Conheça estes cinco fatos interessantes sobre a família de Martin Luther King Jr. e A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias.

1. Duas cópias do livro de Mórmon foram encontradas na biblioteca pessoal de Martin Luther King, Jr., quando sua casa foi vendida em 1990. 

Embora não pudéssemos encontrar qualquer instância particular dele citando o Livro de Mórmon, esperamos que ele tenha sido inspirado pelas palavras que tanto nos inspiram!

2. Dr. King uma vez falou na Universidade de Utah.

Ele dirigiu-se a uma multidão de 1.700 pessoas de pé, incluindo muitos santos dos últimos dias, e incentivou os ouvintes  aderir ao movimento dos direitos civis. Como parte de seu discurso, ele disse:

“Estamos em pé no limiar do maior período de desenvolvimento racial. A força mais importante por trás da luta é o movimento de resistência não-violenta. É a nossa arma mais potente”.

Seu discurso terminou com ele sendo aplaudido de pé.

3. As autoridades gerais da Igreja já citam Martin Luther King, Jr. em palestras e discursos de conferência.

A retórica comovente do Dr. King tem sido usada ocasionalmente para ajudar a ensinar os santos dos últimos dias sobre a importância da liberdade, dar a outra face, ter compaixão e tratar o próximo com amor e respeito. Uma das nossas citações favoritas do Dr. King usada em um discurso do Élder Jeffrey R. Holland é:

“Quando nossos dias se tornam tristes com nuvens pairando baixas e nossas noites tornam-se mais escuras do que a meia-noite, lembremos que… [Deus] é capaz de mostrar uma saída onde não há saída e transformar ontens escuros em amanhãs brilhantes”.

4. Em 2013, James Taylor juntou-se ao coro do Tabernáculo para cantar um tributo musical a Martin Luther King, Jr.

Embora o concerto inteiro não estivesse focado em Martin Luther King Jr., a canção “Shed a Little Light” foi escrita para ele e dedicada a ele. Ruth Stevenson, membro do coro do Tabernáculo, disse: “Esta homenagem musical ao Dr. Martin Luther King será sempre uma mensagem oportuna”.

5. Em 2010, o filho de Martin Luther King, Jr., Martin Luther King III, foi o ganhador do prêmio de serviço comunitário no Nono Simpósio Anual de História da Família Negra realizado pelos Assuntos Públicos da Igreja em Atlanta.

No Simpósio, Martin Luther King III falou sobre  fundação Realizing a Dream. O objetivo da Fundação é continuar o legado de seus pais de serviço e igualdade racial. Martin Luther King III disse que espera que este feriado venha a significar a liberdade para todos no mundo todo.

No Simpósio, Martin Luther King III foi presenteado com uma genealogia da família de quatro gerações, compilada pela Igreja. Centenas de não membros entusiastas de genealogia estiveram presentes no Simpósio, onde foi anunciado que a Igreja estava unindo forças com os arquivos nacionais em Atlanta para aumentar as ferramentas disponíveis para os Afrodescendentes para pesquisar sua história familiar. Estes esforços incluíram a digitalização de cartas de rascunho da segunda guerra mundial e milhares de manifestos de escravos dos anos 1700 e 1800.

Fonte: LDSLiving

Relacionado:

Veja como foi a histórica comemoração da Revelação de 1978 – “Ser Um”