Nestas últimas semanas, os líderes de A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias compartilharam mensagens inspiradoras nas redes sociais e fizemos uma compilação deles. Vamos ver!

David A. Bednar

No domingo, 3 de maio, o Élder David A. Bednar falou sobre o fechamento temporário dos templos por causa da pandemia de COVID-19 em sua conta do Instagram.

View this post on Instagram

During this unique time when the worldwide COVID-19 pandemic has claimed thousands of lives, crippled the world economy, and isolated world populations, operations have been suspended in the temples of The Church of Jesus Christ of Latter-day Saints. Despite the temporary closure of temples, we have a choice opportunity to invite the covenants and ordinances of the temple to pass through us. The lessons learned in our previous temple experiences are not recalled only when we are in the temple. They are in our minds, and hopefully in our hearts. And we can have access to those learnings and those memories anytime. While the prayers we offer in temples are powerful, we should recognize that the Lord is still aware of our circumstances and our situations at home. He will not give any less credence to an earnest, sincere prayer offered in a family room or kneeling at the side of a bed for this period of time. He will look on us with great mercy and compassion. With the eternal perspective that the restored gospel provides and the grace that comes from the Savior’s Atonement, we can learn lessons from the adversity of mortality that prepare us for the blessings of eternity. We have to pray. We have to seek. We have to ask. We have to have eyes to see and ears to hear. But we can be blessed in remarkable ways to learn lessons that will bless us now and forever.

A post shared by David A. Bednar (@davidabednar) on

“Durante este tempo excepcional em que a pandemia mundial de COVID-19 custou milhares de vidas, paralisou a economia mundial e isolou as populações do mundo, as operações foram suspensas nos templos de A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias.

Apesar do fechamento temporário dos templos, temos a oportunidade de escolher convidar os convênios e as ordenanças do templo a passarem por nós.

As lições aprendidas em nossas experiências anteriores no templo não são lembradas apenas quando estamos no templo. Estão em nossas mentes e, esperançosamente, em nossos corações. E podemos ter acesso a tudo o que aprendemos e a todas as nossas recordações a qualquer momento.

Enquanto as orações que oferecemos nos templos são poderosas, devemos reconhecer que o Senhor ainda está consciente de nossas circunstâncias e de nossas situações em casa.

Ele não vai dar menos crédito a uma oração sincera, feita na sala de sua casa ou de joelhos ao lado de sua cama durante esta situação. Ele olhará para nós com grande misericórdia e compaixão.

Com a perspectiva eterna que o Evangelho restaurado nos oferece e a graça que nos vem da Expiação do Salvador, podemos aprender lições com a adversidade da mortalidade que nos prepara para as bênçãos da eternidade.

Temos que orar. Temos que buscar. Temos que perguntar. Temos que ter olhos para ver e ouvidos para ouvir. Mas, podemos ser abençoados de maneiras notáveis para aprender lições que nos abençoarão agora e para sempre.”

Quentin L. Cook

Na terça-feira, 5 de maio, o Élder Quentin L. Cook do Quórum dos Doze Apóstolos refletiu sobre as possíveis bênçãos nesta época em que as pessoas permanecem em casa mais do que o normal.

As I look back on all the recent directives and initiatives that have moved us to be more home-centered and…

Posted by Quentin L. Cook on Tuesday, May 5, 2020

“Ao lembrar de todas as orientações e iniciativas recentes que nos levaram a estar mais centralizados no lar e apoiados pela Igreja em nossa adoração e estudos, sinto a impressão de que por meio de nossos líderes inspirados, o Senhor preparou a Sua Igreja, tanto física como espiritualmente para estes tempos de mudanças e desafios.

Cada um de nós, em nossas atuais circunstâncias, pode ter uma casa que seja um santuário de fé. Me sinto muito grato por isso que vejo em vocês e sua fidelidade.

Meu coração se enche de gratidão pela maravilhosa forma em que estão reagindo durante momentos estressantes – pela maneira em que cuidam dos outros, ao permanecerem próximos dos outros por meio da tecnologia, e ao se esforçarem para prepararem a si mesmos e à sua família para as bênçãos futuras.

Como passamos uma quantidade considerável de tempo em casa atualmente, temos a oportunidade de pensar em acordar em Deus.

Talvez os eventos recentes possam ser um despertador espiritual que nos centralize nas coisas que mais importam.

Um dia, nós consideraremos isso como um momento fundamental de preparação, e não apenas algo que tivemos que suportar.

Presto testemunho de que temos um amoroso Pai Celestial e Seu Filho amado, Jesus Cristo, que nos dão diariamente a força e a coragem para avançar em momentos desafiadores.”

Dale G. Renlund

Na segunda-feira, 4 de maio, o Élder Renlund fez uma publicação em sua conta do Instagram e falou sobre a importância de confiar no Senhor e em Suas promessas:

View this post on Instagram

The infuriating unfairness that abounds in this fallen world causes many to reject God’s existence. I can understand why some might come to that conclusion, but I declare and believe with all my heart that, because of His great atoning sacrifice, the Savior, Jesus Christ, recognizes and understands unfairness and will ultimately compensate for any unfairness inflicted on you or on any of Heavenly Father’s children. . However, you and I may want to know, “How? How is Jesus Christ going to do that?” To my knowledge, God has not revealed “how” to His prophets, seers, and revelators. What I do know is that for us to insist on knowing “how” before we begin to trust in and develop faith in Him and His promises is misguided. It ignores the reality of what God did reveal to Isaiah about Himself: “For my thoughts are not your thoughts, neither are your ways my ways, saith the Lord” (Isaiah 55:8). . Hold your questions about “how” for later and work on developing faith in Heavenly Father and His plan and in Jesus Christ and His Atonement. Work to “Believe in God; believe that he is, and that he created all things, both in heaven and in earth; believe that he has all wisdom, and all power, both in heaven and in earth; believe that man doth not comprehend all the things which the Lord can comprehend” (Mosiah 4:9).

A post shared by Dale G. Renlund (@dalegrenlund) on

“A enfurecedora injustiça que abunda neste mundo decaído faz com que muitos rejeitem a existência de Deus.

Consigo entender por que alguns poderiam chegar a essa conclusão. No entanto, declaro e creio com todo o meu coração que, devido a seu grande sacrifício expiatório, o Salvador, Jesus Cristo, reconhece e entende a injustiça e, em última instância, compensará qualquer injustiça infligida a você ou em qualquer um dos filhos do Pai Celestial.

Entretanto, vocês e eu queremos saber, “Como? Como Jesus Cristo vai fazer isso? Que eu saiba, Deus não revelou o “como” a seus profetas, videntes e reveladores.

O que sei é que, para nós, insistir em saber o “como” antes de começar a confiar e desenvolver fé Nele e em Suas promessas é errado.

Isso ignora o fato de que Deus revelou a Isaías a respeito de si mesmo: “Porque os meus pensamentos não são os vossos pensamentos, nem os vossos caminhos os meus caminhos” (Isaías 55: 8).

Deixem suas perguntas sobre o “como” para depois e trabalhem para desenvolver fé no Pai Celestial e em Seu plano, e em Jesus Cristo e Sua expiação.

Trabalhem para “[acreditar] em Deus; [acreditar] que ele existe e que criou todas as coisas, tanto no céu como na Terra; [acreditar] que ele tem toda a sabedoria e todo o poder, tanto no céu como na Terra; [acreditar] que o homem não compreende todas as coisas que o Senhor pode compreender.” (Mosias 4: 9).”

Fonte: Church News

Relacionado:

Como os líderes da Igreja estão se conectando conosco durante o isolamento