3 Verdades sobre positividade que podemos estar entendendo errado

“O sentimento ruim vai passar. Pense positivo.”

“Veja o lado bom das coisas. Seja positivo.”

“Vai ficar tudo bem. Só pense positivo.”

Essas são as palavras de encorajamento que ouvimos milhares de vezes. Porém, enquanto há verdade nessas afirmações, devemos reconhecer que positividade significa muito mais do que simplesmente “ser positivo”.

Vamos falar sobre três verdade que podem aumentar o nosso entendimento sobre a verdadeira positividade.

Ser positivo não significa negar ou ignorar emoções desagradáveis

Este é um dos equívocos mais comuns sobre positividade.

Algumas pessoas pensam que ser positivo significa ter só momentos bons. Por causa dessa confusão, às vezes nos sentimos compelidos a ignorar sentimentos de desencorajamento, tristeza, sofrimento e decepção.

Tentamos nos convencer que não podemos permitir que estes sentimentos roubem a nossa positividade, mas não funciona dessa maneira.

A vida não foi feita para que sentíssemos somente emoções agradáveis. Na verdade, emoções desagradáveis e positividade podem coexistir.

Podemos nos desapontar com alguém e ainda assim sentir amor ao mesmo tempo. Podemos sentir tristeza quando falhamos em uma prova e ainda sentir esperança de que podemos melhorar da próxima vez se nos esforçarmos mais.

Podemos nos sentir desencorajados e humildes ao mesmo tempo ao percebermos que poderíamos ter sido melhores.

Podemos nos sentir ansiosos e confiar em nós mesmos ao mesmo tempo. Então, não podemos nos sentir tristes quando temos sentimentos desagradáveis porque tudo isto é parte de nossa existência.

Eles são essenciais para o nosso aprendizado e crescimento. Somente quando reconhecemos que essas emoções negativas fazem parte de nossa vida, podemos ser positivos.

Ser positivo não significa que não vemos as coisas que precisam ser melhoradas ou que não estão funcionando. Um aspecto de ser positivo é ver o lado bom das coisas mas não parar por aí.

Ser positivo também significa não ignorar as coisas que não estão dando certo, precisam ser corrigidas ou podem ser melhoradas

Se quase somos atropelados por um veículo enquanto atravessamos a rua sem prestar atenção, não podemos simplesmente dizer, “Ainda bem que ainda estou vivo” e sair andando.

Se estamos em um relacionamento onde palavras duras são ditas a nós o tempo todo, não podemos simplesmente dizer, “Sei que lá no fundo ele/ela é uma boa pessoa”, e ignorar o abuso verbal.

Se vamos a igreja mas passamos o tempo todo rolando a tela do telefone, não podemos simplesmente dizer “Fui a Igreja, já é o suficiente”. Se tentamos construir com hábitos, mas não temos sucesso, não podemos simplesmente dizer, “Pelo menos tentamos. Já é alguma coisa”.

Ser positivo significa reconhecer que atravessar a rua sem prestar atenção é contra as regras e usar a faixa de pedestres no futuro.

Ser positivo significa reconhecer que não merecemos ser maltratados de nenhuma maneira e devemos conversar para prevenir que não aconteça no futuro ou pode significar encerrar o relacionamento.

Ser positivo significa avaliar nossa frequência a igreja, refletir sobre o que aprendemos e comprometer-se a aprende mais da próxima vez.

Ser positivo significa desejar e trabalhar para melhorar e progredir por nós mesmos. Significa sermos gratos por quem somos, onde estamos e pelo que temos, enquanto também esperamos ansiosos e trabalhamos para alcançar todo o nosso potencial.

Ser positivo é um estado mental, então nossa positividade pode mudar dia a dia

Há muitos fatores que podem afetar nossa positividade – ambas internas e externas.

Outros podem pensar como uma pessoa muito positiva pode reagir de maneira tão negativa a algo ou como um amigo pode cometer suicídio mesmo tendo sido positivo por toda sua vida.

A verdade é que a positividade é como qualquer outra emoção – ela pode flutuar, depreciar, ser firme, ou até mesmo desaparecer.

A positividade não é “ou você tem ou não tem”. Então, na próxima vez que vermos alguém tendo problemas e pensarmos que podem passar por aquilo sem receber ajuda porque ele ou ela é uma pessoa positiva, pense melhor.

A positividade vai e vem. Às vezes nos apegamos a ela e ela permanece, às vezes ela se vai mesmo se nos apegamos a ela.

A positividade não somente nos ajuda a sobreviver a este mundo, também nos ajuda a crescer se entendermos o que ela é e ela não é.

Quando entendemos que é sobre reconhecer até mesmo nossas emoções mais desagradáveis, podemos entender melhor a nós mesmos e aos outros, crescer e melhorar e até mesmo ajudar o nosso próximo ao longo do caminho.

Fonte: Faith Ph

Relacionado:

Como Jesus Cristo cura os doentes hoje?

| Para refletir

Comente

Seu endereço de e-mail não será divulgado. Os campos obrigatórios estão marcados com *