tatuagem

“Se tem uma tatuagem, leva um constante lembre de um erro cometido”

As tatuagens estão se tornando mais populares.Nas redes sociais encontramos numerosas galerias fotográficas de tatuagens, as celebridades parecem sempre ter.Às vezes eles e nossos amigos falam do que as tatuagens representam para eles e porque as tem, o que os faz parecer geniais.

Mas, por que somos aconselhados a não ter tatuagens?

A respostas é uma verdade básica: Seu corpo é um templo como argumenta 1 Coríntios 3:16-17: “Não sabeis que sois um templo de Deus, e que o Espírito de Deus habita em vós?Se alguém profanar o templo de Deus, Deus o destruirá, porque o templo de Deus, que sois vós, é santo”, e como disse o Presidente Gordon B. Hinckley: “Uma tatuagem é um grafite no templo do corpo“.

A maioria das pessoas que tem tatuagens dizem que as fizeram para se expressar ou para mostrar sua individualidade; as vêem como um sinal de independência.A ironia é que no momento que a agulha penetra a pele e aplica os pigmentos, eles continuarão lá permanentemente, independentemente de como se sintam a respeito depois, a menos que optem por seguir um procedimento doloroso e complexo para tirá-la.O um fato que as tatuagens são um dano permanente e devastador para a pele(e não simplesmente uma “arte corporal” bonita) é uma das razões pelas quais os profetas não recomendam.”Se tem uma tatuagem, leva um constante lembre de um erro cometido“(Sempre Fiéis, 2004, pág 186)Apesar das tatuagens e perfurações (piercings) serem parte da tradição cultural, seremos abençoados se seguimos o conselho dos líderes da Igreja.Por exemplo, está é uma experiência de um homem em Samoa:

“Quando eu era jovem, meu pai me falou que as tatuagens são comuns entre os grupos tribais… Meu pai me disse: ‘Não participes em nada disso; antes de ser samoano, de ser um homem grande e forte das ilhas, é um filho de Deus’.Isso é algo que eu sempre me lembro.”

Se vamos fazer algo eterno, é preferível que dirijamos nossos esforços para fazer convênios eternos que vão muito além da vida.Ao realizar esses convênios e ordenanças sagradas no Templo do Senhor, serão atos pelos quais estaremos gratos e teremos uma felicidade verdadeira.

Escrito por Melody Mejia, traduzido por Viccenzo Benatti.