termina a missão. A volta para casa, a adaptação, a busca de um emprego, o início dos estudos – tudo isso para ajudar o missionário retornado a iniciar seu caminho para a autossuficiência.

3. Amizade com membros da Igreja

Logo antes de enviar meu chamado missionário, apresentei meus pais a alguns líderes da Igreja que já haviam enviado seus filhos para a missão e também tentei estreitar seus relacionamentos com membros que já conheciam.

Conhecer pessoas que passaram pela mesma situação que eles iriam passar ajudou a acalmá-los e também a alinhar suas expectativas com relação à missão. Esses membros da Igreja explicaram seus pontos de vista e compartilharam seus sentimentos sobre a decisão dos filhos de servir e tudo isso acabou tranquilizando meus pais – principalmente sobre minhas futuras necessidades temporais.

4. Manter a fé e não desistir

Assim como outros desafios que temos em nossa vida, precisamos manter a fé, confiar no Senhor e não desistir.

Continue amando seus pais e/ou família. Eu diria até que esse pode ser o momento de amá-los ainda mais. Continue orando, estudando, confiando no Senhor e fazendo tudo o que estiver ao seu alcance todos os dias.

O seu desejo de servir ao Senhor é um desejo nobre e muito justo. Tenho certeza de que o Senhor fará tudo em Seu poder para ajudar você a ajudá-Lo. Afinal, Ele é um dos mais interessados em te ver no campo missionário, compartilhando o evangelho Dele.

Confie que Ele fará a Sua parte se você fizer a Sua.

Lembre-se que o Senhor “nunca dá ordens aos filhos dos homens sem antes preparar um caminho pelo qual Suas ordens possam ser cumpridas (1 Néfi 3:7)”.

Espero ter ajudado!

| Perguntas e Respostas
Publicado por: Marie Sunaga
Tradutora e intérprete e entusiasta de idiomas. Trabalhou como instrutora e supervisora no Centro de Treinamento Missionário. Fez missão em Manaus - Brasil, ama ler, tocar violão e comer sushi. É a gerente de conteúdo do time português na More Good Foundation.
BYU-Pathway Connect
BYU-Pathway oferece desconto para alunos de graduação
Capela da Igreja de Jesus Cristo sofre incêndio nos Estados Unidos

Comente

Seu endereço de e-mail não será divulgado. Os campos obrigatórios estão marcados com *